ONU anuncia queda mundial no número de infecções por HIV

Por , em 29.11.2011

A ONU traz ótimas notícias, e bem a tempo do dia mundial da AIDS, em primeiro de dezembro: o número de novas infecções de HIV caiu drasticamente, graças ao surgimento dos medicamentos antirretrovirais, que reduzem a chance de passar o vírus.

Um estudo publicado nessa semana pela UNAIDS, que coordena a luta contra o HIV e a AIDS, mostra que novas infecções de HIV e mortes relacionadas à AIDS caíram em 20% desde os auges em 1997 e 2005, respectivamente.

“Nós temos visto um aumento massivo no acesso ao tratamento do HIV, que tem um efeito dramático nas vidas”, afirma o diretor executivo da UNAIDS, Michel Sidibé. Os medicamentos alcançam quase metade das 14,2 milhões de pessoas aptas ao tratamento em países pobres. O objetivo é atingir todas até 2015.

Na África subsaariana, o número de novas infecções caiu em 26% desde 1997, e na África do Sul e no Caribe mais de 30%. No mundo, os medicamentos antirretrovirais chegaram a mais 1,35 milhões de pessoas desde 2009.[NewScientist]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Mario:

    Uma mentira contada várias vezes, se torna verdade,como falar que a aids veio de uns macaquinhos.

  • Luan:

    Tem alguns livros que falam sobre esse assunto:
    > “E se tudo o que você ouviu sobre a Aids estiver errado?” Livro esse de Christine Maggiore.

    Tem um livro também do Dr. Robert E Wilner. Além de vários artigos na internet que RELATAM que O VÍRUS HIV NÃO PROVOCA A AIDS, inclusive o próprio Dr. Wilner injetou o vírus HIV em si mesmo em um programa de televisão na Espanha para apoiar as suas reivindicações.
    Há especulações que o próprio tratamento com AZT (que destrói o sistema imunológico) e outros medicamentos é o que causam a AIDS.
    É importante pesquisar, ninguém é condicionado a acreditar em tudo que a mídia diz. A tv principalmente, esconde muitas verdades para defender seu próprio interesse.
    “Uma mentira contada várias vezes, se torna verdade”.

Deixe seu comentário!