O segredo por trás do “soco de uma polegada” de Bruce Lee

Por , em 19.08.2012

Quem é fã de artes marciais provavelmente já ouviu falar no “soco de uma polegada”. A técnica, popularizada pelo lendário Bruce Lee, permite que uma pessoa desfira um soco muito forte mesmo a curta distância (entre uma e seis polegadas, ou 2,5 a 15 centímetros).

Força bruta? Estudo recente, feito por pesquisadores do Colégio Imperial e da Academia Global de Londres (ambos na Inglaterra), sugere que o segredo técnica não está exatamente nos músculos, mas no cérebro.

Em suas investigações, eles avaliaram doze praticantes faixas-pretas de caratê (com uma média de 13,8 anos de prática) e doze pessoas com idades similares que praticavam atividade física mas não tinham experiência com artes marciais.

“Corpo são, cérebro idem”

Como era de se esperar, os faixas-pretas se saíram melhor no teste físico (socar um objeto a 5 cm de distância). Contudo, o impacto do soco, ao contrário do que muitos imaginariam, era especialmente influenciado pela coordenação do movimento, e não tanto pelo tônus muscular.

“Nós acreditamos que a habilidade pode estar relacionada à sintonia fina de conexões neurais no cerebelo, permitindo que a pessoa sincronize o movimento de seus braços e tronco de forma muito precisa”, explica o pesquisador Ed Roberts, que liderou a equipe responsável pelo estudo.

Por meio de exames de ressonância magnética, eles encontraram diferenças em duas estruturas cerebrais dos participantes: o cerebelo e o córtex motor primário, ambos envolvidos no controle de movimento. Essas diferenças eram maiores nos praticantes de caratê mais experientes, e tinham relação com sua habilidade de executar o “soco de uma polegada”.

“Estamos apenas começando a entender a relação entre estruturas cerebrais e comportamento, mas nossos resultados são consistentes com outras pesquisas que mostram o papel crucial do cerebelo em nossa habilidade de realizar movimentos complexos e coordenados”, destaca Roberts. Novas análises deverão trazer mais detalhes a respeito do “cérebro guerreiro”.[Daily Mail UK]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 1,33 de 5)

16 comentários

  • Sifu Marcos:

    As estruturas corporais usadas nas artes marciais são mais ou menos as mesmas, mas no Wing Chun, arte marcial de que Bruce Lee tirou a técnica usada na demonstração, é preciso que se faça isso numa distância menor, pois o foco desta arte marcial é o contra-ataque. Não há nada de espetacular na demonstração em si. Ela consiste num truque biomecânico simples, que desestabiliza o voluntário e derruba-o sobre uma cadeira, a fim de aumentar a dramaticidade do susto que os expectadores.

  • Juarez Mendes:

    Este soco tem muitos “segredos”, quer aprender mesmo, treine wing chun, simples assim.

    • Nildo Da Silva Felix:

      eu acredito que e um soco sim , pois em uma apresentaçao um lutador falou que ficou muito machucado dolorido durante 3 dias tem uma tecnica

  • Rafael Mota Pacheco:

    O soco de uma polegada do monge com 48 anos e 1,60 m, o chinês Shi Yan Mingé mais potente que um carro batendo a 50 km/h
    Utilidade – Quebrar ossos e até causar paradas cardíacas em inimigos com apenas um soco.
    O soco dele tem uma força de quase 400 quilos. É uma força semelhante aos socos dos lutadores de boxe, porém Ming a produz com muito menos espaço e menos tempo. O braço dele atinge uma velocidade extremamente alta em menos da metade de um segundo”, diz. O soco de Ming é 1,7 vez mais forte que o impacto de um acidente de carro a uma velocidade de 50 quilômetros por hora.

    Reportagem completa:
    http://super.abril.com.br/cotidiano/6-punhos-aco-732711.shtml

  • Claudio Santos:

    Bah! Bruce Lee mais imitava era o box de Cassius Clay, isso sim…essa de Kung Fu e Jet Kune Do e tudo cascata.

    • Sihing Ricardo:

      Engano seu meu amigo… tenho alunos que inclusive lutam boxe já faz alguns anos…. e sou professor de Kung Fu WyngTjun

    • Rafael Mota Pacheco:

      Esse link que mostra um estudo publicado pela Super Interessante, quebra as pernas desse seu post nesse assunto:
      http://super.abril.com.br/cotidiano/6-punhos-aco-732711.shtml

    • Juarez Mendes:

      Pesquisar lutadores de karatê para explicar o soco de uma polegada do bruce lee, praticante de wing chun, é como pesquisar bailarinas para explicar os passos de samba. Estes cientistas estão procurando peixes no deserto. E o discurso dos anti-kung fu é sempre o mesmo, falam que tudo é cascata mas não têm nenhum embasamento científico para comprovar suas difamaçoes, mesmo com os óbvios videos do Bruce Lee difundidos a anos para provar a eficiência de tal soco.

  • Rogério Soares:

    Deixando de lado essa moda de UFC, MMA etc., só posso concordar com alguns dos colegas acima e acrescentar que, para mim, a conclusão a que chegou essa pesquisa não é novidade.
    Qualquer praticante de artes marciais sério, e devidamente esclarecido, sabe que tudo é uma questão de coordenação corporal e, como dizia o próprio Bruce Lee, de “timing”!
    Agora, não fosse o corpo super treinado de Bruce Lee, com o acréscimo do alto grau de calejamento de seus punhos e braços, o efeito desse soco desferido por Bruce Lee, não seria tão formidável.
    Não podemos esquecer que não basta só a técnica (que sempre é o mais importante), mas há de se ter as condições físicas necessárias para a sua adequada aplicação.
    E, só para terminar, lembro a segunda lei de Newton que versa: “Força = Massa x Aceleração” [F = m*a], onde, a grosso modo, podemos tomar por “massa” a densidade do punho, incrementada por seu adequado condicionamento.
    Abraço e boa noite.

  • Carlos Silva:

    Se fosse algo tão maravilhoso todo lutador do ufc matava o oponente no clinch.

    • Glauco Ramalho:

      Não é assim q esse golpe funciona, aliás é raríssimo ver um lutador de kung fu lutando no UFC! Só conheci dois, e ambos práticavam o Wing Tsun, estilo principal do Bruce Lee e também o estilo que mais pratica esse soco.

    • Sihing Ricardo:

      quase por ai amigo, mas eu iria pelo Ec=1/2MV² pois a velocidades é fator considerável… uma máxima do sistema WT de artes marciais é:

      Bata RÁPIDO, CERTO e FORTE.

    • Sihing Ricardo:

      Não é qualquer um que aprende ou tem disciplina para treinar…e UFC é um esporte.

    • Sifu Marcos:

      Não é tão maravilhoso o quanto diz ou quanto Bruce Lee o popularizou, mas nem tão inocente o quanto você imagina. Introduzi está técnica com sucesso no UFC através do lutador Hugo “Wolverine” Viana, que tem usado a técnica para aumentar sua potência de golpes na curta distância, e especialmente na anti-esgrima na grade, combinado às esgrimas do Brazilian Jiu Jitsu. este trabalho tem sido idealizado pelo Prof. Esp. Leonardo Chamusca e por mim.

  • Glauco Ramalho:

    Esse soco é proibido em situações reais pq pode causar uma parada cardíaca na pessoa. Eu pratiquei esse soco. O treinamento é muito intenso, precisa de mta força sim! Você tem que desenvolver mto a musculatura do ombro para que o braço todo funcione como um pistão no momento do soco, e esse treinamento dói prá caramba!

    Ainda tem que praticar para abrir os ossos do punho, fazendo sua mão ficar um pouco maior, potencializando o soco! Isso dói muito também! E prá quem já levou um soco desses no peito, sabe que dói prá caramba, parece q seu coração vai parar…

  • Edipo Gonçalves:

    Claro, o segredo é coordenação. Qualquer praticante sabe que isso é o que é responsavel pela potencia do soco com foco principal na base da cintura onde a força é gerada, isso permite que pessoas de media estatura sem ter corpos musculosos, como o proprio Bruce, desfiram golpes assim.

Deixe seu comentário!