Crianças nascidas em Marte seriam mais altas

Publicado em 2.03.2011

Se um dia o homem decidir (e conseguir, claro) colonizar marte, a Agência Aeroespacial Norte Americana (NASA) já avisa que as crianças nascidas por lá serão mais altas que os humanos nascidos na Terra. Ah! E passar as férias escolares no nosso planeta não será uma opção.

Na Terra nós somos submetidos constantemente à força da gravidade durante toda vida. Em outros planetas do nosso sistema solar, isso não iria acontecer. O engenheiro aeroespacial, Robert Zubrin, que defende a terraformação de Marte, teorizou que as crianças nascidas em planetas com gravidade mais baixa, como a de Marte, que corresponde a um terço da nossa, iriam crescer alguns centímetros a mais do que na Terra. Ele garante, no entanto, que os genes herdados de seus pais não iriam mudar, mas a coluna iria alongar mais que na Terra por causa do menor grau de atração que o corpo sofreria.

Contudo, não iria ser fácil para os naturais de Marte voltarem para a Terra. Eles iriam ter alguns problemas. Eles teriam de lidar com uma gravidade três vezes maior que a do seu planeta natal. Isto acarretaria problemas sérios aos seus ossos. O cientista da NASA, Al Globus, dá o exemplo de uma pessoa que pesa 72 quilos em Marte. “Se a pessoa mudasse para um planeta com gravidade três vezes maior, como numa mudança de Marte para a Terra, ela passaria a pesar 226 quilos e teria dificuldades de se levantar da cama”.

Alguns cientistas já estão trabalhando em tornar possível a gravidade artificial para deixar as longas viagens pelo espaço mais “confortáveis” para o corpo humano. De acordo com a NASA, a maioria dos astronautas cresce cerca de cinco centímetros enquanto estão no espaço porque a gravidade reduzida causa o fluído entre as vértebras a expandir. Mas, depois de alguns dias de volta na Terra eles voltam a sua altura normal.
Por sorte, as crianças de Marte não iria ter problemas de músculos ou ossos como tem os astronautas, mas elas não iriam poder fazer visitas ao planeta dos bisavós. [LifesLittleMysteries]

Autor: Letícia Resende

Jornalista curiosa, adora novidades, encantada pela ciência e tecnologia

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

19 Comentários

  1. Creio que crianças nascidas em Marte seriam BEM maiores, pois se desenvolveriam desde o início com uma gravidade 2,5 vezes menor. Teriam algo como 3 a 4 metros quando adultas, creio, e com estrutura física muito frágil pra aguentar a nossa gravidade. Mas o cientista da Nasa citado falou uma besteira maior: supondo alguém com estrutura normal, como ele disse, com 72Kg em Marte, já seria um obeso mórbido lá, tanto quanto aqui, onde somente seria mais pesado. Pessoas normais lá pesariam 30 Kg…

    Thumb up 0
  2. Não que eu queira discordar de uma autoridade como o dr Robert Zubrin,mas a genética falhou por um simples detalhe “fatores externos”,pois bem somos corpos preparados para adaptação em qualquer ambiente, sendo assim o os genes herdados seus pais com o tempo naquele ambiente sofreria mutação.Alguém discorda?

    Thumb up 0
  3. Você tem razão Almir, somente os exoesqueletos não seriam suficiente para sanar os efeitos gravitacionais, mas afirmar que os nascidos em marte não poderiam visitar o planeta dos bisavós já é exagero da notícia.

    Thumb up 6
  4. A massa da pessoa permanecerá a mesma, não faz sentido esse comparativo em kilos.
    Uma pessoa que pesa 72 kg em Marte, pode ter certeza que terá a mesma dificuldade de se locomover que uma pessoa que pesa 226 quilos na Terra.
    Logo é de se esperar que as pessoas de Marte não vão ter o mesmo peso que o pessoal da Terra, la uma pessoa adulta terá o seu peso entre 25 e 30 kilos.

    Thumb up 14
    • Não faz muito sentido porque a gravidade da terra é menor então iria parecer que vc engordou mais vc não engorda no espaço vc emagrece porque se vc estiver do lado de um fusca e seus pés estiverem presos vc consegue levantar o fusca com uma mão.Então eu acho a teoria dele é errada eu acho que no espaço pode parecer que as pessoas emagrecem e não engordão é a minha opinião

      Thumb up 0
    • Respeito tua opinião, mas vc esta errada,
      A gravidade na Terra é maior do que em Marte.
      O que estamos comentando aqui eh a massa
      No espaço tudo eh leve por causa da gravidade, que lá eh nula.
      O que eu digo eh que uma pessoa na Terra que seja gorda, tipo pese 220 kilos, em Marte vai ter a mesma dificuldade de se locomover soh que seu peso sera de 70 kilos. Ele não vai emagrecer por estar em Marte, a força que exerce sobre seu corpo que será menor. O pessoal tem mania de confundir Massa com Peso que são duas coisas diferentes.

      Thumb up 6
  5. POR FAVOR,O QUE É ISSO?!?! Pergunto eu ao ALEX.
    Olhei a reportagem original e vi que quem escreveu usou a palavra POUNDS, medida de massa convertida corretamente pela garota em quilos. OBVIAMENTE ela escolheu o verbo pesar e o substantivo peso para se aproximar da linguagem corrente das pessoas “vou ali na balança da farmácia me pesar”. Entendo a escolha, Letícia. Claro que é bom esclarecer que são duas coisas diferentes. Claro que o original cometeu um erro colocando a medida em POUNDS. Mas cadê a educação e o tato?
    DECEPCIONANTE, ALEX!!

    Thumb up 8
  6. É verdade, P=m.g. Uma pessoa de 72Kg na Terra teria uma massa de 7,2Kg, em Marte seu peso seria arpox 27Kg. Não creio que uma pessoa chegaria á 72Kg em Marte (m=22,6Kg), principalmente se ela tivesse que praticar exercícios físicos regularmente!

    Thumb up 8
  7. POR FAVOR,O QUE É ISSO?!?!

    MASSA E PESO SÃO DUAS COISAS DIFERENTES. UMA PESSOA COM MASSA DE 72 QUILOGRAMAS EM MARTE TERIA OS MESMOS 72 QUILOGRAMAS NA TERRA. SEU PESO MUDARIA, MAS PESO É MEDIDO EM NEWTONS (UMA MEDIDA DE FORÇA) E NÃO EM QUILOGRAMAS (UMA MEDIDA DE MASSA).

    DECEPCIONANTE Letícia Resende.

    Thumb up 14
  8. A gravidade é o maior problema quanto a colonização de Marte. Não sabemos o seu efeito no corpo humano, se é ou não suficiente para evitar problemas. É impossível reproduzi-lá em experimentos (por longo tempo em humanos). O projeto que simulava essa gravidade em camundongos pelo que acabei de ver nem saiu ainda da Terra:(

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u10949.shtml

    http://en.wikipedia.org/wiki/Mars_Gravity_Biosatellite

    Andrew exoesqueletos não evitam os eventuais efeitos da baixa gravidade para os habitantes de Marte mas certamente poderia auxiliar na volta das pessoas para se habituarem a gravidade terrestre.

    Thumb up 4
  9. Eu penso q iremos muito longe no espaço, mas sem sair da Terra. Com o advento de tecnologias de realidade virtual, comunicações de longa distancia, e tudo mais q vira por ai, teremos maquinas capazes de nos dar todos os dados q precisamos sobre grande parte do espaço sem sairmos daqui.
    Isso me lembra o filme Avatar, será mesmo q poderia se imaginar um exercito humano, enviado a um distante planeta para lutar com nativos? Se tivermos a capacidade de chegar la, obviamente disporemos de andróides muito eficientes.

    Thumb up 1
  10. Bem uma pessoa com 72 quilos em marte seria gorda lá ,e uma pessoa com obesidade mórbida com 226 quilos aqui pesaria apenas 72 quilos lá,não acredito que a gravidade possa influenciar tanto assim no que diz respeito ao controle de peso,mas com relação á massa muscular e aos ossos penso que sem um trabalho físico mais rigoroso seria daninho para os humanos de marte se sentirem bem ou mesmo manter a saude em uma visita para terra .

    Thumb up 4
  11. Ralmente,o comentário do Z3hr0_C00l lembra muito os treinos que o goku da série Dragon ball z fazian em gravidade aumentada.

    Thumb up 16
  12. Besteira. É obvio que quando ja formos colonizar marte, ja teremos (Hoje em dia ja dispomos) tecnologias muito sofisticadas como Exoesqueletos, que permitirão até mesmo paraliticos andar, quanto mais os marcianos com saude perfeita.

    Thumb up 16

Envie um comentário

Leia o post anterior:
formatura
Maior escolaridade, menor pressão sanguínea

Principalmente nas m...

Fechar