Esse homem levou um nível para um avião para provar que a Terra é plana

Mesmo que tenhamos provas infindáveis de que a Terra não é plana há muito tempo, parece que algumas pessoas simplesmente não querem aceitar esse fato.

Um teórico da conspiração do Youtube (sim, aparentemente isso é uma coisa que existe) mostrou que a pseudociência não tem limites: ele levou um nível em um avião, na esperança de convencer as pessoas de que a Terra é plana.

Para “lançar luz” sobre a situação, D Marble filmou sua viagem e a compartilhou com o público, para mostrar a “verdade”.

O “experimento”

O “realista” – como ele próprio se descreve – fez um voo da Carolina do Norte para Seattle, para observar se o piloto mergulharia o nariz do avião para “compensar a curvatura” (nos perdoe o excesso de aspas, mas ele é absolutamente necessário).

O conspiracionista explica: “Eu gravei um time-lapse de 23 minutos e 45 segundos, que por essas medições significa que o avião viajou um pouco mais de 203 milhas [cerca de 326 quilômetros]. De acordo com a matemática da curvatura dada para explicar o modelo de globo, isto deveria ter resultado em uma compensação de 5 milhas (8 km) de curvatura. Como você verá, não houve compensação mensurável de curvatura”.

Cientistas de todo o mundo, esqueçam todas as pesquisas e anos de trabalho duro que vocês tiveram! Vocês estão todos completamente errados, e na verdade D Marble é o único com as respostas certas. Não sei como ninguém pensou em levar um nível para um avião antes! (Se algum inocente levou esse parágrafo a sério, fica o alerta de ironia).

A repercussão

D Marble se tornou viral graças ao seu experimento, mas nem sempre pelas razões que ele estava esperando.

Vamos dar-lhe um ponto pela criatividade, mas zero em ciência (como já era de se esperar de alguém que nega o formato da Terra).

Ele parece ter alguns argumentos válidos, variando da física de ensino médio ao senso comum, mas sua ideia foi simplesmente ruim. Para começar, o nível requer muita quietude para que a bolha dentro dele se alinhe, o que a viagem de avião não pode realmente garantir. O usuário do Twitter @Tom_On_Line foi rápido em lembrar disso: “Notável como o avião ficou 100% nivelado durante a decolagem e pouso, estou começando a questionar se o transporte aéreo existe”.

Mesmo que (teoricamente) o avião tivesse se movido de forma perfeita, a experiência ainda não poderia ter funcionado porque não é assim que a gravidade funciona – toda a premissa de Marble sobre a compensação de curvatura é falha. A gravidade puxa tanto o avião quanto a bolha do nível para baixo.

Por fim, o homem estava viajando em um avião! Conforme bem apontou o usuário do Twitter @mabufo, “Você pensa que ele teria olhado pela janela do avião para a curva do horizonte pelo menos uma vez”.

O cúmulo

É triste, mas histórias como essa realmente resumem perfeitamente a tendência anti-intelectual e anticientífica vista nos EUA e no mundo: um homem usando um avião (desenvolvido através da ciência) e um instrumento (desenvolvido através da ciência) compartilha sua opinião anticientífica em uma plataforma da internet (possível graças a ciência).

E tem gente que acredita, afinal de contas… Por que não? [indy100, Unilad, Zmescience]

9 respostas para “Esse homem levou um nível para um avião para provar que a Terra é plana”

    • Não. A ideia de que a Terra seja plana e que existe uma conspiração para enganar todo mundo, fazendo pensar que é esférica é ridícula por si só, não tem como falar sobre isso sem expor o ridículo desta gente.

    • David, existem diversas formas de demonstrar que a Terra é esférica, os gregos descobriram algumas mais de 2000 anos atrás. Levar um nível para o avião não prova que a Terra é plana ou esférica, o nível sempre vai apontar para o centro da Terra, se o avião estiver voando nivelado, ele segue a curvatura do planeta e você não percebe.

Deixe uma resposta