Crianças consomem mais calorias extras fora de casa

Publicado em 7.08.2011

As crianças dos EUA estão comendo mais, e as calorias extras geralmente vêm de alimentos ingeridos fora de casa, de acordo com um novo estudo. As crianças estão ingerindo, em média, 179 calorias a mais do que três décadas atrás. Os principais “vilões” do excesso de calorias são os fast foods, os lanches escolares e os alimentos comprados prontos.

A obesidade infantil triplicou nos últimos 30 anos. Isso é refletido nos adolescentes entre 12 e 19 anos dos EUA: cerca de 18% deles são obesos.

Esses dados foram concluídos depois de uma pesquisa realizada com mais de 29 mil crianças e adolescentes, que também analisou de onde chegam as calorias extras.

As crianças que comem em casa ingerem calorias em um nível relativamente constante, diferentemente das que comem fora – que se alimentam com um número crescente de calorias.

O aumento médio de calorias ingeridas fora de casa entre 1977 e 2006 foi ainda maior na idade pré-escolar. Nessa fase, as calorias aumentaram em 241 por dia.

Os pais devem estar cientes de que alimentos preparados em casa são importantes. Comer fora tende a aumentar o número de calorias que as crianças ingerem durante o dia. Além disso, fast foods e alimentos prontos geralmente têm menos qualidade nutricional do que a comida caseira.

Os pais podem limitar a quantidade de alimentos consumidos fora de casa, ou diminuir a comida em casa nos dias em que as crianças já comeram fora. [WebMD]

Autor: Stephanie D’Ornelas

É estudante de jornalismo, adora um café e um bom livro. Curte ciência, arte, culturas e escrever, mesmo que sejam poesias para guardar na gaveta.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

Envie um comentário

Leia o post anterior:
Urine Sample
Teste de urina pode melhorar diagnóstico de câncer de próstata

A maioria das biópsi...

Fechar