De onde vem o cheiro de livros velhos

Publicado em 11.04.2012

Quando entramos em sebos (lugares onde se vendem livros usados e antigos), sentimos aquele aroma particular de livros envelhecidos pelo tempo. Alguns amam o cheiro e outros o detestam. Mas de onde ele vem?

Os livros são feitos de matéria orgânica, que reage ao calor, à luz, à umidade e aos produtos químicos utilizados na sua produção. O cheiro, portanto, é resultado da reação do material orgânico com esses fatores.

Químicos da University College London, em Londres, no Reino Unido, investigaram o odor de livros velhos e chegaram à conclusão que os papéis de livros mais velhos liberam centenas de substâncias orgânicas voláteis.

Segundo esse grupo de pesquisadores, liderados por Matija Strlic, o cheiro é uma combinação de grama, ácidos, baunilha e mofo.

Os produtos químicos, dos quais os cientistas falam, são encontrados na pasta de madeira e de celulose, das quais o papel é feito, e nas tintas utilizadas no texto e nas ilustrações. Do ponto de vista químico, a principal razão para a decomposição dos livros é a acidez, que é ainda mais forte em livros impressos nos séculos 19 e 20, que se deterioram mais rapidamente.

Mas, ao contrário do que pensa o senso comum, os primeiros livros impressos sobreviveram por mais de 500 anos devido à pureza do papel.

Além disso, livros também podem reagir com materiais externos, como um recorte de jornal, por exemplo, que pode ser deixado dentro do livro, o que causa uma reação do papel do livro com a tinta e o papel ácido barato do jornal.

Mais: os livros podem absorver cheiros fortes do ambiente. Isso é visto com o tabaco e a fumaça. Portanto, a melhor maneira de guardar seus livros é em ambientes secos e frescos, bem longe da luz direta do sol. [AbeBooks]

Autor: Luan Galani

é jornalista. Entusiasta da Teoria-M, é um rato de biblioteca apaixonado pelo que a ciência pode nos proporcionar. Nas horas vagas, é um amante inveterado de música erudita, que pede perdão aos russos por ainda considerar Mozart a grande lenda.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

2 Comentários

  1. O cheiro de livros dos sebos me dão vertigem, passo mal, tenho tonturas,mal estar, enjoo e se eu ñ sair do local e chego a desmaiar, ñ é só c\ livros , c\ armários e vistas nas portas de madeiras,casas velhas e museus tbm.Fiz uns testes descobri q sou alergica a baunilha e a óleos essenciais q as madeira contem,eu ñ sabia o porque de minhas enxaquecas quando tinha contatos c\ livros velhos e moveis antigos, .É só tomar uns comprimidinhos de histamim antes de ir a esses lugares.

    Thumb up 2
  2. Ahh eu amo tanto esse cheiro de livro velho ! Principalmente quando eles tem as páginas amareladas ! Me sinto uma sábia !

    Thumb up 9

Envie um comentário

Leia o post anterior:
xlarge (3)
Fotos da queda do caça F-18 nos EUA

Elas mostram quão so...

Fechar