5 mitos sobre a lua

Publicado em 9.05.2012

Sábado passado, 5 de maio, aconteceu um fenômeno astronômico interessante, a “superlua”. Trata-se de uma coincidência entre o perigeu lunar (o ponto da órbita em que ela está mais perto da Terra) e a lua cheia, proporcionando uma lua que é visualmente 14% maior e 30% mais brilhante que uma lua cheia normal.

Em homenagem à tão belo espetáculo, aqui vão 5 concepções erradas sobre a lua, que fazem parte principalmente do folclore dos gringos e tratam de temas tão variados como a loucura e os lunáticos, a fantasia que o pouso lunar foi uma fraude, e como começou toda a história que a lua era feita de queijo.

Lunáticos, lunáticos

A palavra “lunático” tem suas raízes na palavra “lunar”, e um bando de gente, de enfermeiras a bombeiros e policiais, garantem que quando é lua cheia, as coisas costumam “esquentar”.

Mas esta cópia barata do mito do lobisomem não se sustenta. Em 1985 foi feita uma pesquisa sobre os momentos das crises mentais e a fase da lua, e se descobriu que o folclore que liga a lua cheia a partos, comportamento criminoso e outros distúrbios, não tem base científica. Da mesma forma, a pesquisa não encontrou ligação entre o resultado de cirurgias e a fase da lua. Porém, seu bichinho de estimação pode precisar de uma visita ao veterinário na lua cheia, mas neste caso parece que a culpa é dos donos, que, por causa da noite iluminada, acabam ficando mais tempo fora de casa com seus bichinhos, aumentando as chances de lesão.

Superlua das catástrofes

A razão de existirem superluas é por que a órbita da lua não é perfeitamente circular. Quando ela está mais perto da Terra por conta da órbita elíptica, ela dá um puxão gravitacional um pouco mais forte à Terra. Mas não é nada que a Terra não consiga dar conta.

As forças de maré sobre a Terra são 42% mais fortes quando a lua está mais perto, o que causa alterações na altura das marés, mas não há nenhum efeito notável sobre terremotos e tsunamis (uma força minúscula aumentada em 42% continua minúscula).

John Bellini, um geofísico que trabalha no U. S. Geological Survey, contou ao Life’s Little Mysteries que “muitos estudos deste tipo foram feitos por cientistas e não foi descoberta nenhuma ligação significativa”.

Curiosamente, o nome “superlua” não é da astronomia, mas da astrologia. Vai entender…

A Fraude do Pouso Lunar

Nós temos os vídeos. Nós temos as rochas. Nós temos uma dúzia de astronautas que retornaram orgulhosos para a Terra para contar como é caminhar sobre a lua. Mas as teorias conspiratórias dizendo que os pousos lunares foram uma fraude simplesmente não morrem.

Estas teorias conspiratórias são inumeráveis e variadas, indo de alegações que não havia poeira sobre o apoio da Apolo 11 e que por isto tudo deve ter acontecido dentro de um estúdio de som, a teorias sobre amostras de rochas serem falsificadas.

Não adianta observar que na lua não há atmosfera e a gravidade é menor e por isto os grãos de poeira se comportam diferente, ou então que as amostras tem sido examinadas por cientistas do mundo inteiro, que inclusive conseguem apontar microcrateras causadas pelo impacto de micrometeoritos, e que a proporção de isótopos não pode ser forjada.

Por mais infundadas que sejam, as teorias conspiratórias podem ser frustrantes para todos aqueles que arriscaram suas vidas para chegar à lua. Em 2002, Bart Sibrel levou um merecido soco do septuagenário Buzz Aldrin, depois de perseguir o astronauta chamando-o de “covarde” e “mentiroso”, exigindo que ele jurasse sobre a Bíblia que tinha pousado na lua.

Queijo verde?

Não é que a gente precise explicar que a lua não é feita de queijo, mas estamos aqui para explicar o mito que alguém algum dia acreditou: que a lua fosse feita de queijo verde. Este mito do queijo parece ter começado com um par de versos sardônicos do poeta inglês John Heywood (1497-1580) que escreveu “Ye set circumquaques to make me beleue/ Or thinke, that the moone is made of gréene chéese.” (“Vocês fizeram de tudo para me fazer crer/Ou pensar, que a lua é feita de queijo verde”).

Em outras palavras, a primeira menção que se tem da lua ser feita de queijo verde era na verdade fazendo piada da ideia de que alguém acreditaria que a lua fosse feita de queijo verde. Aparentemente, o poeta Heywood subestimou as crianças americanas do século 20. Um estudo publicado em 1920 no American Journal of Psychology entrevistou crianças pequenas sobre suas crenças acerca da lua e descobriu que a explicação mais comum para ela era de que era feita de queijo. Outras teorias incluiam trapos, Deus, papel amarelo, e “pessoas mortas que se unem em círculo de luz”.

A América da Guerra Fria era louca pela Lua

Atualmente, as pessoas lembram os anos da corrida espacial de 1950 e 1960 como sendo uma época em que a NASA tinha extenso apoio público. Na verdade, o apoio para a exploração lunar na época era próximo do que é visto hoje.

Durante o programa Apollo, de 45% a 60% dos americanos acreditavam que o governo estava gastando dinheiro demais nos voos espaciais, de acordo com um estudo publicado em 2003 no periódico Space Policy. Pesquisas de opinião nos anos 1960 colocavam as missões espaciais no topo dos programas que os americanos gostariam que fossem cortados, conforme descobriu o pesquisador e historiador Roger Launius.

“O público nunca teve muito entusiasmo sobre a exploração lunar, especialmente em relação aos custos associados à mesma”, aponta Lanius. O pouco entusiasmo foi se apagando com o tempo, “até que ao final do programa Apolo, em dezembro de 1972, o programa passava a imagem de um maratonista claudicante, forçando todos os músculos para alcançar a linha de chegada antes de desmaiar”.[LiveScience, Space.com, Space.com II]

Autor: Cesar Grossmann

Sou formado em Engenharia Elétrica, mas trabalho no setor público, gosto de xadrez e fotografia.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

29 Comentários

    • Ildefonso, as estatísticas funcionam para desmistificar estas ideias. É só fazer a estatística dos nascimentos por dia e comparar com um calendário das lunações. Até agora não foi encontrada relação neste tipo de estatística, então talvez você seja vítima de uma ilusão…

  1. Quanto ao pouso lunar ser uma fraude, não é de se duvidar… Tenho minhas duvidas, se é verdade, então porque não tivemos homens pisando na lua desde 1960???

    Thumb up 5
    • A pergunta certa seria: E porquê voltar? As viagens humanas à Lua foram motivadas pela concorrência, sendo mais uma façanha política do que científica. Satélites em órbita e sondas de superfície são melhores e mais baratas para a exploração e conhecimento lunar, na verdade não voltaram a por seres humanos lá simplesmente por não precisar, ser um esforço e gasto desnecessário.
      Tem outro fato: Orçamento. O novo sonho americano seria a colonização da Lua, mas dada a dificuldade e baixos investimentos – bem o oposto do que se via na guerra fria -, ainda está fora de cogitação. Há planos para as próximas décadas, o mais promissor que talvez vejamos na história do futuro pode ser as agências passarem a cooperar mais na exploração do espaço, Nasa, Esa, Russos, Chineses, Indianos. As agências espaciais já estudam isso e por necessidade, pois dada as crises da economia global a única saída seria a cooperação, uma saída que ao meu ver seria o melhor a acontecer pelo progresso da astronáutica humana, logo, essa crise pode ser benéfica.
      O mundo está num processo de transição de polaridade, a teoria dos BRIC está deixando de ser uma teoria pra ser um fato. Mas o desenvolvimento tecnológico do Brasil não acompanha a velocidade de sua economia, então por um bom tempo seremos apenas espectadores. A menos que paguemos pra mais um Marcos Pontes ir pra estação plantar feijão mostrando a bandeirinha verde e amarela pra câmera, porque nossa tecnologia não teve nada a agregar à Estação Espacial Internacional…

      Thumb up 17
    • É como ter alguem residindo em uma casa.

      Aparece um invasor,e aí o que acontece ???
      Ora, sai o morador ou põe o invasor para correr.

      O humano terrestre ainda é pouco evoluido.
      É só ir ao ponto certo em pesquisas e logo qualquer um irá saber que tambem la (na lua)iriam acontecer alguns testes atômicos.
      Poremmmmmmmmmm,la ja tinha alguem mandando,e muito mais avançado em inteligencia.
      Afinal,essa falácia de dizer que a lua é da terra é uma aberração humana.
      Nem a terra(planeta) é do ser humano.

      Thumb up 6
  2. Aoooem Cesar, que bom que tu virou o redator aqui^^.

    Tenho certeza que vamos aprender muito contigo. Abraços!

    Thumb up 6
  3. Aqui vão as provas mais simples de que o homem não foi a lua, elas são tão óbvias que permanecem ocultas:

    Número 1: Segundo a NASA, as câmeras utilizadas para tirar as fotografias foram de modelo Hasselblad 500EL munidas de filme Kodak e de um revestimento de prata que foi colocado nas câmeras para deixá-las mais resistentes às variações térmicas, mas creio eu que não o suficiente para suportar as extremas variações de temperatura da Lua. A temperatura na Lua varia tanto, que seria impossível trazer de lá uma única fotografia para ser exibida na Terra. Só para se ter idéia, a temperatura na Lua varia de -153ºC à noite a +107ºC durante o dia, conforme dados obtidos na NASA. Como é que hoje, quatro décadas após este grande sucesso estadunidense, ainda NÃO existe um único filme de máquina fotográfica capaz de suportar sequer a pequenas variações de temperatura.
    Número 2: O combustível suficiente para alimentar um propulsor capaz de colocar o módulo em órbita da missão Apollo 11, procure na internet e veja as imagens do módulo, seria impossível ele ter combustível suficiente pra isso, aqui a mentira é tão grande quanto a do filme Kodak que novamente passa despercebida.
    Número 3 e que mais coloca em obviedade a farsa do pouso na lua em 69: Em 1969, os astronautas conversavam, da Lua, com a NASA, na Terra, em tempo REAL. ESTA TECNOLOGIA NÃO EXISTE ATÉ HOJE. Li faz pouco tempo a simulação de viagem a Marte onde fala sobre o atraso na comunicação “Os organizadores, entretanto, tentaram seguir estritamente as regras de uma viagem espacial, inclusive o atraso de 20 minutos na comunicação”.
    Número 4, o inacreditável: Em 2009, a NASA declara que, para economizar dinheiro, e sem ter cópias das fitas originais, gravou intencionalmente outras imagens e dados de satélites em cima das fitas originais que continham o FATO HISTÓRICO MAIS IMPORTANTE DA HUMANIDADE/NASA em todos os tempos. (Por favor, sem comentários quanto a isso de tão besta que a NASA foi, sem ofensas).
    Número 5, o passado condena: Richard Nixon, envolvido em falcatruas que mancharam a imagem dos Estados Unidos, foi o principal articulador do escandaloso Caso Watergate, o qual culminou em sua renúncia durante o primeiro processo de impeachment estadunidense. Nixon tramou a fraude do homem na Lua para atrair investimentos para os Estados Unidos. Lembramos que a Rússia, naquele tempo antiga URSS já estava mandando astronautas para o espaço, o comunismo estava engolindo o capitalismo, os EUA tinham que fazer algo a respeito, então veio essa jogada de marketing, eles conseguiram o dinheiro que precisavam tornando-se assim uma super potência e impondo seu capitalismo ao mundo todo. Investidores deixaram a URSS pra trás e investiram nos EUA.

    Mais uma vez, tudo é por causa do dinheiro, e o que falei acima é apenas a ponta do iceberg das provas. Lembre-se sempre: Nem tudo é o que parece.

    Thumb up 18
    • 1° Não se sabe ao certo as variações de temperatura da Lua, e a nave era bem aquecida e mentia a câmera (os astronautas e equipamentos) em temperaturas “suportáveis”.

      2°Pense: na Lua quase não tem gravidade, não é necessário uma quantidade grande de combustível pra apenas levar o Modulo Lunar até a nave que estava em orbita da Lua, pra então acoplarem-se.

      3° Caso você não saiba os sinais de rádio viajam a uma velocidade MUITO grande no vácuo, os sinais de rádio das conversas eram enviadas da Lua para um satélite em órbita na Terra, que o enviava para a base na Terra. E não era simultâneo como você disse, tinha um atraso de (se não me engano) 15 segundos. Alem do mais não tem cometas, meteoros nem nada pra interromper os sinais de rádio, já entre Terra e Marte, sim, sem contar a distância… por isso o problema com Marte.

      4° Na minha opinião, foi uma desculpa pra não mostrar as gravações em “HD” ou por precaução de haver algo lá que não foi revelado e que seja visível nesses vídeos, ou que não tinha videos em Alta Qualidade, sempre foram da mesma qualidade das que exibiram e rodam pela internet. Talvez para atrair mais “seguidores” disseram que tinha videos em “HD”…

      5° Em 1950,a URSS com menos tecnologia e investimentos que os EUA conseguiu mandar o Homem para Orbitar o Planeta. Com todo investimento, tecnologia e pessoal envolvido no projeto Apollo, mais de 10 anos depois teriam criado tecnologia para o feito. Eles estavam no meio da Guerra Fria, então não colocariam tudo a perder com uma fraude, e, se foi Fake então porque a URSS, Russia até hoje nunca pronunciou sobre o caso e admitiu a conquista Americana na Lua? E Hoje em dia projetam juntos da Estação Européia a criação de uma Base Lunar e até uma viagem á Marte, se nunca tivessem ido á Lua nem cogitariam a ideia de ir á Marte!!!!

      Thumb up 12
    • Priscila, parece-me que as suas motivações são mais politicas que cientificas. Vou tentar esclarecer alguns pontos no seu texto.
      Relativamente ao primeiro, sou leigo em fotografia ( a minha área de formação é a aeronáutica), mas a 18 de Março de 1965, quando o russo Alexey Leonov abordo da Voskhod 2 executou o primeiro passeio espacial, ele fotografou o evento. Como a Priscila deve saber, as temperaturas no espaço em redor da terra variam (bruscamente) entre os 123ºC com luz directa do sol e -233ºC na sombra. Por isso é que as Apollo aterraram na zona de penumbra (que dura alguns dias) para se protegerem e diminuírem (pouco) esse diferencial térmico.
      O segundo ponto foi respondido Murilo, mas a Lua tem um sexto da gravidade da terra, por isso é que eles dão saltos enormes.
      Sobre as gravações, o mais não faltam são horas de gravações do programa Apollo, o mesmo pergunto sobre as gravações russas? Onde é que elas estão? E foi mentira? não….
      Sobre o 5º é História, a administração Nixon foi de facto menos brilhante, mas os estados unidos não ficaram uma super-potencia com a ida à Lua Priscila, (o seu boom foi depois da 2º guerra mundial) mas com um grande buraco financeiro na NASA. Alguma pergunta esteja à vontade, sobre o que não souber, garantidamente não falarei. Fique bem :-)

      Thumb up 5
    • Copiando e colando os argumentos furados de “A Farsa do Século”…

      Número 1: É verdade que não existe nenhum filme que suporte as variações de temperatura do solo lunar, mas como a câmera não foi largada sobre o solo lunar, o filme nunca foi submetido àquelas temperaturas.

      Número 2: Este é um argumento fraco. A gravidade na Lua é menor, então eles precisavam de um tanque de combustível menor. Além do mais, a parte do Módulo que retornou ao Módulo de Comando também era menor, ou seja, precisaria de menos combustível. Eu daria mais crédito a esta dúvida se ela viesse acompanhada de cálculos, como os do professor Tsiolkovsky, que elaborou a equação dos foguetes.

      Número 3: Havia um atraso nas gravações. Além do mais, o que foi transmitido para o mundo todo estava com um atraso. A imagem da Lua era recebida por radiotelescópios nos EEUU e na Austrália, de lá era transmitido para Houston, onde era convertido para sinal de TV, e então retransmitido para o resto do mundo. Mas o delay era minúsculo, equivalente ao que vemos hoje em noticiários, quando o apresentador conversa com alguém em outro país. Detalhe, delay de 20 minutos (no mínimo) só para comunicações com MARTE.

      Número 4, o inacreditável: Sim, m**** acontecem. Inclusive com a Nasa.

      Número 5, o passado condena: O projeto de ir para a Lua começou bem antes de Richard Nixon, e o governo de Richard Nixon continuou durante mais alguns anos depois do cancelamento das missões espaciais. O caso watergate começa em junho de 1972, seis meses antes da última missão à Lua, e foi até 1974. A guerra do Vietnã começou em 1955 e foi até 1975. Em nenhuma destas situações uma missão lunar, falsa ou verdadeira, ajudaria Nixon.

  4. Não vemos o ‘outro lado da lua’ embora muitos acreditem que ela ‘gire’!

    Thumb up 2
  5. Eu já pensei bastante sobre esta questão da ida do homem a Lua. Eu não consigo acreditar 100% que o homem esteve lá, mas também não posso refutar. Eu coloco um pé na Lua, mas não os dois. Eu já estudei um pouco os dois lados, e vejo que os argumentos da ida do homem a Lua são bem válidos, porem os argumentos contra a ida do homem a Lua levantam muitas questões que nos fazem pensar e colocar o pé atrás. Sendo assim eu fico no meio do muro, mas com uma leve tendência a acreditar que o homem foi a Lua sim, mas não dá para confiar totalmente nesta missão lunar! Tomara que os conspiracionistas estejam errados, pois ir a Lua é um grande feito para o humanidade!

    Thumb up 6
  6. Os astronautas quando foram á lua deixaram lá um espelho. Com um laser disparado da terra dá para refletir nesse espelho e receber o laser refletido de volta.
    Se a NASA conseguiu lá põr um espelho concerteza também conseguia lá pôr algo maior como um homem, né!

    Thumb up 9
    • Não estou duvidando, mas deixar um espelho e levar uma tripulação tem uma diferença bem maior doq vc supõe…

      Thumb up 5
  7. Muito legal a matéria!

    Mais alguns mitos conhecidos e divulgados (e muitas vezes acreditado) sobre o nosso satélite natural:

    *Lobisomem: (Esse tem várias versões)Conta a história de um homem que foi mordido por um lobo em noite de lua cheia, e desde então transforma-se no ser peludo e feroz em todas as noites que a lua apresenta essa face. Já o mito brasileiro diz que o 7º filho homem (de uma sucessão de 6 homens ou 6 mulheres) transformara-se em Lobisomem em todas as noites de Lua Cheia.
    * Mito “Andrógeno”: Para Platão, era uma entidade mediadora entre o Mundo Inteligível (o das ideias) e o Mundo Sensível (o material). No mito das almas gêmeas, ele compara o Sol com o masculino, a Terra com o feminino e a Lua com o bissexual ou o hermafrodita, mediando os dois pólos.
    *São Jorge: Mito genuinamente brasileiro, fruto do sincretismo religioso, que diz que as manchas visíveis sobre a face lunar mostram São Jorge empunhado com a espada e montado em seu cavalo, pronto para atender à quem recorre ao santo em busca de alguma ajuda.
    *Relação com o crescimento dos cabelos(nós mulheres adoramos esse): Esta crendice tem origem nas mitologias dos povos agrícolas, que achavam que o que era bom para as plantas servia para os cabelos. Assim, aparar os fios na lua cheia aumentaria o volume; na minguante, teria o efeito oposto; na lua nova seria ótimo para renovar o visual e, na crescente, ideal para se tornar uma Rapunzel.

    Thumb up 9
  8. Pouso na lua,claro que houve.

    O problema não está se houve pouso ou não.

    O PROBLEMA ESTÁ NO FAMOSO (NOSSO SATÉLITE)

    Nosso !!!!!!!

    Como assim,NOSSO SATÉLITE.

    E eu que nem sabia que tinha-mos propriedades fora deste planeta.

    Mas,ou nada se tinha ou como invasores nos puseram a correr,o que certamente é o correto.
    Somos realmente uma raça de ANÕES.
    Não sou dono da casa onde resido mas………………..

    Como diz Bob Dean,ainda bem que outros nos suportam pois somos uma raça primitiva e ainda por cima fedemos.

    Thumb up 6
  9. Ora Giordano Bruno há 500 anos atrás foi morto por teorizar, maravilhas do universo, que apenas recentemente a ciência e a crença popular provam e aceitam (faltando apenas a confirmaçao das vidas extras-terrenas). Essas conspirações sobre a não ida do homem na lua, nenhum fundamento logico existe – fizerem isso com a vacina da gripe também.Conforme a humanidade vai evoluindo iremos deixando de lado tais argumentos. A Evolução é fisica e moral como tem sido há 4,5 bilhões de anos na terra. Nem sei se vale apenas discutir isso!!! É atrasado demai.s

    Thumb up 6
  10. Temos os videos e a s rochas lol é para rir, se foram ou não a lua não sei, mas que os videos deixam muitas duvidas deixam, a muitas coisas estranhas nos videos e o silencio do primeiro homem que pisou a lua é muito suspeito.

    Thumb up 5
    • Mas é claro que eles foram a lua, cara vc pensa que é tão fácil enganar o planeta inteiro, e ainda mais os russos?? Os russos caras, aff ninguém os engana bro^^.
      Há um silencio sim, mas com algumas evidencias que encontrei, vi que se tratava de supostos discos voadores, que a NASA queria esconder,talvez fosse isso, que gerou essa desconfiança, eu sou cético, mas tinha algo estranho em algumas gravações que ouvi, muito, mas muito estranho mesmo…

      Thumb up 2
  11. Infelizmente, em breve essa reportagem virará uma sonora discussão de conspiração da ida à Lua. Infelizmente.
    Gostei da reportagem, esses mitos sobre nosso satélite são apenas alguns dos muitos que existem e contam a história das interpretações culturais sobre essa que é a rainha das nossas noites ao longo do passado.
    Em algum momento desse mesmo século, a presença humana no sistema solar será corriqueira e a Lua terá um importante papel nisso. No filme Lunar, que vi nessa semana, a Lua desempenha o papel de fonte de energia do futuro, através do Hélio 3, garimpado na superfície lunar. De fato, esse elemento é raríssimo na Terra e abundante na Lua. O filme é legal, mas a vida daquele astronauta na base lunar é nostálgica, mas quantos gostariam…
    Em Perry Rhodan, uma das literaturas de futurâmica espacial mais bem sucedidas, a Lua é a base administrativa da humanidade, em suas cavernas fica um gigantesco super computador, chamado cérebro positrônico. Embora antiga, essa literatura nos apresenta o mais viável método de permanência lunar, as cavernas, onde estamos protegidos das radiações do espaço e dos micro-meteoros.
    Recomendo o filme Lunar, ele ambienta bem a vida na superfície e necessidades como exercícios intensos, máquinas e bases com ótimas arquiteturas e design tanto robusto e sofisticado quanto precisa ser numa base lunar. Ver a Terra no céu do deserto lunar seria único, ela aparece 4 vezes maior e 40 vezes mais brilhante do que a Lua cheia no nosso céu. Mas claro, esse privilégio é para “Lunáticos”. ;)

    Thumb up 16
    • Todas as pessoas são lunáticas… E eu pareço ser uma também. =D

      Thumb up 2
    • No lunaticismo é preciso ter a habilidade de libertar a imaginação. ;)

      Thumb up 3
  12. Se a lua é feita de queijo, quando os ratos bonzinho morrem, vão direto pra lá!!

    Thumb up 27
  13. Buzz Aldrin, Edgar Mitchell entre outros astronautas inclusive afirmaram ter tido alguma experiência nas viagens espaciais à lua, levando-os a crer e admitir em publico a existência de vida inteligente além do nosso planeta… E isso?
    Eu não intendo porque as pessoas acreditam no que forçam a mídia a publicar, e não acreditam no que estes próprios astronautas defendem..
    De certa forma, as pessoas ainda “acreditam” na tal “lua de queijo” e que nós somos os únicos seres inteligentes no universo…

    Thumb up 4
  14. Não sou adepto dessa teoria da conspiração, mas esse argumento de q “Nós temos os vídeos. Nós temos as rochas. Nós temos uma dúzia de astronautas que retornaram orgulhosos” é bem falho!
    Quem produziu os vídeos? Quem atestou a veracidade das rochas? Estes homens q foram lá trabalham pra quem??
    Fica meio forçado levar em conta provas fornecidas apenas pelo acusado…

    Thumb up 15
    • Os vídeos estão aí, cientistas do mundo todo acompanharam as missões lunares em busca de informações sobre o ambiente lunar, e eles saberiam na hora se lhes fosse apresentado um vídeo feito na Terra.

      As amostras são atestadas o tempo todo por cientistas, por que até hoje qualquer cientista pode pedir amostras para qualquer pesquisa que estejam fazendo, basta pedir. Se as amostras recebidas fossem fajutas, seriam descobertas na hora.

      Quanto aos testemunhos, é simples, veja se eles são consistentes. Até hoje nenhum astronauta, nenhum engenheiro, nenhum técnico envolvido no projeto Apollo caiu em contradição, com estórias completamente diferentes sobre o mesmo fato. Se fosse uma fraude, com certeza haveria alguém que contaria uma estória diferente, ou esqueceria detalhes importantes, etc. É assim que se pega mentiroso.

      O curioso é que nenhum dos que afirmam que foi uma fraude jamais conseguiu apresentar uma prova conclusiva da fraude. Nenhum.

    • acho que ninguém pode duvidar que hoje existam viagens espaciais… O que se põe em dúvida é o episódio de “o primeiro homem a pisar na lua”…
      aquele do vídeo, das rochas e das testemunhas…

      Digamos que o governo dos EUA tinha uma forte motivação para inventar uma fraude dessas, o despeito devido ao projeto espacial soviético.

      Juntando que os EUA tinha o motivo, os meios e a história desastrozas das atividades do governo americano, temos a sustentaçõa para uma teoria dessas…

      só estou fomentando a existencia da teoria, não sua validade, até por que não temos acesso as provas…

      Thumb up 3
    • Aqui vão as provas mais simples de que o homem não foi a lua, elas são tão óbvias que permanecem ocultas:
      Número 1: Segundo a NASA, as câmeras utilizadas para tirar as fotografias foram de modelo Hasselblad 500EL munidas de filme Kodak e de um revestimento de prata que foi colocado nas câmeras para deixá-las mais resistentes às variações térmicas, mas creio eu que não o suficiente para suportar as extremas variações de temperatura da Lua. A temperatura na Lua varia tanto, que seria impossível trazer de lá uma única fotografia para ser exibida na Terra. Só para se ter idéia, a temperatura na Lua varia de -153ºC à noite a +107ºC durante o dia, conforme dados obtidos na NASA. Como é que hoje, quatro décadas após este grande sucesso estadunidense, ainda NÃO existe um único filme de máquina fotográfica capaz de suportar sequer a pequenas variações de temperatura.
      Número 2: O combustível suficiente para alimentar um propulsor capaz de colocar o módulo em órbita da missão Apollo 11, procure na internet e veja as imagens do módulo, seria impossível ele ter combustível suficiente pra isso, aqui a mentira é tão grande quanto a do filme Kodak que novamente passa despercebida.
      Número 3 e que mais coloca em obviedade a farsa do pouso na lua em 69: Em 1969, os astronautas conversavam, da Lua, com a NASA, na Terra, em tempo REAL. ESTA TECNOLOGIA NÃO EXISTE ATÉ HOJE. Li faz pouco tempo a simulação de viagem a Marte onde fala sobre o atraso na comunicação “Os organizadores, entretanto, tentaram seguir estritamente as regras de uma viagem espacial, inclusive o atraso de 20 minutos na comunicação”.
      Número 4, o inacreditável: Em 2009, a NASA declara que, para economizar dinheiro, e sem ter cópias das fitas originais, gravou intencionalmente outras imagens e dados de satélites em cima das fitas originais que continham o FATO HISTÓRICO MAIS IMPORTANTE DA HUMANIDADE/NASA em todos os tempos. (Por favor, sem comentários quanto a isso de tão besta que a NASA foi, sem ofensas).
      Número 5, o passado condena: Richard Nixon, envolvido em falcatruas que mancharam a imagem dos Estados Unidos, foi o principal articulador do escandaloso Caso Watergate, o qual culminou em sua renúncia durante o primeiro processo de impeachment estadunidense. Nixon tramou a fraude do homem na Lua para atrair investimentos para os Estados Unidos. Lembramos que a Rússia, naquele tempo antiga URSS já estava mandando astronautas para o espaço, o comunismo estava engolindo o capitalismo, os EUA tinham que fazer algo a respeito, então veio essa jogada de marketing, eles conseguiram o dinheiro que precisavam tornando-se assim uma super potência e impondo seu capitalismo ao mundo todo. Investidores deixaram a URSS pra trás e investiram nos EUA.
      Mais uma vez, tudo é por causa do dinheiro, e o que falei acima é apenas a ponta do iceberg das provas. Lembre-se sempre: Nem tudo é o que parece.

      Thumb up 1

Envie um comentário

Leia o post anterior:
exoplanetas1-405x300
Encontrar vida extraterrestre é apenas um sonho inalcançável?

Já postamos diversos...

Fechar