Conheça mais um dos mistérios de Marte que intriga astrônomos

Por , em 9.12.2014

O mais novo mistério de Marte é uma estrutura circular, com 2 km de diâmetro, posicionada em uma enorme planície de lava, lisinha como um campo de neve. Ela se parece um pouco com um biscoito – não muito, é verdade, mas a semelhança está lá para quem tiver pareidolia suficiente.

A região de derramamento de lava, parecida com os “mares” da lua, tem o nome de Athabasca, e é onde estão os fluxos de lava mais recentes de Marte. Baseado nisso, os astrônomos estão apostando suas fichas em um fenômeno de origem vulcânica.

Olhando mais de perto, a estrutura parece que foi empurrada de baixo por cima, talvez por um fluxo de lava que se introduziu abaixo de uma camada de rochas. Parte do material parece estar faltando, o que poderia ser explicado se no meio da rocha houvesse um pouco de gelo.

Esta não é a única anomalia deste tipo na região, o que aumenta o mistério. A esperança dos astrônomos e cientistas é que novas imagens de alta definição forneçam novas pistas para explicar como estas estruturas surgiram, e por que apenas nesta região. Elas serão feitas pelo HiRISE, um dos seis instrumentos a bordo do Mars Reconnaissance Orbiter, um satélite da NASA que orbita Marte medindo a elevação e registrando composição do solo.

Uma imagem em alta resolução do local, mostrando uma destas formações misteriosas, pode ser vista abaixo. [JPL, NBC News]

marte-intriga-astronomos (1)

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)

14 comentários

  • thunderlord:

    Vão a planeta cheio de vida e a única coisa que fotografam são pedras… kkkk

    • Cesar Grossmann:

      Marte, cheio de vida? Não sei de onde você tirou isso…

  • Solemar Junior:

    eu entendo muito sobre mecânica de fluidos, e essas formas são tipicas de algo que esta subindo

  • gmjoao43:

    dá a impressão de matéria fundida com uma grande fonte e energia. nave PROMETHEUS?

  • Adilson Pinheiro:

    A formação é grande demais, circular demais e estrutural demais pra ser o resultado de um impacto.

  • Charles Willian:

    outra coisa que não pode ser é erupção vulcânica já que as bordas são lisas e uniformes.

  • Charles Willian:

    Pode-se descarta o fato de um impacto , já que a formação do circulo por impactos estilhaça no ponto central até as bases do circulo.

  • Francisco Assis Gurgel Gurgel:

    incrivel, o mas impressionante é que o circulo parece ter sido feito sob medida no compasso

    • Cesar Grossmann:

      Menos, menos. Existem mais formações deste tipo, e eu queria saber por que descartaram a possibilidade de impacto.

  • João Pedro:

    Prevejo conspiracionistas afirmando que isso se trata de um Crop Circle. Aliás nem é preciso prever,já que isso é óbvio.

    • Cesar Grossmann:

      O que é óbvio?

    • Reinaldo Guidolin Alarcon:

      Que conspiracionistas afirmem tratar-se de Crop Circle. 😉

Deixe seu comentário!