Adolescentes são programados para se arriscarem mais

Por , em 29.03.2010

Uma pesquisa colocou jovens de 10 a 30 anos frente a um jogo de computador de apostas. Cientistas descobriram que a faixa etária que mais se arriscava eram os adolescentes de 14 anos.

Os resultados mostram que os adolescentes não são inconseqüentes – eles sabem o peso de suas decisões, diferente de crianças – mas o que acontece é que eles gostam da emoção que fazer uma aposta arriscada traz. Ou seja, eles entendem as conseqüências, mas escolhem correr o risco.

O estudo pretende descobrir a razão pela qual os adolescentes adotam comportamentos arriscados – como consumir drogas e fazer sexo sem proteção.

A pesquisa envolveu 86 meninos e homens que deveriam jogar um jogo de computador no qual tomavam decisões e, dependendo da decisão, ganhavam ou perdiam pontos. Depois de cada jogo, os cientistas avaliavam se os voluntários estavam satisfeitos com o resultado ou não.

Eles descobriram que os adolescentes gostavam mais de jogos nos quais conseguiam escapar por pouco de situações complicadas – isso pode explicar por que os adolescentes preferem se arriscar.

Fonte: ScienceDaily

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

  • Bovidino:

    Infelizmente não é bem assim.
    Correr um certo risco envolvendo a própria segurança, desencadeia a famosa ‘adrenalina’ tão prestigiada entre os jovens e que já provocou diversos desastres fatais.
    Todavia, quando esse risco envolve a segurança de terceiros, os jovens em geral não se mostram muito sensíveis ou preocupados com as consequências.
    Parece que o mundo virtual dos jogos violentos e a falta da formação de caráter são fatores decisivos para essa triste realidade.
    .Se estiver errado, por favor me corrijam.

Deixe seu comentário!