“Rubor asiático” aumenta risco de câncer de esôfago

Publicado em 21.03.2011

Quando algumas pessoas de ascendência asiática ingerem bebidas alcoólicas, a pele do rosto, às vezes até a cintura, começa a ficar vermelha. A pele corada é muitas vezes confundida com uma queimadura solar.

A condição é conhecida como “rubor asiático”, que também pode aumentar o risco de câncer de esôfago. Essa resposta é típica de cerca de um terço de pessoas com descendência asiática, e acontece predominantemente com indivíduos de origem japonesa, chinesa ou coreana.

As pessoas que têm essa condição adquirem um rubor facial, bem como dor de cabeça e náuseas no momento em que estão bebendo. A frequência cardíaca também aumenta. Segundo os médicos, é uma experiência muito desagradável.

O que provoca essa reação é uma incapacidade genética de metabolizar adequadamente o álcool (ou etanol). Graças a enzimas no fígado, o álcool é normalmente metabolizado primeiramente no químico tóxico “acetaldeído”, uma substância cancerígena animal que causa danos no DNA e outros efeitos, e, em seguida, na substância inofensiva “acetato”.

As pessoas com “rubor asiático” têm uma deficiência genética na enzima ALDH2, que metaboliza o álcool, o que pode levar a um acúmulo de acetaldeído, que é uma substância tóxica. Quando essa substância se acumula no organismo, provoca a vasodilatação que produz a resposta do fluxo sanguíneo.

As pessoas que têm duas cópias do gene deficiente possuem sintomas tão graves que não podem tolerar o álcool. Aqueles que têm apenas uma cópia do gene muitas vezes aprendem a conviver com as palpitações do coração e com a vermelhidão.

E para essas pessoas, as coisas podem ficar mais arriscadas. Qualquer um que beba álcool corre risco de contrair câncer de esôfago. Quanto mais você bebe, maior o risco. E quando você é deficiente de ADLH2, o risco sobe muito mais dramaticamente. Uma pessoa com uma cópia do gene que bebe duas cervejas por dia é até 10 vezes mais propensa a desenvolver câncer de esôfago do que uma pessoa capaz de metabolizar o álcool corretamente.

Não é apenas uma questão que afeta a aparência, mas a saúde. Por isso, é importante que os portadores desta condição discutam com seu médico e certifiquem-se de que ele está ciente dos dados que mostram os riscos para um câncer tão mortal quanto esse. [MSN]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

1 comentário

  1. Eu moro na China a 5 anos e vou bastante em bares,tem uns que realmente parece que estavam no sol o dia todo,eles ficam um camarao!

    Thumb up 3

Envie um comentário

Leia o post anterior:
vaca1
Leite de vaca leva as crianças a ganharem mais peso mais rapidamente

Em comparação com ou...

Fechar