Elixir da vida: nova droga poderia deter envelhecimento

Publicado em 3.07.2011

O novo elixir da vida tem nome: rapamicina, uma droga apelidada de “para sempre jovem”.

O medicamento foi criado a partir de um produto químico encontrado no solo da Ilha de Páscoa, um dos lugares mais remotos da Terra que fica a 3.220 quilômetros ao largo da costa do Chile.

Os cientistas chegaram a essa droga quando a usaram em experimentos com crianças que sofrem de Síndrome de Hutchinson-Gilford (SHU), também chamada de progeria ou envelhecimento precoce, uma condição genética rara em que o envelhecimento é hiperacelerado e os pacientes morrem de “velhice” em torno dos 12 anos.

A SHU provoca um perigoso processo, pelo qual uma proteína chamada progerina se acumula em cada célula do corpo, levando-as a envelhecer prematuramente. A rapamicina limpa as células da progerina, eliminando os defeitos e deixando as células saudáveis.

Agora, os pesquisadores esperam começar a observar se a droga poderia ser usada mais amplamente, já que semelhanças entre SHU e o processo normal de envelhecimento foram descobertas.

A droga parece ser segura. A rapamicina já é utilizada para suprimir o sistema imunológico em transplantes de órgãos. Dimitri Krainc, um dos coautores do estudo, disse que mesmo uma pequena ativação do sistema (a “remoção de entulhos” que a droga provoca) estenderia a saúde e o tempo de vida de nossas células e órgãos.[Telegraph]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 25 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

28 Comentários

  1. E como fica a nossa tão merecida paz ? Já que ela existe e é como
    uma porção de areia,nos chega aos granulos, é um silêncio profun-
    do e um sono mortal. Será que vale a pena prolongar demais a vida
    nos negando essa paz ???

    Thumb up 0
  2. Imagine como será polêmico este assunto daqui à uma década, quando algumas possibilidades se tornarem fatos… O mundo tem 6,5 bilhões de pessoas, e ninguém elabora um plano mundial de ‘corte’ pra novos nascimentos, as coisas estão simplesmente indo, enquanto alguns países tem pouca gente para sua economia, ainda assim, tem muita gente para os recursos naturais do planeta. O mundo está lotado, pouco tem sido feito, e a economia nem sempre acompanha o desenvolvimento sustentável…. comam, bebam e se desenvolvam tecnologicamente com registros em banco de dados, chips, cartões, notas, créditos… Desenvolvimento sustentável deve regular o capitalismo, a não ser que o capitalismo tenha falhas de natureza, então já não estaria da hora de planejar outro sistema? não um mais defeituoso, um mais sofisticado….

    Thumb up 7
  3. Primeiramente não era a minha intenção publicar 3 ou 4 comentários iguais: mas como não sabia se a minha resposta iria ser publicada por estar muito longa acabei resumindo ela em varias partes… sorry people.

    E confesso estar bastante admirado com a facilidade que este tema esta sendo bem aceito pela maioria dos leitores: esse tipo de assunto costuma a gerar uma certa polemica.

    E fico feliz de encontrar pessoas que compartilham da minha vontade de viver para ver o homem alcançar as estrelas (bom… por sinal o meu nick é justamente por causa disso) e “povoar” o universo com vida…

    … e eu bem que gostaria de poder viver para ver a criação das primeiras colônias espaciais na Lua e em Marte por exemplo, acho que todo o Nerd deve sonhar com isso tambem.

    Obrigado pela atenção.

    Thumb up 8
  4. isso nao seriam nenhum Problema, é so todo País Colocar Ordem no Seu território no que Diz respeito ao nascimento de criança, Só nascer quando for necessário e quando houver morte Por acidente.O mais que temos mesmo e Viver o máximo que poder viver.Sobre aposentadoria séria de acordo a situação da Pessoa, Uma Pessoa incapaz de trabalhar é necessário aposentar,os outros nao teriam necessidade, porqué tendão saúde e juventude está tudo bem.Estou ancioso para chegar esse momento, vamos pra frente e viver feliz .

    Thumb up 2
  5. Na verdade isso não gerará superpopulação. De fato haverá aumento populacional, mas simplesmente a seleção natural se encarregará de eliminar (matar de fome…) aqueles que não conseguirem sustento, assim como ocorre nos dias de hoje na África, por exemplo. Somente os adaptados à vida em sociedade (Classe Media – Ricos) sobreviverão.

    A tendencia é a competição entre espécimes humanos se acirrar cada vez mais.

    Thumb up 4
    • o ser humano esquece que ele é só um Animal que vive mais e pensa um pouco mais que todos
      no fundo , todos estamos incluidos na natureza ;x

      Thumb up 1
  6. uma beleza mesmo… pena que jamais vai ser algo de fácil e largo alcance
    imagino o “pegapacapá” que vai ser a disputa pela grana que isso vai gerar
    a guerra nas internas não é fraca não… é briga de cachorro grande

    Thumb up 2
  7. Cada dia que passa a ciência e tecnologia avança de forma assustadora,e vai continuar assim,pois a mente humana não conhece limites para sua inventividade.Ainda mais quando o interesse é grande e a possibilidade de se ganhar altas somas de dinheiro estão em jogo.Viver muito e com saude,isso é bom demais.o homem tem mais é que parar com o desperdício de recursos e esta falte de união.Vamos focar nas pesquisas do espaço sideral quem sabe não achemos um planêta habitável e agente trasporta metade dos seres terrestes pra lá,resolvendo por enquanto o problema da superpopulação.

    Thumb up 4
  8. cont.

    (Oh yeah sexo só por diversão! Não parece um futuro tão ruim assim xD)

    Em um mundo jovem não haveria a necessidade de aposentadoria, todo o homem e mulher estariam aptos a trabalhar o quanto for preciso. inúmeros estudos hoje mostram que o trabalho (para a infelicidade do nosso amigo Zé carioca) é uma coisa saudável que contribui com a longevidade. Alias até serve como “imposto” pela vida extra que se tem: quer “viver” mais? Então trate de trabalhar para pagar essa “vida”!

    Por fim… ninguém quer morrer: pergunte a um jovem de 21 anos recém saído da faculdade se ele quer morrer e ele dirá que não.

    Pergunte a um homem de 40 anos que esta vendo o nascimento do seu 1° filho se ele quer morrer e ele lhe dirá que não…

    Pergunte a um idoso de 75 anos que esta viajando e curtindo a vida se ele quer morrer e ele tambem lhe respondera que não.

    Thumb up 7
  9. cont.

    (Oh yeah sexo só por diversão! Não parece um futuro tão ruim assim xD)

    Em um mundo jovem não haveria a necessidade de aposentadoria, todo o homem e mulher estariam aptos a trabalhar o quanto for preciso. inúmeros estudos hoje mostram que o trabalho (para a infelicidade do nosso amigo Zé carioca) é uma coisa saudável que contribui com a longevidade. Alias até serve como “imposto” pela vida extra que se tem: quer “viver” mais? Então trate de trabalhar para pagar essa “vida”!

    Por fim… ninguém quer morrer: pergunte a um jovem de 21 anos recém saído da faculdade se ele quer morrer e ele dirá que não.

    Pergunte a um homem de 40 anos que esta vendo o nascimento do seu 1° filho se ele quer morrer e ele lhe dirá que não…

    Pergunte a um idoso de 75 anos que esta viajando e curtindo a vida se ele quer morrer e ele tambem lhe respondera que não.

    Não importa a idade à resposta é sempre a mesma: ninguém quer morrer.

    Então se você pode evitar a morte, viver mais e ter “tempo” para realizar todos os seus sonhos e desejos (ainda acho que 100 anos é muito pouco para tudo que uma pessoa pode fazer)… por que não? *insira um meme aqui*

    OBS: Apesar de ter uma visão ligeiramente diferente da minha a resposta do @Henrique foi uma das que mais gostei! o/

    Thumb up 2
  10. Como havia dito anteriormente o crescente aumento da expectativa vida humana vai exigir algumas mudanças em nossa sociedade, digo isso uma vez que NENHUM governo ou pessoa tem o direito de “estipular” o quanto de tempo uma pessoa pode viver.

    Um rígido controle de natalidade seria o 1° passo mais sensato para essas mudanças, alias medida essa que já deveria ser aplicada nos dias de hoje. Quantas famílias existem por ai que possuem de 5 a 9 filhos sendo que não possuem a capacidade de criar nem mesmo 1?

    (Oh yeah sexo só por diversão! Não parece um futuro tão ruim assim xD)

    Em um mundo jovem não haveria a necessidade de aposentadoria, todo o homem e mulher estariam aptos a trabalhar o quanto for preciso. inúmeros estudos hoje mostram que o trabalho (para a infelicidade do nosso amigo Zé carioca) é uma coisa saudável que contribui com a longevidade. Alias até serve como “imposto” pela vida extra que se tem: quer “viver” mais? Então trate de trabalhar para pagar essa “vida”!

    Thumb up 4
  11. @Elizabeth: Mas as indústrias privadas vão ganhar uma fortuna com esse tipo de produto! Prova disso é que o premio Nobel de medicina e fisiologia de 2009 que é relacionado ao assunto.

    O governo não é bobo: o que ele vai querer é uma boa parte desse suculento bolo, a previdência vai continuar a mesma droga que já é esta.

    Thumb up 2
  12. Os governos vão pagar aos laboratórios para engavetar essa pesquisa, a previdência não poderia pagar a tantos velhos rejuvenescidos.

    Thumb up 2
  13. Como havia dito anteriormente o crescente aumento da expectativa vida humana vai exigir algumas mudanças em nossa sociedade, digo isso uma vez que NENHUM governo ou pessoa tem o direito de “estipular” o quanto de tempo uma pessoa pode viver.

    Um rígido controle de natalidade seria o 1° passo mais sensato para essas mudanças, alias medida essa que já deveria ser aplicada nos dias de hoje. Quantas famílias existem por ai que possuem de 5 a 9 filhos sendo que não possuem a capacidade de criar nem mesmo 1?

    (Oh yeah sexo só por diversão! Não parece um futuro tão ruim assim xD)

    Em um mundo jovem não haveria a necessidade de aposentadoria, todo o homem e mulher estariam aptos a trabalhar o quanto for preciso. inúmeros estudos hoje mostram que o trabalho (para a infelicidade do nosso amigo Zé carioca) é uma coisa saudável que contribui com a longevidade. Alias até serve como “imposto” pela vida extra que se tem: quer “viver” mais? Então trate de trabalhar para pagar essa “vida”!

    Por fim… ninguém quer morrer: pergunte a um jovem de 21 anos recém saído da faculdade se ele quer morrer e ele dirá que não.

    Pergunte a um homem de 40 anos que esta vendo o nascimento do seu 1° filho se ele quer morrer e ele lhe dirá que não…

    Pergunte a um idoso de 75 anos que esta viajando e curtindo a vida se ele quer morrer e ele tambem lhe respondera que não.

    Não importa a idade à resposta é sempre a mesma: ninguém quer morrer.

    Então se você pode evitar a morte, viver mais e ter “tempo” para realizar todos os seus sonhos e desejos (ainda acho que 100 anos é muito pouco para tudo que uma pessoa pode fazer)… por que não? *insira um meme aqui*

    OBS: Apesar de ter uma visão ligeiramente diferente da minha a resposta do @Henrique foi uma das que mais gostei! o/

    Thumb up 1
  14. Gente o artigo diz claramente que isso deixa as células novas por mais tempo. Agora pensem só um pouquinho. Se as células permanecem jovens por mais tempo nós, por consequência, que somos feitos por células permaneceremos jovens por mais tempo ou seja se hoje 70 anos é velho para nós, no futuro será a nova meia-idade. Assim como para os povos antigos 40 anos já era a velhice e hoje nós não achamos quem tem 40 anos uma pessoa velha. Então eu não entendo porque vocês acham que estaremos inválidos se teremos nossas células jovens e com o seu potencial máximo por mais tempo. Isso só quer dizer que nossa vida se estenderá e passaremos a ser considerados velhos mais tarde como por exemplo com uns 140 anos estaremos parecido com alguém de 70.

    Thumb up 2
    • ninguem vai viver eternamente pq o proprio eterno tem fim …

      Thumb up 1
  15. Tá explicado agora o motivo de o governo kerer estender o tempo da aposentadoria… eles já sabiam da rapamicina…… kkkkkkkkkk……

    Qnt custa uma parada dessas aí? já tem no mercado livre?… kkkkkkkkkk

    Thumb up 0
  16. A Rapamicina (também conhecida como Sirolimus ou Rapamune) foi isolada pela primeira vez em 1975, na Ilha de Páscoa, num microorganismo do solo, o Streptomyces higroscopicus. O composto levou o nome de Rapamicina, em homenagem à Rapa Nui, nome nativo da Ilha de Páscoa.

    A substância obtida, além de sua atividade antibiótica e antifúngica, também possui potente propriedade antiproliferativa, imunossupressora e comprovadamente inibidora do ciclo de proliferação celular. fonte: http://www.hemodinamica.com.br/stent/stentrapamicina.htm

    Ou seja, a droga impede a divisão celular. E sabemos que isto é o próprio envelhecimento. Quando célula se divide,o DNA sofre uma perda do tamanho num trechinho chamado telômero, que controla e evita mutações na duplicação do DNA. Depois de um número específico de mitoses para cada tipo de célula, o telômero se esgota e a célula pode sofrer mutações. O sistema imunológico trata de eliminar esta células, mas ele também se deteriora. Impedindo a divisão celular a rapamicina coloca o corpo em “marcha lenta” mas também vai impedir cicatrizações de lesões e diminuir as defesas do organismo. Imagine só: o sujeito toma a rapamicina para viver mais, mas uma gripe vira pneumonia e morre…ou sofre um pequeno corte que não cicatriza, pega infecção que evolui para septicemia (infeção no sangue generalizada) e morre…

    Não me parece um bom negócio. http://www.cdpsi.com.br/blog

    Thumb up 2
  17. E como vão se sustentar estas pessoas longevas? Hoje em dia já se vive até os 70, 80…E sabemos que as previdências estão falidas. A verdade que ninguém aceita é que NASCEMOS PORQUE MORREMOS! Se os seres não morressem ou vivessem muito mais tempo, a vida seria impossível. Estaríamos amontoados uns nas cabeças dos outros, sem morrer, mas sofrendo de privações extremas de água, comida e demais recursos.
    O ser humano é o único que tem consciência da própria morte. O que não aceita, é que temos apenas um período para existir nesta vida. Depois, morremos! E o objetivo é dar lugar para aqueles que nos seguirão. Portanto: Viva, faça e realize! A única forma de experimentar a imortalidade é agora, enquanto perdura.

    Thumb up 11
  18. Não basta viver mais: tem que ter saude. Como ja dito do que adianta ter 150 anos mas preso a uma cadeira de rodas para sempre?

    A “imortalidade” (de não envelhecer) é um passo natural da evolução humana, basta ver o cresce aumento da expectativa de vida das pessoas.
    Se isso vai exigir profundas mudanças na sociedade e na maneira de encarar a vida como um todo, disso não tenho duvidas. Mas o progresso é inevitavel…

    … e eu bem que gostaria de viver uns 200 anos com um corpinho de 22 xD

    Comparado a todas as realizações e possibilidade que uma pessoa pode ter, 100 anos é uma estimativa de vida muito curta.

    Thumb up 17
  19. pra q vive mais tempo nessa merda desse mundo, eh uma porcaria, corrupção, guerra, crime, poluiçao, nao tem soluçao. So eh bom mesmo pra fcia mais tempo com netos e filhos, tipo, 100 anos, dae vai embora.

    Thumb up 1
  20. A vida é uma coisa muito “complexa” mesmo em, digamos injusta?
    sempre há lugar para o mal, como essa doença que envelhece precocemente a pessoa, mas eu pergunto pq não há o outro lado dessa moeda? Parece que tudo conspira contra nossa existência…

    Thumb up 6
  21. rumo a imortalidade?!

    não,más a uma vida mais longa.
    más extenderia também o tempo da boa forma física durante a junventude por mais tempo?pois nao adianta viver mais tempo no leito de uma cama ou cadeira de rodas sem forças pra viver dignamente…

    Thumb up 21

Envie um comentário