Esta estrela inacreditavelmente gigante está dando sinais de que poderá explodir logo

Por , em 4.02.2020

A famosa estrela supergigante vermelha Betelgeuse tem agido de uma forma muito esquisita, totalmente sem precedentes, e os astrônomos estão confusos: será que ela está morrendo, ou seria alguma outra coisa?

Boom, supernova

A Betelgeuse está se “aproximando” do fim de sua vida: estima-se que irá explodir em uma supernova – em uma magnífica detonação que pode ser mais brilhante que a lua e visível até mesmo no céu diurno – nos próximos 100.000 anos. Pode parecer muito, mas garanto que isso é pouco em termos astronômicos.

Antes de chegar lá, no entanto, a estrela irá encolher e colapsar em si mesma. Será que isso está acontecendo agora mesmo?

Ano passado, a supergigante vermelha era a 10ª estrela mais brilhante no céu. Nos últimos meses, porém, seu brilho tem diminuído tanto que sua colocação caiu 14 posições: Betelgeuse é no momento a 24ª.

Perdendo brilho

Os astrônomos Edward F. Guinan e Richard J. Wasatonic da Universidade Villanova (Pensilvânia, EUA) anunciaram recentemente que a Betelgeuse perdeu uma magnitude em brilho desde setembro, o que significa que está 2,5 vezes mais fraca desde então.

“As observações fotométricas mais recentes indicam que Betelgeuse está atualmente no estado menos luminoso e mais frio já medido em 25 anos de fotometria”, escreveram no Astronomer’s Telegram.

Ela pode estar se preparando para virar supernova, de fato, mas também pode ser outra coisa – a estrela pode ter sido ofuscada por uma mancha solar gigante, ou estar envolta em uma explosão de poeira estelar, por exemplo.

Para descobrir, os pesquisadores irão continuar acompanhando-a – por hora, parece que a diminuição de seu brilho tem desacelerado. [Cnet, ATel]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (23 votos, média: 4,78 de 5)

1 comentário

  • Tibulace:

    Espero, MESMO, que os pouco mais de 700 anos luz de distância entre nós e esse monstro, sejam suficientes.Que a Terra esteja segura, quando finalmente Betelgeuse explodir violentamente em uma supernova.Afinal, os cientistas nunca viram uma supernova explodir tão perto de nosso planeta.

Deixe seu comentário!