Os surpreendentes benefícios de ser um pessimista

Por , em 26.02.2018

Acho difícil que você já tenha sido aconselhado a ser mais pessimista na vida, mas, de acordo com a ciência, isso não é necessariamente uma coisa ruim.

Enquanto existem de fato vantagens em pensar positivo – evidências por trás de diversas pesquisas sugerem que ser otimista leva a recompensas como melhor saúde e bem-estar -, estudos têm descoberto que o pessimismo pode, igualmente, ter benefícios.

Não é qualquer pessimismo, no entanto

Quando se trata de personalidade, o pessimismo é um traço que inclui foco nos resultados em relação a suas expectativas para o futuro.

Enquanto os otimistas frequentemente esperam resultados positivos, os pessimistas pensam que resultados negativos são mais prováveis.

Existe um tipo particular de pessimista, o “pessimista defensivo”, que utiliza esse pensamento a seu favor, como um meio para atingir seus objetivos. Isso é o ideal. A outra forma principal de pessimismo, que envolve simplesmente culpar-se por resultados negativos, tem menos efeitos positivos.

Como o pessimismo defensivo funciona e quais são os seus benefícios?

Os cientistas sugerem que o pessimismo defensivo é uma estratégia que pessoas ansiosas utilizam para gerenciar essa ansiedade. Não fosse por isso, elas poderiam correr na direção oposta ao seu objetivo.

O fator crucial desse tipo de pensamento negativo é estabelecer baixas expectativas para o resultado de um determinado plano ou situação, como esperar que você não vai ser contratado após uma entrevista de emprego, por exemplo.

Os pessimistas acabam visualizando todos os detalhes que podem dar errado, o que lhe dá um plano de ação para garantir que nenhum percalço imaginado aconteça realmente – como treinar para a entrevista e chegar cedo.

Os benefícios do pessimismo defensivo também se estendem ao desempenho. Um estudo mostrou que, quando pessimistas foram solicitados a ficar de bom humor, eles se saíram mal em uma série de palavras cruzadas. Quando foram instruídos a ficar de mau humor, imaginando como um cenário poderia ter resultados negativos, eles tiveram um desempenho significativamente melhor. Isso sugere que pessimistas defensivos aproveitam seu humor negativo para motivar-se a melhorar.

Saúde física e emocional

O pessimismo tem uma outra vantagem em relação ao otimismo: é mais útil em situações nas quais não temos controle ou influência sobre um resultado. Quando o resultado não é tão bom quanto os otimistas esperavam, isso é mais prejudicial para o seu bem-estar e eles experimentam maior desapontamento e humor negativo do que os pessimistas.

A estratégia defensiva do pessimista – como se preparar para prevenir resultados negativos – também pode ter benefícios de saúde reais. Embora esses indivíduos se preocupem mais com ficar doente durante um surto infeccioso em comparação com os otimistas, eles também são mais propensos a tomar medidas preventivas.

E, quando pessimistas se tornam cronicamente doentes, sua visão negativa do futuro pode ser mais realista e incentivar o tipo de comportamento que os profissionais de saúde recomendam para gerenciar sua doença.

Por exemplo, em um estudo, otimistas ainda tinham fé de que sua saúde iria melhorar no futuro, ainda que possuíssem condições que frequentemente só pioram ao longo do tempo, como artrite. Já os pessimistas classificavam sua saúde como pior no futuro. Ter essa noção pode levá-los a se engajar em estratégias de enfrentamento necessárias para gerenciar sintomas como a dor, algo que eles provavelmente já estão esperando.

Em resumo…

Não há nenhum problema em ser um pouco pessimista, desde que você utilize esse pensamento negativo como uma estratégia de defesa.

A principal diferença que separa os pessimistas defensivos de outros indivíduos que pensam negativamente – como pessoas simplesmente ansiosas ou deprimidas – é a maneira como lidam com as situações do seu cotidiano.

Enquanto as pessoas tendem a fugir de seus problemas quando se sentem ansiosas ou deprimidas, os pessimistas defensivos usam suas expectativas negativas para motivá-los a tomar medidas ativas e se sentir preparados e ter mais controle sobre os resultados.

Em última análise, é o que você faz com o seu pessimismo que importa. [MedicalXpress, Imagem]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (28 votos, média: 4,64 de 5)

Deixe seu comentário!