Qual é o maior medo do qual sofrem os seres humanos

Por , em 18.11.2010

Você já parou para pensar qual é a coisa que as pessoas mais temem? Muitas coisas são assustadoras, claro. Existem várias fobias no mundo. A fobia é definida como o medo persistente de alguma coisa que representa pouco ou nenhum dano real. Isso pode parecer irracional – temer o que não pode lhe fazer mal – mas para aqueles que sentem o medo, a sensação é muito real.

Os indivíduos podem sofrer de fobias de um determinado objeto, animal, alimentos, atividade ou situação sem nenhuma razão aparentemente racional. Algumas fobias populares incluem aranhas, sangue, injeções de agulha, animais como cobras, morcegos ou cães, espaços fechados, voar, altura e raios.

O maior medo

Mas a coisa que as pessoas mais temem é algo bem mais comum: o medo de falar em público. E, apesar das fobias serem normalmente injustificáveis, a aversão a falar em público possui um perigo mais concreto. No núcleo do problema está uma ameaça muito real: a ameaça à própria auto-estima, auto-imagem e auto-eficácia. Segundo especialistas, quando falamos em público, damos oportunidade para que outros nos avaliem, potencialmente de forma negativa.

O que torna esta fobia ainda mais assustadora é o fato de que as pessoas não têm como pensar que isso “nunca vai acontecer”, como a fobia de ser atingido por um raio. A maioria das pessoas terá de enfrentar situações nas quais terão de falar em público, quer para um grupo pequeno ou grande.

A maioria das pessoas com medo de falar em público evita a fonte de sua ansiedade, mas quando forçado a essa situação, elas podem experimentar alguns sintomas como sensação de calor, sudorese, tremores, taquicardia, dificuldade respiratória, boca seca, náuseas, pânico e pavor.

Outras fobias reconhecidas, embora pareçam exageradas, incluem o medo de palavras grandes ou complicadas (hipopotomonstrosesquipedaliofobia), o medo de banana (bananafobia), de pessoas calvas (peladofobia), de bonecos (automatonofobia), de espelhos (eisoptrofobia), de flautas (aulofobia), de poesia (metrofobia), de flores (anatidaefobia), de sermões (homilofobia), de manteiga de amendoim que gruda no céu da boca (araquibutirofobia) e o medo de ouvir notícias boas (eufobia). [LifesLittleMysteries]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

24 comentários

  • LieselMeminger:

    Não sei se é bem verdade,eu por exemplo não tenho fobia de falar em público.
    Acho que todos sentem um leve tremor nas pernas e borboletas no estômago, mas não acho que isso pode ser considerado fobia, pelo que eu sei fobia é pavor, não nervosismo. Muitas pessoas têm de fato essa FOBIA, mas não são todas e muito menos o que MAIS ASSUSTA. Creio que mesmo que se tenha muito medo de falar em público, existem coisas que assustariam muito mais qualquer um.

  • gloria:

    Ñ é verdade o maior medo é de barata, eu ñ tenho medo mas muita gente q conheço tem, e depois o medo de morrer e de doer é claro, se agente morresse sem dor ,ninguem teria medo

    • Emy Morais:

      Na realidade, acredito que o que as pessoas sentem em relação às baratas não seja medo, mas sim, nojo!!! Mas também acredito que as pessoas tenham medo de morrer, ou da forma como isso possa acontecer.

  • algonqueano:

    faço parte de um grupo de humor,me ricularizar na frente de varias pessoas é um dos meus trabalhos. para quem tem medo de
    falar em publco fica aqui a dica,pague o mico,deixe as pessoas
    rirem de você e não se importe com nada,faça teatro e outras coisas mais,se exponha. acredite você evoluira e depois de um certo tempo nem emtendera como pode haver pessoas que tem medo de falar em publico.

  • T.K:

    Tenho fobia de baratas.

  • rodrigo sad:

    gent o medo e simplismente o nao saber oou o amor pela propria vida
    pq vc nao pula do penhasco?
    pq vc nao quer morrer
    pq vc nao come algo estragado?
    pq vc nao sabe o q vai acontecer flw abraços

  • Lindaa ^.^:

    Tenho homilofobia

  • mila:

    pensei que a maioria teria medo de assombrações!

  • Ananias:

    Falaram de fobias que não podem causar nada de ruim a nós, fica na frenti de uma cascavel sem medo e vamos ver no que dá!

  • Davis:

    Ironic [Mode on]

    Depois de começar a trabalhar em banco comecei a desenvolver fobia de Papel, Email e Telefone

    • T.K:

      KKKKKKKKKKK Boa essa.

  • Everton Carlos da Costa Cardoso:

    Sem querer menosprezar os outros comentários, o que mais me chamou atenção foi o de Elizabeth. O que mais temos medo é de falar em público? Impressionante, pegou muito gente de surpresa, inclusiva a mim.

  • Hugo:

    Ou Marte, de acordo com suas porcentagens no “chutômetro”, 50% da população tem medo de barata. Eu acredito que uns 80% (também no chutômetro) tenham medo de falar em público.

    Mas lhe confesso que quando lí “Qual é a coisa que mais assusta as pessoas?” imediatamente pensei em barata também.

  • Elizabeth:

    E eu que pensei que o maior temor fosse o de morrer…

  • Marte:

    Desculpa. Essa teoria é furada: o maior medo é o medo de baratas. É universal. 90% das mulheres, 10% dos homens padecem desse medo – claro, é chutômetro. Mas não deve ser distante disso -.

  • vielmond:

    Talvez por causa da guerra, não tenho “medo” do perigo , mas receio de ser pego de surpresa. Profissionalmente, falo bastante sem me preocupar muito pela avaliação da plateia. (Reconheço, alias, que é um erro). Em geral não se avalia o conteudo, mas a forma de expor.
    Relembro a esse respeito que, em geral, a apreciação registra mais (muito mais mesmo !!) os aspectos negativos que negativos de qualquer situação

  • Joner Vonus Yantufucker:

    Eu tenho fobia de anos bissextos que sejam múltiplos de 4 e não múltiplos de 100, p.ex: 1996, 2004, 2008, 2012, 2016…

  • Farofa:

    Concordo
    isso é f*da
    e é muito pior se você é timido

    Para apresentar trabalhos na faculdade, eu já não como nada antes, escuto musica que eu gosto, e releio o texto n vezes antes de apresentar… mas mesmo assim eu eu sinto vontade de ir no banheiro de nervoso, minha boca fica seca, eu começo a gaguejar, minhas mãos suam, meu corpo inteiro treme, tenho vontade de vomitar, e sinto meu coração disparado, enquanto eu estou apresentando eu sinto tudo isso junto, terminei de apresentar é batata, 3 minutos contados no relogio (já fiz a contagem em vários trabalho que eu fiz) passa tudo na mesma velocidade que veio, é como se fosse um dia normal que eu não tenho que apresentar algum trabalho

  • vinicius:

    Nicole apavorou no comentário! kkkk

  • Curiti Boca:

    Eu tenho medo de ficar sem grana !!!

  • nicole:

    Gente, eu tenho uma fobia que é rapidofobia, não sei explicar bem como funciona, dá pra ler meu comentário?nao vou esperar, coloquem as positivas isso, não não excluam , meu deus que gente lerda, poxa!

  • vinicius:

    Manteiga de amendoim que gruda no céu da boca!!?? Caramba.. tem fobias bem especificas eim?

  • Hugo:

    Mas isso é verdade. Nunca tinha pensado nisso como uma fobia, mas é muito raro achar alguém que, mesmo 100% seguro do que tem pra falar, não trema em frente a uma platéia.

  • Hugo:

    “o medo de palavras grandes ou complicadas (hipopotomonstrosesquipedaliofobia)”: medo do nome da própria fobia…

Deixe seu comentário!