Gastar dinheiro é como ingerir drogas

Publicado em 25.03.2009

dinheiro na mão

De acordo com cientistas, gastar seu precioso dinheiro, de certa forma, realmente é como usar drogas, já que estimula a sensação de recompensa que as pessoas têm quando estão fazendo alguma atividade que seja “viciante”.

A pesquisa também mostrou que, proporcionalmente, pessoas com salários mais altos gastam uma parte maior do seu dinheiro. Esse comportamento foi descrito por pesquisadores como “ilusão do dinheiro”. No entanto, até agora, há poucas evidências, da parte psicológica, de como isso funciona.

O estudo, coordenado pelo professor da Universidade de Bonn, Amir Falk, contou com a ajuda de 18 voluntários que passaram por uma série de testes que analisaram de que forma seus hábitos de compra variavam de acordo com o salário que eles recebiam dos próprios cientistas.

Eles foram contemplados com dois tipos de salário – um era 50% mais alto do que o outro. No entanto, quando as pessoas que recebiam mais dinheiro, recebiam um catálogo de produtos para comprar, os preços desses produtos também eram 50% maiores do que o do catálogo de quem recebia menos dinheiro.

No mesmo momento em que as pessoas estavam “comprando” os produtos, seus cérebros estavam sendo analisados, para que a atividade no córtex pré-frontal, parte do cérebro associada às recompensas, fosse analisada.

Uma resultado lógico seria a de que os cérebros dos voluntários de ambos os grupos funcionassem da mesma forma. No entanto, os cientistas descobriram que, quando as pessoas recebiam salários maiores e gastavam mais dinheiro, a sensação de recompensa era maior mesmo que, virtualmente, eles estivessem comprando as mesmas coisas que as pessoas que ganhavam menos.

A conclusão de Falk foi que “a ativação do sentimento de recompensa está altamente relacionado com o quanto você ganha – mas foi muito mais alta quando os ganhos e os gastos eram maiores. Isso comprova a hipótese de que a atividade no córtex pré-frontal é relacionada à ‘ilusão do dinheiro’”.

De acordo com Falk, economistas sempre foram céticos em relação à ilusão do dinheiro. Ele espera que uma comprovação científica mude o ponto de vista deles. [Telegraph]

Autor: Sergio de Souza

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

3 Comentários

  1. Mariana
    Refaça na memória a maneira como voce gastou o dinnheiro se possível com provas e documentos e conte toda a verdade. peça ajuda pois isso pode se tornar muito grave. Boa sorte!

    Thumb up 1
  2. tirei dinheiro aos meus pais, pensando que eles não iriam descobrir mas descobriram. nest e momento estão dispostos a ir á minha escola pois pensam que anda alguem a ameaçar-me e a pedir-me dinheiro, pensam em fazer queixa dessa pessoa enquanto que não existe nimguem a faze-lo. o problema é que quando eu disse que havia alguem a ameaçar-me não me apercebi das consequências, não sei como lhes dizer que tudo isso é mentira e que o dinheiro foi apenas para gastar desnecessáriamente… preciso de ajuda ainda hoje…

    Thumb up 0
  3. Um êcstasy fantástico a sensação de poder e imponência que o dinheiro dá e impõe diante de tudo que nós vivemos, é até menos filosófico – é a recompensa do trabalho duro desenvolvido com tanto critério e aplicação!

    Thumb up 0

Envie um comentário

Leia o post anterior:
explosao-atomica-g
Homem foi vítima de duas bombas atômicas

Um japonês de 93 ano...

Fechar