Córnea feita de colágeno restaura visão em pacientes

Publicado em 29.08.2010

Pesquisadores desenvolveram uma córnea artificial a partir de colágeno moldada à forma e ao tamanho de uma córnea natural do ser humano. Segundo eles, ela parece uma lente de contato.

A diferença é que este “córnea” biossintética estimula as células do próprio indivíduo a crescerem em sua matriz, uma vez que ela é feita de uma substância semelhante à natural.

Assim, pessoas com córneas danificadas tiveram a sua visão restaurada por implantes feitos de colágeno, que depois acabam se fixando no olho do receptor.

Danos na córnea, que resultam em sérios danos na visão, são atualmente tratados ou através da implantação de córneas de um doador humano – que são escassas -, ou através de uma prótese desagradável a vista, que se parece com a lente de uma câmera fotográfica.

A equipe de investigadores inseriu as córneas biossintéticas nos olhos de 10 pessoas com lesões na córnea. Fios de náilon seguram a córnea no seu local, e as pessoas usaram medicamentos imunossupressores durante seis semanas para evitar rejeição.

Após dois anos, a córnea em todos os participantes do estudo foi preenchida com células dos próprios pacientes, que se ancoraram aos olhos. Os nervos também cresceram em todas as córneas, o que é importante para a sobrevivência da célula e para manter a habilidade de piscar.

Seis das pessoas têm agora a sua visão restaurada. Os outros quatro ainda têm um certo embaçamento visual. A equipe pensa que isso seja devido à cicatrização da sutura, feita na parte central da córnea.

A pesquisa tem potencial para revolucionar o campo dos transplantes de córnea. Segundo especialistas, é possível que em cinco anos esse tipo de engenharia de córnea já esteja bem aceita e espalhada pelo mercado mundial. [NewScientist]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

1 comentário

Envie um comentário

Leia o post anterior:
microondas
As 10 maiores invenções acidentais

Descobertas científi...

Fechar