, ,

Cidade de Topeka agora se chama “Google”

Por , em 3.03.2010

É isso mesmo. O prefeito de Topeka, no Kansas, EUA, agora quer que a cidade se chame Google. E ele nem usa a internet.

Segundo Bill Bunten, o prefeito, a mudança é só por um mês. Ele acredita que os jovens da cidade iriam se beneficiar de conexões mais rápidas se Topeka mudar de nome.

A verdade é que isso é uma jogada de marketing da gigante da internet, que irá oferecer uma conexão experimental grátis, cem vezes mais rápida, para diferentes lugares dos Estados Unidos, sem aviso prévio. Bunten não sabe se sua cidade está sendo considerada, mas pretende colocar Topeka, ou Google, na posição de escolhida.

Para Bunten, tudo não passa de diversão e os habitantes da cidade estão achando a situação engraçada, embora o prefeito admita que raramente usa a internet e pede para que seus acessores façam as pesquisas necessárias.

O anúncio das cidades escolhidas será feito na segunda que vem. Aposto que os habitantes de Google estão na torcida – pelo menos depois de terem adotado medidas tão desesperadas. [CNN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

11 comentários

  • GabrielVassan:

    Oi sou GabrielVassan eu achei essa história muito interessante mesmo

  • Joao pedro:

    gente,quero saber tbm,minha net e de 100kbps e meus downloads
    sao feitos a 10kbps

  • Candido:

    Olá Reginaldo. No Brasil já tem banda larga a 100Mbps. Quem oferece este serviço é a GVT. Aqui em Pinhais/PR, cidade onde moro e trabalho, já está disponível essa velocidade, porém pra mim os 10Mbps que tenho é o suficiente para o meu trabalho. Quando o governo federal liberar de vez a internet através da energia elétrica, aí sim todos terão acesso a velocidades bem altas. O problema é que as empresas que oferecem o serviço de banda larga, estão embaçando e enrolando o governo. Mas eles não vão conseguir por muito tempo não. É esperar pra ver.

  • ggalco:

    Assessores ven de Assessoria. Não tem nada a ver com acesso.

  • Douglas:

    com essa velocidade
    da pra assistir um filme de aalta difiniçao HD 1080 linha
    de 1 Hora sem dar LAG

  • Vinícius Ribeiro:

    Pior é no meu bairro em sete lagoas MG, quem so temos acesso discado (56kbps) 3g pega mal.. via radio maximo de 256… por aki a vida ainda é dura!!

  • Julanckloviskiki:

    Que sorte a deles eu queria isso

  • João Vitor:

    Fala galera!

    Então, sobre esse assunto eu fico até nervoso porque além de trabalhar com internet praticamente 24h/Dia, eu ainda passo por vários problemas de conexão por não ter no meu bairro uma conexão acima de 2Mb/s.

    Agora, um amigo que mora em Portugal esses dias estava conversando comigo sobre o assunto e me falou que hoje eles têm conexão de no mínimo 120Mb/s com um preço que equivale a 40,00.

    E no Brasil o que temos? Fibra ótica de link direto Embratel à R$1000,00 o Mb “real”? ou seja, pra cada MB real que chega à você, você paga R$1000,00, um absurdo e descaso pois hoje somos todos internautas independente de raça, cor, religião ou poder aquisitivo.

    Eu acredito que ainda vamos mudar.
    Um Abraço

  • Rogério:

    na minha cidade o máximo que consegue é 2mbps… na australia, se não me engano, a internet é sem fio de 16mbps e custa 0,89 (de dolar americano)

  • Cleberson:

    É isso mesmo, Reginando.
    Em 2009(ou 2008, não me lembro), foi inaugurada no Japão a primeira internet com 1gbps de banda, ou seja, ela faz downloads a 100Mb/s.

    Claro que ela é só a cereja do bolo, mas a maioria da população de renda média no Japão tem uma Internet de 80 a 120mbps, enquanto que no Brasil isso não passa de 10, 12mbps…

  • Reginaldo Ferrão:

    Que inveja!
    Além deles já terem uma conexão melhor que a nossa, o progresso é enorme na hora de fazer um up-grade na velocidade.
    Aqui na “Terra Brasillis” é bem inferior e leva mais de um ano para a conexão aumentar 30% mantendo o preço.
    Ouvi falar que no japão a conexão é de 100 MBits/s e se já não subiu para 1 GBits/s como foi noticiado o upgrade recentemente.
    Salve a fibra ótica!

Deixe seu comentário!