Cientistas criam o protótipo do primeiro rim artificial implantável

Por , em 6.09.2010

Segundo cientistas, um rim artificial, alimentado pelo sistema circulatório, pode ser o primeiro dispositivo implantável que irá substituir a doação de rim e a diálise. O protótipo foi criado por uma reunião de 10 equipes de pesquisadores, e eles disseram que o produto já se mostrou uma promessa para pacientes doentes.

Atualmente, a única opção de tratamento para pessoas com falhas no funcionamento dos rins são transplante e diálise. Um dispositivo implantável seria preferível, mas até agora os cientistas não tinham conseguido desenvolver um aparelho que realizasse todas as funções do rim.

Os investigadores querem utilizar os mesmos processos de fabricação dos chips de silício para desenvolver o aparelho, para que ele fique do tamanho de uma xícara de café, ou seja, pequeno o suficiente para transplante.

O projeto conta com os mais recentes avanços na nanotecnologia e na geração de tecidos. O sistema envolve milhares de filtros em uma escala nanométrica que removeria as toxinas do sangue. Além disso, o dispositivo realizaria os papéis de equilíbrio metabólico e de água de um rim real.

Segundo os cientistas, esse aparelho pode ajudar a tratar milhares de pessoas com insuficiência renal no mundo inteiro, além de diminuir custos na área de saúde nos países. [POPSCI]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

23 comentários

  • MARIA DE LURDES SANTANA ROCHA:

    Gostei muito, e que Deus,possa colocar a mão sobre estes cientistas, que descubram logo, esse rins articicial, porque estou sofrendo desse problema a 5 anos, a 1/5 esttou em dialise 3 vezes por semana, e conheço pessoas que já estõa a muito mais tempo, vcs não sabe como é difícil, a gente vai se debilitando e enfraquecendo ca cada dia, até me disponho a fazer experiência se for ncessário, para que outras vidas sejam beneficiadas por esse aparelho.

  • rui:

    e uma noticia maravilhosa, a minha historia é esta fiz dialise 2 anos e meio, estive transplantado 16 anos e desde outubro , regredi novamente, voltei a maquina outra vez, é a vida.
    bem mas quero deixar aqui uma palavra de confiança, apoio e apreço a toda a gente que faz dialise, e a toda a comunidade de cientistas e medicos empenhados neste projecto, bem hajam

  • JOSE OLIVEIRA:

    QUANDO VEM ESPERO QUE NAO DEMORE TENHO 23 ANOS E FASSO DIALISE A 3 ANOS

  • Lidiane Verne:

    Que ótima Notícia! Espero que dê certo! Pois meu pai faz hemodiálise e não conseguimos nenhum doador na família!
    Que deus abençoe esses cientistas!

  • francisco gomes da silva:

    queria fazer uma doaçâo de rins,so que as pessoa que esta precisando tem medo dos cometarios que ver na net devidos as pessoas de ma induli,mas quero dizer as pessoa que estâo precisando de um doador de rins que me made um messagem, posso ajudar tenha 43 anos sou de pernabumcano mas moro em sâo paulo sangue o positivo sou francisco gomes da silva

  • Claudia:

    Que maravilha !!!
    Minha mãe faz diálise e sofremos todos com essa situação.
    Que DEUS ilumine cada vez mais os estudiosos nesse ramo da medicina.
    Abençoe a todos.

  • elias:

    Que Deus abençoe todas as pessoas envolvidas em pesquisas deste tipo.

  • Vivi:

    Notícia maravilhosa essa e vamos pra corrida , a medicina regenerativa ou a nanotecnologia?Pena que os futuros políticos não estão nem aí com isso, acho esquecem da saúde.

  • JoseRenan:

    ótima notícia!!

  • FELIPE:

    Bom, cientificamente falando é muito formidável a criação desse aparelho, mas aí que vem a facada no coração : PREÇO
    barato é que não será. Vão ter que vender coração de bolso.

  • Marcos:

    Olá a todos !
    Que excelente notícia !
    Parabéns aos cientistas envolvidos no projeto e que este venha logo a tornar-se disponível para o maior número de pessoas o mais rápidamente possível.
    Abraços a todos !
    🙂

  • José Calasans:

    Tomara que seja colocado no mercado o mais breve possível.

  • Frederico J S Bezerra:

    São notícias como essas que nos deixa feliz.
    A ciência tem que avançar a passos largos para amenizar e até eliminar o sofrimento humano.
    Como trabalhador do sistema público de saúde há 16 anos, tenho acompanhado a angústia dos familiares e o sofrimento dos pacientes renais, que lutam todos os dias para sobreviver e alimentam a esperança de realizar transplante de rim e assim voltar a viver de forma normal.
    Valeu pela notícia e vamos torcer para que esse aparelho resolva o problema dos pacientes renais crônicos e também que tenha um custo acessível a todos, pois o direito à VIDA deve estar acima de qualquer coisa.

  • pericles buarque de gusmao:

    bom dia pessoal,

    muito bacana estas reportagens variadas e novidades e com
    opçao para indicaçao….gostei muito

    sou um apreciador nato…desta beleza

  • Geu.H.:

    É ESSA NOTICIAS QUE O MUNDO ESTA PRECISANDO, MUITO BOM GOSTEI.

  • Miguel:

    Boa, assim como o marca passo no coração o rim artificial será um salto na qualidade de vida nos portadores de doenças renais crônica.

  • José Constantini:

    Veja só o q estão inventando.
    Um rim artificial.
    Só ñ falam do subproduto da filtragem do sangue.
    Que é a urina…

  • Alex:

    E como são excretadas as substâncias filtradas pelo rim artificial? (pelo esquema do aparelho só existem duas conexões – entrada e saída de sangue)

  • @Elderock:

    Gostei, só quem tem uma pessoa próxima que sofre de insuficiência renal sabe o quanto essa evolução pode aliviar o desgaste de dialise etc. Espero que não demorem 10 anos para fazer e implantar porque até lá já morreram muitos esperançosos.

  • César:

    Mais um ponto ENORME para a ciência.

  • Stephy:

    Boa!!!!

  • izumi:

    eh a melhor noticia.

  • Hugo L.:

    Mais um ponto para a medicina!!!

Deixe seu comentário!