Professora impede o uso de lápis e canetas em sala de aula

Por , em 28.11.2010

Wendy Scott é uma doce professora do ensino fundamental da Escola North Brookfield, em Massachusetts, que tentou banir o uso de lápis e de caneta em sua sala de aula. O que é extremamente bizarro, já que os alunos “normalmente” precisam desse material para acompanhar as aulas.

A professora até mandou um memorando para os pais das crianças, dizendo que a partir do dia 15 de novembro, qualquer aluno que fosse “pego” portando um lápis ou uma caneta, seria acusado de indisciplina e de estar portando material que poderia ser usado para a construção de uma “arma”.

A escola diz que a professora nunca teve permissão para banir os lápis ou para mandar esse memorando para os pais. Ela afirma que os alunos não ficariam sem lápis ou canetas, mas que ela forneceria esse material. Agora fica a pergunta – se ela acha que seus pupilos são capazes de construir armas com os próprios lápis, qual é a diferença entre os lápis que ela daria para eles?

E você, leitor? Teve alguma experiência estranha na escola que gostaria de compartilhar? Conte para nós nos comentários! [Gizmodo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 3,00 de 5)

24 comentários

  • Claudio de Souza Cruz:

    O motivo dessa professora em proibir os alunos de irem para a escola com lápis (ou caneta) poderia ser o fato das brigas entre os estudantes ocorrerem antes (no caminho para a escola e próximo ao portão de entrada) ou depois das aulas (no horário da saída) na frente da escola ou no caminho que os alunos usam para voltar às suas casas e ou também dentro do ônibus escolar. Mas eu acredito que se os alunos receberem uma boa educação, a professora não terá grandes motivos para se preocupar com os materiais que os alunos levam em suas mochilas.

  • criancinha:

    Ela deve ter sido professora do Magaiver (o homem que já fez uma bomba de neutrons com um lapis, canetinha rosa e uma goma de mascar), aí ela pegou pânico.

  • phelipe:

    realmente é bizarro isso mais quem sabe os alunos nao conseguem realmente fazer armas com seus lapis igual a este video

    http://www.youtube.com/watch?v=H-JnyjXyKns&feature=related

    mesmo assim fica a pergunta como os alunos conseguem produzir armas com seus propios lapis pq eles nao podem fazer o mesmo com os lapis da professora?

  • Luiza Madeira:

    Acho que ela está proibindo o lápis pra preparar os alunos pro Enem.

  • JAMES COLEMAM ALVES:

    Bizarra mesmo foi essa “matéria”! Se isso é realmente um fato, a “cobertura” deixou a desejar. Sou professor e, quando li o título quis saber qual a justificativa da professora para tal atitude, o que acredito faz toda a diferença entre a inovação e a insanidade ou a paranóia. Eu próprio poderia ser autor de uma proposta similar! O mais próximo de um argumento em favor dessa professora foi a possibilidade de esses materiais serem usados para a construção de uma arma, elementarmente refutado. É irrelevante o tipo de material que a professora fosse usar como substituto, ela derrubou seu próprio argumento. Fica a dúvida: quais eram seus objetivos pedagógicos? quais são suas estratégias metodológicas? Qual o grau de autonomia dos professores dessa escola? Antes de “condenar” a atitude da professora, precisamos ter respostas a essas perguntas. Ou sermos tão paranóicos quanto ela!

  • Peaga:

    Ela deve ter sido professora do Rambo ou Chuck Norris…

  • Hedeson:

    Eu fico imaginando o risco que esses alunos representam para ela. MÀO NA PAREDE MELIANTE, PERDEU! PERDEU! PERDEU!

    Lá deve ter um professor que seja ou o Magiver ou o Remo(Desarmado perigoso).

  • Farofa:

    hahahhahha ela andou assistindo muito o demolidor…
    o super heroi cego da marvel que tem um cara que mata o outro jogando um lapís na garganta dele

    ou quem sabe batman e o cavaleiro das trevas na parte que o coringa vai fazer uma “magica do desaparecimento” e enfia um lapis dentro da cavidade ocular de um cara

  • ninja:

    Por essas coisas q eu estou treinando meu filho para usar as próprias mãos como armas.

  • claudia salatiel:

    ela ia usar lapis de cera

  • Luci:

    Professora paranóica!

  • Elizabeth:

    Eu também gostaria de saber qual a diferença entre os lápis dos alunos e os que ela daria para eles.
    Cada doido…

  • Val Brand:

    Realmente, uma caneta ou um lápis podem ser usados como arma pelos alunos, mas… A cadeira também pode ser usada como arma, a carteira escolar também, as vasouras do faxineiro, uma pilha de cadernos dentro de uma mochila, o apagador e em último caso, os próprios punhos… Talvez seja preciso rever a educação e a convivência em sociedade.

  • Daniel de Oliveira:

    hypescience= lixo.
    me deixem em paz quero cancelar a minha acinatura e não concigo.
    NÃO QUERO MAIS RECEBER ESSA BOSTA!

  • luciana:

    Será que ela trabalhava em uma escola de menores delinquentes? Pois conseguem fazer uma arma até de uma colher descartável, de uma escova de dentes, etc.

  • Cesar:

    Tendo assistido no noticiário os vídeos de crianças se agredindo depois da aula no Brasil, eu consigo entender a professora: nenhuma criança é para portar lápis e caneta fora da sala de aula, dentro de sala a professora fornece o material. O perigo que ela quer evitar é um olho furado ou, na pior hipótese, alguma carótida rompida por um lápis muito apontado e golpeado com violência.

  • P.Praxedes:

    Eu acho que se os alunos dela tiverem uma boa educação, nao à o que ela temer por causa de um lápis ou qual quer material que seja!

  • Robson:

    Eu não sei não, vai que no meio desses pirralhos tem algum “macgyver”, ai a professora tambem tem que banir o chiclete, porque na mão de um macgyver um lapis e um chiclete vira uma bomba.

  • Kimy:

    Quando li a manchete achei que fosse uma professora “ecochata” querendo substituir papel e caneta pelos tablets ou notebooks.
    Mas isso aí é bizarrérrimo!

  • Mako:

    Acho que os lápis dela seriam previamente testados para uma não futura construção de armas de destruição heheh

  • Davidson Lima:

    E vejam só, senhores: até no Brasil esta prática é usada! Uma certa prova – cujo nome não cito, mas é vinculada ao INEP – teve a ousadia de não permitir uso de lápis e borracha. Triste.

    Bom artigo, Luciana.

  • Andre:

    A direção do colégio inventar uma prova de 18 pontos em dezembro , com a matéria do ano todo , isso em novembro,
    “mudar a regra no meio do jogo”

    Trimestre vale 35 , a media 21.

  • Plebeu:

    Mesmo que foi pela antiguidade desses utensílios, e utilizar meios tecnológicos mais recentes, qualquer ser humano deve aprender a escrever à mão, a desenhar com lápis, é fundamental para o desenvolvimento do raciocínio da pessoa.

  • Carlos:

    O.O
    euri kkkk

    hoje em dia não da mais para entender as pessoas O.O
    cade idéia maluca

Deixe seu comentário!