Morcegos usam trombeta de folhas para conversar

Por , em 20.10.2013

O morcego Thyroptera tricolor tem o costume de se abrigar nas folhas da Heliconia e da Calathea, que formam tubos, ou cornetas. Além disso, eles vivem em clãs que se reúnem nos mesmos ninhos. Mas será que uma coisa está relacionada com a outra?

Um estudo descobriu que estes morcegos conseguem mais do que abrigo ao se esconder nestas folhas: a forma de corneta serve para amplificar os sons emitidos pelos animais fora do ninho, como uma corneta acústica, e serve como um megafone direcional para os morcegos que estão no ninho.

As folhas da Heliconia e da Calathea permanecem na forma de tubo por um prazo curto, apenas 24 horas, então o morcego precisa trocar de ninho diariamente. Como fazer para que grupos familiares, que são muito unidos, permaneçam em contato?

Trompas auditivas

Entra em cena a bióloga Gloriana Chaverri, da Universidade de Costa Rica em Golfito. Ela levou as folhas para o laboratório e testou como elas alteram o som do morcego, constatando que, como uma trompa auditiva, as folhas em forma de tubo serviam para amplificar os chamados dos morcegos que estavam do lado de fora.

“Os chamados dos morcegos que estão voando são bastante amplificados”, diz ela, “enquanto os chamados dos morcegos que estavam dentro das folhas não eram muito amplificados”.

Os chamados externos eram amplificados em cerca de 10 decibéis, enquanto os chamados de dentro do tubo recebiam uma amplificação de apenas 1 ou 2 decibéis. O formato de corneta das folhas tornava o chamado altamente direcional, funcionando como um megafone acústico.

Mas nem tudo são flores – as folhas também distorciam esse chamadi a ponto dos morcegos dentro das folhas não conseguirem distinguir entre o de morcegos da família e o de morcegos estranhos.

Os morcegos que estavam voando, entretanto, conseguiam distinguir quem era da família e mergulhavam para o ninho certo todas as vezes. A família se reúne assim, no fim de cada caçada.

Entretanto, Terry Derting, um biólogo na Universidade Estadual Murray, em Kentucky, EUA, aponta que o estudo é “estritamente hipotético”, e tem que ser confirmado em campo, já que foi feito em laboratório e com chamados gravados.

Morcego incomum

O Thyroptera tricolor, um morcego encontrado do México até o sul do Brasil, tem características e costumes bastante peculiares, que o distinguem de outros morcegos.

Para começar, é um dos dois únicos morcegos que, quando está em repouso, fica com a cabeça para cima. Ao pousar, ele já o faz com a cabeça para cima, e se movimenta para dentro das folhas nesta posição.

Outra característica incomum deste morcego é que ele tem ventosas nas asas, que usa para se deslocar no seu ninho tubular. As ventosas, apesar de estarem localizadas na asa, parecem não atrapalhar o morcego, que se alimenta de insetos capturados em pleno voo. [io9, Phys.org, Nature]

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

Deixe seu comentário!