A bateria quântica que nunca descarrega

Por , em 28.10.2019

Um novo estudo canadense desenvolveu um conceito para uma bateria quântica que jamais fica sem carga.

Por enquanto, é apenas uma demonstração teórica de que a criação de uma bateria sem perdas é possível – mas já é um avanço em relação a baterias quânticas propostas anteriormente.

Como funciona

“As baterias com as quais estamos mais familiarizados – como a bateria de íons de lítio que alimenta seu smartphone – baseiam-se em princípios eletroquímicos clássicos, enquanto as baterias quânticas dependem apenas da mecânica quântica”, disse o principal autor do estudo, o químico Gabriel Hanna, da Universidade de Alberta (Canadá), em um comunicado.

A bateria funciona à base do que os pesquisadores chamam de “energia excitônica”, o estado em que um elétron absorve fótons de luz suficientemente carregados.

Para isso, é necessária uma rede quântica aberta com alta simetria estrutural como uma plataforma para armazenar energia excitônica. Usando tal modelo, os cientistas mostraram que é possível armazenar energia sem perdas, apesar do ambiente aberto.

“Estado escuro”

“A chave é preparar essa rede quântica no que é chamado de estado escuro”, explicou Hanna. “Enquanto no estado escuro, a rede não pode trocar energia com seu ambiente. Em essência, o sistema se torna imune a todas as influências ambientais. Isso significa que a bateria é altamente robusta a perdas de energia”.

Tal rede quântica funcionando em estado escuro, no entanto, conforme já foi observado, ainda não é uma realidade.

O próximo passo da pesquisa é encontrar uma maneira de aplicar o conceito em um cenário real prático.

Um artigo sobre a pesquisa foi publicado na revista científica Journal of Physical Chemistry C. [Futurism, Phys]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (17 votos, média: 4,88 de 5)

Deixe seu comentário!