Frank e Louie, o gato de duas caras

A maioria dos gatos com duplicação crânio-facial (ou diprosopia) não sobrevive por mais do que algumas horas, mas o caso de Frank e Louie é diferente: ele já completou 13 anos de vida.

Apesar dos dois nomes, o gato é um só (não tem dois cérebros, por exemplo), já que sua condição não foi causada pela união de dois embriões, mas por uma proteína chamada “Sonic Hedgedog Homolog” (sim, o nome da proteína faz referência ao personagem de videogame Sonic).

Seu dono original queria sacrificá-lo e o levou para um consultório veterinário. Uma funcionária, contudo, decidiu adotar Frank e Louie, e o gato vive com ela até hoje em Massachusetts (EUA), junto com outro gato e um papagaio.

No vídeo acima, você verá como Frank e Louie tem uma vida “normal”, apesar da sua condição.

Curiosidade: esse tipo de gato é conhecido como “gato Janus”, em referência a um deus romano de duas faces.[YouTube, Buzzfeed]




Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars


Curta no Facebook:

7 respostas para “Frank e Louie, o gato de duas caras”

    • Quantos humanos foram “sacrificados” por serem diferentes ?

      A HUMANIDADE é algo difícil de entender…

      “Somos todos iguais, nas nossas diferenças”…

Deixe uma resposta