Frio? Pinguins diminuem a temperatura do próprio corpo para poupar energia

Por , em 24.08.2011

Quem é marinheiro de primeira viagem em documentários sobre animais, como alguns programas do Discovery Channel, pode não entender o que vê sobre a vida dos pinguins. Como é possível que aquela ave tão bonitinha suporte o frio absoluto do Pólo Sul? Um estudo recente sugere uma nova visão sobre esses animais: além de não padecerem com o frio, eles diminuem a própria temperatura corporal ainda mais quando querem conservar energia.

A descoberta foi feita por pesquisadores da Universidade de Estrasburgo, na França. A equipe viajou até as Ilhas Crozet, no sul do Oceano índico, e de posse da França. Eles colocaram sensores de temperatura em vários órgãos do corpo de dez pinguins, e os deixaram viver normalmente por sete meses.

Com um corpo de cerca de dez quilos, os pinguins reduziam até 15,7º C de sua temperatura corporal, um número considerado impressionante. A medida do organismo é para aproveitar melhor os alimentos consumidos em invernos rigorosos, e não gastar muitos nutrientes com o calor do corpo. Com apenas um grau de redução na temperatura, os pinguins já economizam grande quantidade de energia; com quinze, estão prontos para qualquer intempérie climática.

E os cientistas esclarecem uma última dúvida. Se eles preferem ficar mais frios ainda, por que algumas espécies os pinguins se amontoam para dormir? Realmente, eles não fazem isso para se aquecer. É apenas uma medida de união para manter a integridade do grupo e se defender de predadores.[NewScientist]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!