Recém-nascida se torna bebê mais novo a sofrer cirurgia cardíaca

Por , em 7.02.2012

Jasmine Carr se tornou a pessoa mais jovem do mundo a passar por uma cirurgia cardíaca: médicos a operaram por 17 horas e meia, logo depois que ela nasceu. Ela tinha apenas 15% de chance de sobrevivência, de acordo com especialistas, pois foi diagnosticada com uma condição rara em que um lado do coração não conseguiu se desenvolver plenamente. No total, o coração de Jasmine era pouco maior que uma noz.

A operação para reparar seu coração foi um sucesso. A menina já deixou o hospital e está em casa com seus pais Jo e James Carrs. Médicos disseram que o casal poderia interromper a gravidez para não ter que ver a filha morta em seus braços. A opção de tentar uma cirurgia imediata surgiu depois de um exame de 20 meses de gravidez feito na mãe.

O paciente anterior que detinha o posto de bebê que fez uma cirurgia cardíaca mais jovem era Rudy Maxwell-Jones, que foi operado com apenas 36 horas de idade. [Telegraph]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 4,00 de 5)

4 comentários

  • AACC Pequenos Corações:

    Gostaríamos de dividir com vcs que a criança mais nova a ser submetida a uma cirurgia cardíaca, de “coração aberto” e com necessidade de ser ligada à maquina de extracorpórea é um BRASILEIRO, e essa cirurgia foi realizada em São Paulo.
    Gustavo, hoje com 4 anos de idade, nasceu com uma cardiopatia denominada “Estenose Aórtica crítica” e ele não tinha chances de sobreviver nem horas sem essa intervenção. No seu parto estavam a equipe da obstetrícia, e tb a equipe de cirurgia cardiovascular, pois ele não sobreviveria sem a cirurgia. Em menos de 15 minutos ele já estava ligado à maquina de circulação extracorpórea e foi operado com sucesso. A sua mãe, Carolina Barros, nos autorizou a divulgarmos a história dele.
    Fica também a informação de que a cirurgia cardíaca pediátrica no Brasil tem tanto valor quanto a cirurgia feita no exterior, em grande Centros, mas nós brasileiros temos o péssimo hábito de achar que somos menos qualificados.
    Temos certeza que muitas outras crianças aqui no Brasil tb foram operadas em poucas horas de vida, mas estamos divulgando esse caso por ser de mãe ligada à AACC e por ter autorizado a divulgação.
    A vida da pequena Jasmine é sem duvida nenhuma, motivo de comemoração e louvor a Deus, mas vamos comemorar tb os nossos “Gustavos” que se superaram e tb merecem ser citados como verdadeiros heróis nacionais!!

  • Theo:

    “A opção de tentar uma cirurgia imediata surgiu depois de um exame de 20 meses de gravidez feito na mãe.”
    Nossa nao entendi mesmo…acho que são 20 semanas né?

  • Alexandre:

    Existem relatos de intervenção cirúrgica cardíaca em bebês ainda no útero

    • Theo:

      Acho que a materia quis dizer sendo o mais novo depois de nascido não?

Deixe seu comentário!