NASA começa testes sob a água para explorar asteroides

Por , em 10.05.2011

A NASA vai começar a estudar as bases para a primeira jornada simulada a um asteroide. O envio de astronautas a um asteroide próximo a Terra é um dos objetivos principais da nova visão de exploração do espaço da agência.

Um ano atrás, o presidente Barack Obama disse a NASA para cumprir essa missão até 2025. Até aquele momento, a NASA estava apostando em um retorno à Lua – o que significa que a agência teve que reformular seus planos.

Essa semana, testes de engenharia ajudarão a NASA a se preparar para explorar um asteroide. O centro de operações na qual ocorrerão os testes é o laboratório submarino Aquarius, na Flórida, EUA.

Segundo a NASA, nem mesmo os especialistas sabem como é a superfície de um asteroide. Os cientistas querem descobrir a melhor maneira de lidar com isso, como fazer uma caminhada espacial em um asteroide ou nas luas de Marte, etc.

A equipe ainda não está trabalhando no habitat do Aquarius em si. Ao invés disso, os cientistas estão descendo a profundidades de cerca de 18 metros, e praticando suas habilidades de caminhada espacial em pedras e rochas. É o próprio “miniasteroide” dos pesquisadores.

O objetivo é determinar quais ferramentas e técnicas funcionam melhor para a exploração de asteroides. A NASA ficou bastante familiarizada com as operações de microgravidade viajando para a Estação Espacial Internacional e ao redor da lua ou em Marte. Em certo sentido, um asteroide combina o pior dos dois mundos: a maioria dos asteroides é tão pequena, que é praticamente sem gravidade. E, ao contrário da estação espacial, não há nada montado ou previsível; os cientistas não têm o menor controle sobre sua aparência.

Seria melhor “ancorar” os astronautas enquanto eles caminham pela superfície do asteroide? Ou ancorá-los a uma estrutura que se estende para fora da nave espacial? Ou eles devem usar mochilas espaciais para voar livremente a poucos centímetros de distância do asteroide? Os cientistas vão testar as três técnicas.

Além das técnicas, várias ferramentas serão experimentadas. Algumas provavelmente não vão funcionar muito bem, mas a ideia é descobrir formas melhores de fazer as coisas. Os conhecimentos adquiridos durante os testes serão aplicados para o planejamento de uma simulação de missão completa em outubro.

Em outubro, astronautas irão para o habitat Aquarius e praticarão a exploração de asteroides subaquáticos. Todo esse esforço será compensado em futuras missões da NASA, não só em asteroides, mas na estação espacial, na lua, e em outros mundos. [MSN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

3 comentários

Deixe seu comentário!