James Bond leva a culpa por má fama da energia nuclear

Por , em 17.01.2012

Os vilões dos filmes de James Bond, incluindo o Dr. No, podem ter sido em parte responsáveis pela percepção negativa sobre a energia nuclear, de acordo com o presidente da Royal Society of Chemistry, David Phillips.

Para ele, Dr. No – personagem que completa 50 anos este ano que tinha um reator nuclear pessoal – teria provocado um efeito negativo na forma como as pessoas encaravam a energia nuclear.

“Eu acho que alguns acidentes nucleares, o mais recente em Fukushima, aumentaram a conscientização dos perigos da radiação. Mas acredito que há muita incompreensão sobre a radiação, e filmes como o do Dr. No provocaram um efeito adverso”, afirmou Phillips.

Mas o professor Tom Burke, da University College London, rejeitou a teoria e disse que os temores sobre a saúde e segurança são as maiores preocupações das pessoas sobre o poder nuclear.

“A ideia de que Hollywood fez com que as pessoas ficassem céticas com a energia nuclear é como pensar: ‘bem, são os filmes de gângsters de Hollywood que são responsáveis pelas ondas de crime’. Não há muita lógica nesse argumento”, disse ele. “O fato é que a energia nuclear tem trazido todo o tipo de desastres econômicos, de saúde e segurança para as pessoas”. [The Telegraph]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

7 comentários

  • Luís Tony Correia:

    A humanidade nunca lidou com algo desse tipo, que traz grandes benefícios (energia) mas pode ser muuuito prejudicial (material toxico e bombas)

  • Cardoso:

    “há muita incompreensão sobre a radiação, e filmes como o do Dr. No provocaram um efeito adverso”, afirmou Phillips. Não importa, o simples fato de expor o ser humano ao perigo já é o suficente para compreender, e não é preciso filmes para isso. existem fatos verídicos. exemplos são fukushima, já mencionado no texto, chernobyl, as bombas atômicas, e as catástrofes provocadas por elas, como mutações, maiores incidência de cânceres e um notável desequilíbrio ecológico.

  • Daniel Rodrigo:

    Sim, é lógico… James bond? Nada haver mesmo!! Hiroshima, Nagalsaki e Chernobil mostraram o perigo potencial das bombas atômicas e não Holywood, isso é só pra tentar passar a responsabilidade das coisas para a indústria do cinema, daqui um pouco eles vão falar que Hollywood invetou a vida…

  • liro:

    Nada a ver, o problema da energia nuclear foram hiroshima nagasaki.

  • Rafael Ribeiro:

    Ah augum tempo a energia nuclear era a preferida dos ambientelistas, para vocês terem ideia de como as opiniões mudam.

  • Maria Bianca:

    Não sou contra a energia nuclear. Acredito que só devemos aumentar a segurança e quem sabe afastar as áreas de usinas das grandes concentrações…

    A única coisa que o filme do James Bond fez foi tornar a população espectadora ciente dos problemas da radiação.
    Esse problema não existe por causa do filme.

  • Guilherme Macedo:

    Sim, claro, o lixo radioativo sem controle (no passado chegaram a jogar no mar e hoje muitos lugares, como aqui, deixar a céu aberto) e os acidentes que vitimaram milhares de pessoas pela história não significam nada, a culpa é de Bond, James Bond.

Deixe seu comentário!