Cientistas descobrem a maior e mais forte teia de aranha

Cientistas descobriram que a teia da aranha Darwin Bark é a maior do mundo e seu fio é dez vezes mais resistente do que o Kevlar (uma fibra sintética considerada extremamente forte).

O pesquisador Igni Agnarsson, da Universidade de Porto Rico, descobriu essas teias em 2001 e apenas em 2008 que sua pesquisa sobre elas foi concluída.

A Darwin Bark está longe de ser a maior aranha do mundo (elas medem cerca de 3 centímetros), mas suas teias podem chegar a 25 metros de comprimento com um centro mais forte de 2,8 metros quadrados. Com esse tamanho a teia pode agüentar duas vezes mais pressão do que a teia de aranha normal, o que a torna 10 vezes mais forte que o Kevlar – tornando-se o material biológico mais forte já encontrado.

As teias são encontradas sobre rios, o que sugere que são feitas para capturar uma enorme quantidade de insetos. Suspeita-se que até pequenos pássaros e morcegos consigam ficar presos nessas teias, mas ainda não há evidência de um acontecimento desse tipo. [OddityCentral]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

15 respostas para “Cientistas descobrem a maior e mais forte teia de aranha”

  1. Não só coletes a prova de bala. Também há possibilidade de produção de equipamentos como: bandagens cirúrgicas, ligamentos humanos ou animais artificiais, revestimento de peças aéreas, coletes e vestes refratárias a água, painéis pseudoplásticos, garrafas descartáveis – levando em conta que é um material biodegradável e que sua síntese é igualmente limpa.

    Poderia ser no futuro uma alternativa ao plástico.

  2. putz grila, que povo ignorante, em nenhum momento da matéria foi citada a resistência quanto a impacto. Então porque esse pessoal comenta falanto que pode ser criado um colete a prova de balas com essa teia, a matéria ainda diz:”Suspeita-se que até pequenos pássaros e morcegos consigam ficar presos nessas teias, mas ainda não há evidência de um acontecimento desse tipo”
    Ou seja, a teia não aguenta um impacto maior do que um pequeno pássaro.

    • Eles já estão fazendo isso, mas é uma missão difícil, visto que o biomaterial se “solidifica” em contato com o ar… Sem contar que ele precisa sofrer modificações para o uso comercial; além do custo, claro.

  3. Olha que interessante o que achei na wikipedia;

    As Aranhas produzem teias, que são 5 vezes mais fortes do que o aço no mesmo diâmetro.

    Além disso a teia pode ainda se esticar 4 vezes mais que seu comprimento inicial.

    As teias resistem a água e a temperaturas até -45°C sem se romperem.

    Os filhotes aprendem a fabricar teia sozinhos.

    Os humanos poderiam aproveitar essa “tecnologia” para melhorar nosso dia a dia^^

    Obrigado por ler.

Deixe uma resposta