Auto-exames de mama são ineficazes

Ao menos você já sabe como reduzir seu risco de ter câncer de mama, pois os auto-exames de mama não reduzem as taxas de óbitos causados por câncer de mama e podem ter efeitos prejudiciais ao aumentar a chance de biópsias para condições benignas, sugere uma análise feita com dados de dois grandes estudos.

“Considerando as evidências atualmente disponíveis, a divulgação de auto-exames de mama como único método de detecção não pode ser recomendada”, concluíram os pesquisadores. “Isto é verdade especialmente por haver boa evidência de danos, e também por causa dos custos consideráveis relacionados à detecção geral.”

Os cientistas analisaram dados de exames clínicos feitos com quase 390 mil mulheres na Rússia e em Xangai.

Na última edição da revista científica The Cochrane Library os pesquisadores publicaram o artigo no qual afirmam que as taxas de óbito foram as mesmas para mulheres que haviam ou não feito o auto-exame.

Na Rússia mais cânceres foram encontrados no grupo do auto-exame do que no grupo de controle, mas em Xangai isso não ocorreu.

Em geral foram feitas quase 45% mais biópsias no grupo do auto-exame do que no grupo de controle.

O Instituto Nacional do Câncer (INCA) afirma:

O INCA não estimula o auto-exame das mamas como estratégia isolada de detecção precoce do câncer de mama. A recomendação é que o exame das mamas pela própria mulher faça parte das ações de educação para a saúde que contemplem o conhecimento do próprio corpo.

As evidências científicas sugerem que o auto-exame das mamas não é eficiente para o rastreamento e não contribui para a redução da mortalidade por câncer de mama. Além disso, o auto-exame das mamas traz consigo conseqüências negativas, como aumento do número de biópsias de lesões benignas, falsa sensação de segurança nos exames falsamente negativos e impacto psicológico negativo nos exames falsamente positivos.

Portanto, o exame das mamas realizado pela própria mulher não substitui o exame físico realizado por profissional de saúde (médico ou enfermeiro) qualificado para essa atividade.

Apesar da descoberta sugerir nenhum benefício em termos de sobrevivência para mulheres que fazem auto-exame de mama, os investigadores enfatizam que as mulheres devem ficar atentas em quaisquer mudanças que ocorram nos seios e levá-las ao seu médico. [Reuters, INCA]

Por: Alessandra NogueiraEm: 6.08.2008 | Em Bem-estar, Outras  | Tags: , , ,  
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 3,67 de 5)
Curta no Facebook:

Uma resposta para “Auto-exames de mama são ineficazes”

Deixe uma resposta