Banheiro é destruído depois de raio atingir fossa séptica na Flórida

Por , em 11.08.2019

Um casal em Port Charlotte, na Flórida, ficou sem banheiro e teve o encanamento da casa destruído devido a um raio que atingiu a fossa séptica da casa onde moram. Um encanador falou que o raio atingiu o gás metano proveniente de matéria fecal, que se forma nos canos. Metano é emitido durante a decomposição de matéria orgânica em sistemas de resíduos. O raio funcionou como gatilho para a explosão.

O estrago ocorreu em um milissegundo, de forma que Marylou Ward e o marido, moradores da casa, não tiveram tempo de reagir. Ward considera que foi o barulho mais alto que já ouviu. Ela também sentiu o cheiro de fumaça proveniente da fossa séptica, por isso pensou que a casa estivesse pegando fogo, então olhou para fora da residência.

A explosão fez com que a janela da suíte do casal se estilhaçasse e 24 horas depois da explosão ainda era possível encontrar pedaços da decoração do quintal pela propriedade e na rua. Por sorte ninguém estava no banheiro no momento da explosão e não houve feridos. A louça do cômodo ficou em pedaços.

Ocorrência de raios

Os raios são faíscas elétricas enormes na atmosfera entre as nuvens, no ar ou no chão. De acordo com The National Severe Storms, os raios atingem objetos altos como árvores, montanhas e prédios. Isso ocorre porque o topo dessas estruturas está mais próximo da base da nuvem de tempestade. Para compreender o motivo disso, é relevante destacar que a atmosfera é um isolante elétrico e quanto menos barreira o raio encontra, mais fácil é para ele atingir o objeto.

Mas nem sempre as coisas mais altas serão atingidas. Dependendo de onde a carga acumula, o raio pode atingir o chão em um campo aberto, mesmo havendo uma árvore por perto. [HuffPost, WINK News, Fox News, The National Severe Storms Laboratory]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (20 votos, média: 4,70 de 5)

Deixe seu comentário!