Os 9 lugares mais quentes do planeta

Publicado em 12.07.2011

Oficialmente, o verão está nesse momento no hemisfério norte. Porém, o calor continua bombando em um monte de lugares. Enquanto dois terços da Terra são cobertos de água, um terço das terras remanescentes (que é um nono do total) é deserto (quase inabitável). Como você deve imaginar, todos os nove lugares mais quentes do mundo ficam em meio a esses ambientes ásperos. Já pensou morar em algum deles?

1 – Wadi Halfa, no Sudão – 53°C

Esse vale seco no topo do Sudão encontra-se na fronteira com o Egito. Em abril de 1967, a cidade de 15.000 habitantes atingiu uma temperatura de 53 graus Celsius. Enquanto o clima no norte do Sudão é geralmente muito seco, há momentos em que o ar úmido do sul pode chegar à fronteira e causar tempestades de poeira violentas, conhecidas como “haboob” (o ar úmido e instável forma trovoadas no calor da tarde). O fluxo inicial do ar de uma tempestade que se aproxima produz uma enorme parede amarela de areia e argila que pode, temporariamente, reduzir a visibilidade à zero.

2 – Ahwaz, Irã – 53°C

Ahwaz encontra-se em um deserto pouco acima do nível do mar, e quase nunca chove por lá. Durante julho, a alta média é de 47°C, quente o suficiente para fazer com que os milhões de residentes da cidade liguem os ventiladores. Ahwaz é um lugar onde a sesta é levada muito a sério: a fim de escapar do calor opressivo da tarde, lojas e empresas fecham cerca de meio-dia e reabrem por algumas horas após as seis.

3 – Tirat Tsvi, Israel – 54°C

O lugar mais quente da Ásia é a pequena Tirat Tsvi (população: 642), que registrou uma temperatura de 54 graus Celsius em junho de 1942. A cidade fica 220 metros abaixo do nível do mar. Apesar de seu clima formidável, é o local onde mais crescem árvores em Israel: 18.000.

4 – Araouane, Mali – 54,4°C

Araouane é uma pequena aldeia subsaariana que apenas 300 famílias chamam de lar. O deserto circundante é completamente estéril e um vento seco conhecido como “Harmattan” golpeia partículas finas de areia que podem obscurecer a visibilidade e se agrupar nas laterais dos edifícios. Araouane não recebe chuva suficiente para plantações, e a aldeia é dependente do comércio, caravanas que hoje movem blocos de sal de minas que se encontram ao norte. A temperatura neste ponto remoto atingiu 54,4 graus Celsius no verão de 1945.

5 – Timbuktu, Mali – 54,5°C

A cidade mais conhecida por ser no meio do nada – Timbuktu – é também um lugar muito quente. Timbuktu fica no extremo sul do deserto do Saara, alguns quilômetros ao norte do rio Níger. A cidade está rodeada por dunas de areia e suas ruas são muitas vezes cobertas de areia. Com uma alta registrada de 54,5 graus Celsius, Timbuktu é um dos lugares mais quentes do mundo. No mês de maio, máxima média de 42,2 graus Celsius não é incomum. Mesmo os meses de inverno apresentam altas de mais de 30 graus Celsius. Uma população de mais de 40.000 pessoas lutam contra esse calor com roupas desenhadas para afastar o pior do clima.

6 – Kebili, Tunísia – 55°C

Embora seja quente demais, Kebili é realmente um oásis no deserto. As 18.000 pessoas que chamam o lugar de cidade natal enfrentam ondas de calor com temperaturas superiores a 55 graus Celsius. Como a história de Kebili remonta a mais de 200.000 anos, muitos dos habitantes locais passaram adiante métodos destinados a sobreviver nos dias insuportavelmente quentes. Eles estocam água e se esforçam para manter uma temperatura corporal relativamente constante.

7 – Ghadames, Líbia – 55°C

Ghadames é outro oásis no meio de um deserto. A população berbere nativa de cerca de 7.000 habitantes vive em casas feitas com paredes grossas de lama, cal, e troncos de árvores que ajudam a protegê-los do calor abrasador, especialmente no verão. Os telhados das casas são interligados, e muitas das ruas são cobertas, permitindo maior sombra, privacidade e segurança. A cidade é tão icônica que está listada como Patrimônio Mundial da UNESCO. A paisagem se assemelha ao planeta “Tatooine”, do filme Star Wars, e a habitação da área se estende do século 6.

8 – Death Valley (Vale da Morte), Estados Unidos – 56,6°C

Death Valley é o vale mais seco e mais baixo dos Estados Unidos, condições que se somam a algumas temperaturas extremas. Em 10 de julho de 1913, os termômetros registraram 56,6 graus Celsius, a temperatura mais alta já medida nos Estados Unidos. Durante aquela semana, cinco dias seguidos marcaram 53 graus Celsius ou mais. Anteriormente, lá ficava o centro de operações de mineração de uma companhia, que arrastava minerais com mulas através do deserto de Mojave. Hoje, a maioria dos alojamentos em Death Valley é desligada quando a temperatura se eleva a 51 graus Celsius.

9 – El Azizia, Líbia – 58°C

A temperatura mais quente já registrada na Terra foi em El Azizia, na Líbia, onde um calor de 58 graus Celsius fez seu caminho aos livros de história em 13 de setembro de 1922. Dois dias de ventos quentes precederam a marca. Alguns especialistas argumentam que o calor latente pode ter sido adicionado à massa de ar devido à chuva ao sul de El Azizia. Ainda assim, as previsões dizem que as temperaturas lá são de cerca de 56 graus Celsius, não muito diferente para as 300.000 pessoas que fazem dessa cidade a sua casa.[OurAmazingPlanet]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

38 Comentários

  1. Sinceramente, é só ver em toda edição do Jornal Nacional no Rio de Janeiro é a temperatura máxima do país. E ainda mentem no Jornal, pq só registram até o máximo de 40º, pq já ouvi dizer que existe uma lei no país que, se passar de 40º, não é preciso trabalhar. O pessoal iria querer parar tudo e só voltar depois das seis, como na matéria. Mas cansei de ver termômetros nas ruas, em vários lugares, marcando acima de 40º no verão e já cheguei a ver 45º e até 47º…sem exagero!

    Thumb up 0
  2. Cuiabá , ta quase perto de TIMBUKTU, MALI que faz mais de 43 g. aqui ta 35, pqp muuito quente .

    Thumb up 6
  3. tão falando que lá é quente..é por que não conhece Cuiaba -mt
    a unica diferença de cuiaba pro inferno é que no inferno não tem pernelongo …

    Thumb up 16
  4. Aqui em Curitiba nas raras vezes que a temperatura passa de uns 30 graus ja estou morrendo.

    Thumb up 5
  5. Minha linda e amada Macapá, que beleza… tão fresquinha, perdão por te chamar de minha estufa particular. Eu estava enganado.

    Thumb up 7
  6. Conheço Terezina, Maranhão, Cuiaba…Mas nenhum desses lugares chega perto de Palmas no Tocantins.

    Thumb up 5
  7. o nome do artigo são os 9 lugares mais quentes, logo o lugar mais quente tinha que ter o numero 1 e não o 9 . Só reparem isso e não cometam esse erro de novo…

    Thumb up 7

Envie um comentário

Leia o post anterior:
pessoandando
Tá com vontade? Dá uma voltinha que passa

Segundo estudos, cam...

Fechar