Vespas orientais são movidas à energia solar

Por , em 6.12.2010

As vespas orientais têm uma habilidade única de capturar energia do Sol, segundo pesquisadores. Elas possuem uma estrutura especial em seu abdômen que é capaz de capturar a energia os raios solares e um pigmento que mantém essa energia.

A descoberta mostra que a listra amarela que elas têm no abdômen tem um propósito – é lá que está armazenado o pigmento. Quando elas ficam mais ativas e os dias ficam mais quentes, a listra fica mais grossa.

Isso esclarece porque as vespas são mais ativas no meio do dia – porque é quando recebem a maior quantidade de sol – ao contrário de outros tipos vespas, que são mais vistos pelo período da manhã.

Analisando o corpo das vespas em microscópios, cientistas perceberam que a parte amarela era diferente. Sua carapaça era mais fina e impedem que a luz seja refletida do corpo das vespas, capturando a energia solar com o pigmento xantopterina transforma luz em energia elétrica. [BBC]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

14 comentários

  • Costa:

    Tudo na Terra é movido a energia solar, direta ou indiretamente.

  • Alcantara:

    Será que este não um indício de que num futuro longínquo os seres heterótrofos evouluirão para uma captura direta de energia solar, dependendo menos das plantas?

  • Fernandão:

    Tem pessoas que mataram aulas de biologia …
    Todos seres vivos captam energia solar, e a usam em seu metabolismo. Mamiferos acumulam o calor na pelagem para poder se manter aquecido a noite, qualquer animal tem seu ciclo emocional e reprodutivo ligado a quantidade de luz solar a que é banhado.
    Por que as pessoas esquecem de lições tão básicas? Qualquer criança de 11 anos vai te dizer que aprendeu isto na escola.

    • Henrique Sadao Kajino:

      Seres humanos processam vitamina D através da exposição a luz solar

  • José Calasans:

    Pois é,a natureza sabe tudo, não é atoa q/os cientistas estão querendo imita-la.

  • josias:

    Enfim encontrei o motivo pelo qual o programa de energia solar, da universidade federal da Paraíba deu com os burros n’agua. Obrigado Hype-science.

  • Hedeson:

    ë interessante essa informação, mas me diz uma coisa, essa energia é aproveitada pela vespa como? O pigmento converte em energia elétrica, a vespa utiliza essa energia diretamente? Ou ela converte em energia orgânica que seria o esperado?
    É chato ler uma notícia que traz mais dúvidas que certezas…

  • Breja:

    “mas elas são autótrofas ou heterótrofas ?”

    Qual a Uilidade de saber isto ?

  • Theo:

    se vc leu a materia, a tal lista converte energia solar em eletricidade, eu apenas devaneei com uma possibilidade…
    caso vc nao tenha visto eu escrevi entre parenteses “estou presumindo” foi apenas uma ideia de quem leu, entendeu e teve ideias baseado no artigo…
    espero que seja seu caso tbm…

  • Pedro:

    Geradores de energia a base de vespa? hum?

  • Theo:

    Com a descoberta da função dese pigmento, e com um pouco de criatividade humana, e é claro depois de sintetiza-la em laboratorio, talvez no futuro possamos fazer geradores de energia mais eficientes(estou presumindo), afinal se eles conseguem sintetizer energia o suficiente para um bater de asas tao frenetico, entao talvez possamos usar para nossa energia…

  • ?????:

    A pergunta é: Como vamos nos aproveitar disso?

  • Harley Eugenio:

    que legal inseto movido a energia solar, já diminui a emissão de gás carbônico!

  • Felipe:

    mas elas são autótrofas ou heterótrofas ?

Deixe seu comentário!