Os 10 milionários mais excêntricos do mundo

Publicado em 6.04.2011

Não sei se excêntrico seria a palavra adequada. Em alguns casos beirando a loucura, em outros a ostentação, com meio-termos levemente esquisitos, essa lista prova o dinheiro realmente pode mudar a vida de uma pessoa – nem sempre para melhor…

1) O milionário que foi acusado de defecar na calçada de restaurantes

Durante quatro anos, estabelecimentos reclamaram à polícia de fezes humanas deixadas à sua porta. Restaurantes, cafés, delicatessens, cabeleireiros e até um centro de patologia chegaram a prestar queixas. Alguém estava defecando de forma intermitente à sua porta, ou na calçada em frente as suas instalações. Os depósitos incluíam até mesmo excrementos embrulhados em papel deixados em canteiros de flores perto de bancos ao ar livre. Um belo dia, um restaurante resolveu fazer justiça com as próprias mãos: instalou uma câmera de vigilância e as filmagens levaram a polícia a acusar o milionário Salvatore ”Sam” Cerreto, 71 anos, de exposição intencional e obscena e comportamento ofensivo. Ele teria sido capturado na câmera caminhando para o restaurante com pedaços de papel higiênico, abaixando as calças, ficando de cócoras e defecando. A listinha de propriedades de Sam inclui um edifício que abriga 13 empresas. Depois dizem que o dinheiro não enlouquece.

2) O milionário que abriu um “banco de esperma de Prêmios Nobel” só para criar uma raça superior

Em 1980, o milionário Robert Clark Graham abriu um banco de esperma abastecido apenas com “doações” dos homens mais inteligentes do mundo. O Repositório de Escolha Germinal, localizado em um abrigo subterrâneo em San Diego, EUA, tinha o objetivo de coletar espermatozóides de ganhadores do Prêmio Nobel, por isso ganhou o apelido de “banco de esperma de Prêmios Nobel”. Mas a escassez de doadores e a baixa viabilidade dos espermatozóides (por causa da idade dos mesmos) forçou Robert a ser menos exigente. Entre os novos critérios, os receptores do esperma eram obrigados a se casar, e os doadores do sexo masculino eram obrigados a ter um QI extremamente alto. Mais tarde, o banco suavizou novamente sua política para poder recrutar atletas, e não só estudiosos. Em 1983, o banco de esperma tinha a fama de ter 19 “doadores gênios”, incluindo William Bradford Shockley (vencedor do Prêmio Nobel de Física em 1956 e defensor da eugenia) e dois vencedores do Prêmio Nobel de Ciência anônimos. O banco fechou em 1999, após a morte de Robert. Até aquela época, os 229 bebês que nasceram não foram gerados por ganhadores do Nobel e, até agora, nenhuma destas crianças ganhou o Prêmio Nobel também.

3) A primeira milionária virtual

Os milionários geralmente conquistam seu dinheiro no setor bancário, no mercado de ações ou em um grande negócio. Ailin Graef mudou tudo isso. A ex-professora de língua chinesa acaba de entrar para o clube dos milionários, e talvez para o Guiness Book, por ser a primeira pessoa a ficar rica graças aos lucros de um mundo virtual. Ela construiu um império em propriedades no Second Life, um jogo virtual 3D onde os usuários vivem e se socializam, como seria no mundo real. Ela compra grandes blocos de terras, acrescenta habitação, e depois vende a outros usuários por um lucro considerável. Desde que entrou para o jogo, em 2004, ela acumulou uma fortuna de quase 300 milhões de dólares Linden (a moeda do jogo). Excepcionalmente, estes dólares podem ser trocados online por dólares reais dos EUA. Com a taxa em torno de 275 dólares Linden para 1 dólar americano, ela se tornou uma milionária. Embora more perto de Frankfurt, na Alemanha, Ailin montou um escritório em Wuhan, na China, onde emprega dez programadores para ajudar a “desenvolver” terras virtuais que ela vende para outros usuários.

4) O milionário que decidiu doar todo seu dinheiro porque era infeliz

Karl Rabeder cresceu pobre e achava que a vida seria maravilhosa se tivesse dinheiro. Porém, quando ficou rico, Karl descobriu que estava infeliz e decidiu dar cada centavo da sua fortuna de 8,12 milhões de reais embora. Segundo ele, “o dinheiro é contraproducente – impede a felicidade de vir”. Há quem pense diferente, Sr. Rabeder. Ele já vendeu tudo que tinha: sua vivenda de luxo com um lago nos Alpes, sua propriedade de 42 acres na França, seus 6 planadores, e seu próprio negócio de mobiliário e acessórios de interiores que o levou a ficar rico. Ele vai se mudar para uma pequena cabana de madeira na montanha ou uma quitinete simples em Innsbruck. Todo o seu dinheiro vai para instituições de caridade que ele montou na América Central e América Latina, das quais ele não vai receber nem mesmo um salário.

5) O cão milionário com um fundo fiduciário de 600 milhões

Claro, sempre haverá pessoas com mais dinheiro do que você. Não só pessoas, mas animais de estimação também. Pelo menos Gunther IV, o pastor alemão mais rico do mundo. Este cachorro recebeu efetivamente a herança de seu pai, Gunther III, um pastor alemão que recebeu uma herança de Karlotta Liebenstein, uma condessa alemã. Gunther IV adquiriu uma casa de Madonna em Miami e ganhou uma rara trufa branca em um leilão. Ele vale cerca de 618 milhões dólares agora, graças ao seu fundo de crescimento.

6) O milionário britânico que quer mudar para uma casa de barro depois de ser adotado por uma tribo no Quênia

A maioria das pessoas volta da África com fotos de girafas e leões. Um milionário voltou com o título de ancião de uma tribo Masai. Graham Pendrill, 57 anos, é o primeiro branco a ganhar tal honra, conquistada depois de resolver uma disputa inter-tribal potencialmente violenta durante sua viagem de um mês para o país do leste africano no ano passado. Durante a cerimônia oficial, ele teve que beber urina de boi e uma vaca foi sacrificada em sua honra. Desde que voltou para a casa, no Reino Unido, ele tem usado suas roupas Masai. O solteirão é visto muitas vezes vestindo apenas uma túnica e sandálias. Apesar de ganhar alguns olhares estranhos, o negociante de antiguidades não se incomoda. Pelo contrário, planeja vender sua mansão de 3,23 milhões de reais para ir para o Quênia viver em um casebre de barro com os Masai.

7) O milionário que decidiu comprar sua própria cidade

O homem frequentemente citado como o mais vaidoso da Grã-Bretanha só poderia ser o mesmo que decidiu comprar sua própria cidade. Scott Alexander, o magnata solteiro de 31 anos, está transformando uma cidade costeira da Bulgária em um point de férias para turistas britânicos. Não só isso; a cidade tem seu nome. A desculpa é de que seu antigo nome era difícil de pronunciar, e ele decidiu chamá-la Alexander. A cidade búlgara foi comprada de um empresário por cerca de 8 milhões de reais. A identidade do local está sendo mantida em segredo até que a transação esteja concluída. A empresa de Alexandre, Ultimate Lifestyle Group Incorporated, oferece formação pessoal e organiza cirurgia cosmética, propriedade e carros para celebridades. Clientes anteriores incluem Tom Cruise, que Alexandre ajudou a treinar para seu papel em Missão Impossível III.

8 ) A enfermeira que virou milionária mas não largou o emprego

Uma enfermeira britânica ganhou 2,69 milhões de reais ao vivo na TV, mas não largou seu emprego. Karen Shand, 40 anos, ganhou o dinheiro depois de ligar para um programa de TV e responder a seis perguntas corretamente. Foi a maior quantia já ganha ao vivo na TV na época. Ainda assim, ela continuou trabalhando no hospital. Coisa mais fácil que existe é perder dinheiro, então certa ela…

9) O milionário sem-teto

Nicholas Berggruen, 46 anos, é um bilionário sem casa. Ele costuma ficar em hotéis, simplesmente porque perdeu todo o interesse em adquirir coisas. Depois de fazer seus bilhões, as coisas materiais já não o satisfaziam mais, e tornaram-se, na verdade, uma espécie de fardo. Então, ele vendeu seu apartamento em Nova York, sua mansão na Flórida, e seu único carro. Hoje, tem planos de deixar sua fortuna para caridade e sua coleção de arte para um novo museu em Berlim. A revista Forbes estima o patrimônio líquido de Nicholas em 3,65 bilhões de reais.

10) O milionário cuja filha trabalha no McDonald’s para aprender o valor do dinheiro

O primeiro-ministro tailandês mandou sua filha para trabalhar no McDonald’s. Paethongtan, 17 anos, trabalha meio período após passar no vestibular. Sua primeira tarefa foi aprender a operar a caixa registradora, mas ela também vai aprender a fazer hambúrgueres. Segundo o primeiro-ministro, nos países desenvolvidos as crianças geralmente trabalham enquanto estudam para ganhar experiência e apreciar o valor do dinheiro. Ele próprio trabalhou na rede fastfood KFC. Dej Bulsuk, que opera as lojas do McDonald’s na Tailândia, contou que o primeiro-ministro pediu pessoalmente o emprego para a filha, e reforçou que gostaria que ele a tratasse como qualquer outro trabalhador, inclusive deixando-a varrer o chão. [Oddee]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

56 Comentários

  1. Esses milionários que não são felizes com a grana que tem devem sentir falta de algo tão importante quanto: um amor, ou uma família. Sem uma consolidação afetiva não há dinheiro que salve a felicidade de uma ser humano…

    Thumb up 12
  2. A gente luta pelo dinheiro, depois que tem, ele perde todo o sentido, isso pq o segredo está na satisfação de ir atrás, (esperar pela festa é melhor do que a propria festa), e quando conquista os sonhos financeiros, eles perdem sua razão de existir, o gostoso é sonhar, e quando se tem tudo, sonha-se com o que? As coisas materiais são ilusorias, não preenchem o vazio, não satizfazem as verdadeiras necessidades, que são das coisas que levamos junto quando partimos, a unica bagagem que pode ser levada, que são experiências, o bem que se fez ao proximo, e o amor desprendida e incondicional. Falei bonito ahm?

    Thumb up 29
    • Isso depende, há diferença de bens materias prezados apenas pelo status ou o benefício. Acredito q isso se aplica quando as pessoas suam para comprar produtos q possuem o mesmo benefício q outros, custando o dobro mais caro, mas com o diferencial do status da marca, exemplo: produtos da Sony ou Macs com o mesmo hardware mas q custam mto mais apenas pela ILUSÃO da marca, sem buscar uma orientação adequada à própria necessidade. Mas de qualquer forma, o q vai valer mesmo é o conhecimento q a pessoa adquire na pesquisa pelas especificações do produto. Por exemplo: Comprar 1 computador novo e buscar o conhecimento de cada peça e o porquê de cada peça dele.

      Thumb up 2
  3. ser milionario não é tudo!
    eu tenho uma familia linda e rica de saúde.
    tenho um marido que me ama,tenho um principízinho que entrou na minha vida dde uma hora pra outra,tinha uma mãe maravilhosa,tenho um pai maravilhoso.
    estou passando necessidades meu marido esta desempregado e não tenho com quem deixar meu filho pra poder trabalhar,mas ainda sim tenho a certeza que Deus está testando o meu caráter!
    por isso vivo cada dia como se fosse o ultimo.
    afinal.
    todos nos vamos morrer e não vamos levar nd daqui só nossa dignidade e fé.

    Thumb up 15
  4. olha nao sei se o dinheiro me proporcionaria felicidade
    pois estou em um pais que nao e o meu de origen
    trabalho duro e mesmo assim vivo cercado de amigos mesmo que seja falços estou vivendo e posso ate nao ter nada na vida mas o q vai me fazer viver por longos tempos se Deus assim permitir e a minha ambiçao ! acho que muito dinheiro nao e tudo na vida e apenas uma porcentagem

    Thumb up 0
  5. Tem um rico quase sem teto na minha cidade, ele tem uma carreta que deve ser 91 se eu não me engano, mora praticamente na rua, vai no banco roubar papel higiênico, e pede comida. Mas ele é um dos homens mais ricos da minha cidade, se não for o mais rico. Ele ganha quase 600.000 por mês.

    Thumb up 3
  6. Conheço um parecido com o do ultimo. Meu tio. Ele ganha bem, muito bem, mas muito bem mesmo, não chega a ser milionário, mas é praticamente um. Se ele sai pra comer com a filha dele, e ela pede um chiclete de 5 centavos, ele não dá. Ele não da presentes de aniversário pra ela, nem de natal, não da nada pra ela. Só colocou ela numa escola caríssima. E ele diz que tudo isso é para aprender o valor do dinheiro e de uma boa educação.

    Thumb up 3
  7. No meio deste tipo de posturas e comentários duas coisas me ressaltam:
    Salvo pequeníssimas excepções, estes milionários, mesmo se despindo de suas fortunas, se é que isso é mesmo verdade, o que me custa a encaixar, e de seus bens, mais não fazem que procurar protagonismo para si próprios, pois não vejo eles se preocuparem com a triste miséria que vai pelo mundo, e em vez de aplicarem suas fortunas minimizando esses infortúnios, procuram antes um meio de se protagonizarem.
    A outra coisa é o tipo de comentários para aqui atirados, em sua grande maioria fúteis, dando conta de quão vazias são suas mentes da capacidade de verem e entenderem o mundo que os rodeia, e entrarem com comentários ocos de sentido equilíbrio e sensatez, pactuando com todo este tipo de fantochadas a que estes indignos possuidores de fortunas se prestam. Triste vai o mundo com o protagonismo que é dado a este tipo de puras alienações…

    Thumb up 2
  8. gostei da realidade dos milionario de ajudar doando a si mesmo gostaria de ter o sufisiente para tira os rachoes da minha casa pois esta caindo sobre minha cabeça

    Thumb up 2
  9. esse malugo ai que falo que dinheiro nao tras felicidade ele nao tem porisso fala isso e um pobre inferliz

    Thumb up 0
  10. Josuel,o seu comentário foi negativado,mas tem a maior verdade dita dentro desse debate,pois todo mundo se preocupa com os bens material,o espiritual sempre fica em último plano…_Dinheiro,dependendo da forma em que for usado tras benefícios ou malefícios…

    Thumb up 2
  11. essa cambada de milionarios nao sabem curtir e so me da o dinheiro deles e eles veram como q se gasta

    Thumb up 4

Envie um comentário

Leia o post anterior:
medodealt
Remédio contra medo de altura

O hormônio cortisol ...

Fechar