Há mais de 350 milhões de depressivos pelo mundo

Publicado em 10.10.2012

De acordo com um novo relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 350 milhões de pessoas sofrem de depressão no mundo. No decorrer de um ano, 5% da população mundial sofre com a doença.

O chamado “fenômeno global” ocorre com ambos os sexos, em populações pobres e ricas. Nenhuma região está livre da condição.

Segundo o Dr. Shekhar Saxena, diretor do departamento de saúde mental e abuso de substância da OMS, 50% mais mulheres sofrem com os sintomas do que homens. A depressão pós-parto afeta uma em cada cinco mães e uma em cada 10 jovens mães do mundo desenvolvido.

Depressão x suicídio

A ONU alerta que a depressão é muito mais do que apenas “um sentimento triste”. Segundo a organização, um “sentimento de tristeza sustentado por duas semanas ou mais”, que interfere com o “trabalho, escola ou em casa” pode levar ao suicídio.

Depressão e suicídio têm o que os especialistas consideram uma “correlação muito clara”. Claro que nem todo suicida é depressivo. Porém, quase um milhão de pessoas tiram suas vidas a cada ano, e mais da metade delas têm depressão.

“A depressão existe há séculos. A má notícia é que nós não estamos fazendo nada sobre isso”, disse Saxena.

O especialista acredita que a vergonha associada a ter a doença significa que menos de metade das pessoas com depressão recebe os cuidados de que precisa: o número [de pessoas tratadas] caiu para menos de 10% em alguns países.

De acordo com Saxena, os profissionais de saúde precisam se esforçar mais para identificar os sinais de depressão em pessoas que se queixam de outros sintomas, particularmente crianças a partir dos 12 e jovens adultos, que ninguém espera que tenha a doença.

Ele também sugere que uma das melhores formas de tratar a depressão é falar abertamente sobre ela. Remédio não é o único tratamento para a condição. “Não deve ser tomado como certo que depressão significa tomar pílulas”, disse Saxena.

Terapia online

Pesquisadores da Universidade de New South, em Sydney, na Austrália, provaram que pacientes depressivos que participam de um programa online (terapia via internet) têm taxas de recuperação tão eficazes quanto os que participam de terapias presenciais.

A terapia online é baseada em terapias convencionais e acompanhada por profissionais da saúde. Ela pode ser muito interessante por dois motivos: primeiro porque a internet ajuda os pacientes a superarem algumas das barreiras que os impedem de procurar tratamento, como o estigma associado a procurar um psicólogo ou psiquiatra; depois, porque estudos mostram que esse tipo de terapia é mais barata, prática, conveniente, e tem o potencial de democratizar o tratamento contra a depressão em países menos ricos.

Aliás, um novo estudo da mesma equipe de cientistas mostrou que a terapia cognitiva comportamental via internet tem o poder de reduzir dramaticamente não só a depressão, mas também os pensamentos suicidas em pacientes.

Antes do curso online, metade das pessoas que preenchiam os critérios para depressão [pessoas consideradas depressivas] pensava que estaria melhor morta. Quando elas concluíram o curso, metade de todos os pacientes deixou de preencher os critérios para a depressão, e metade das pessoas que antes preferiam estar mortas já não pensavam mais dessa forma.

Apesar disso, muitos países (como o Brasil) ainda não disponibilizam terapias médicas via internet, o que é uma pena, pois muitos passam a vida sem tratamento eficaz para a condição. Estima-se que pelo menos dez milhões de brasileiros ou 18% da população sofram de depressão, mas o número pode ser bem maior, já que muitos nem sabem que têm a doença (e consequentemente não a tratam).[Foto, G1, CM, MedicalXpress]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

12 Comentários

  1. depressao eh para os fracos, que vai adiantar andar se arrastando ai sem comer e dormir,nao importa o que aconteca,a vida eh assim de altos e baixo,o negocio eh levantar a cabeca e viver o maximo.

    Thumb up 0
    • Pediria que não comentasse dessa maneira, pois as forças emocionais e afetivas podem pregar peças a nossa saúde mental.

      Thumb up 7
    • Pelo visto vc. não entendeu nada.
      Se vc. estiver com dor de dente aguda, vc vai poder “viver o máximo” enquanto estiver com essa dor? Com a depressão, é mais ou menos assim, só que muito pior. Não há dentista por perto, não há dente para ser arrancado. Apenas remédios para diminuir a dor. É um espinho cravado lá dentro da alma.

      Vc. tem aids? Acho que não. Imagine a vida de quem tem aids, uma doença que ainda não tem cura! É mais ou menos por aí! A pessoa tem que conviver com um estado de coisas, que não depende só dela.

      Espero que entenda(possa um dia entender).

      Thumb up 1
    • Alexandra Schneider….você tem um direito de comentar…mais não é bem assim não….só quem tem é que sabe…você acha quem tem depressão gostaria de ter…..não desejo para você…Abraços…!!!

      Thumb up 0
  2. a morte é como ser nunca estivesse existido, voltaremos como não estado de antes de nasce; em que não existíamos.

    Thumb up 0
  3. as vezes agente chega a conclusão que a vida não é legal, não é bacana tanta coisa ruim, cheia de pessoas más e mesquinhas.

    Thumb up 6
  4. Cante pra eu dormir
    Cante pra eu dormir
    Eu estou cansado e eu
    Eu quero ir pra cama
    Cante pra eu dormir
    Cante pra eu dormir
    E então me deixe sozinho
    Não tente me acordar de manhã
    Porque eu terei ido
    Não se sinta mal por mim
    Eu quero que você saiba
    Do fundo do meu coração
    Eu ficarei tão feliz em partir
    Cante pra eu dormir
    Cante pra eu dormir
    Eu não quero mais acordar
    Sozinho
    Cante pra mim
    Cante pra mim
    Eu não quero mais
    acordar sozinho
    Não se sinta mal por mim
    Eu quero que você saiba
    Do fundo do meu coração
    Eu realmente quero ir
    Há um outro mundo
    Há um mundo melhor
    Bem, deve haver
    Bem, deve haver
    Adeus

    Thumb up 8
    • Muito bem! Procure força não só externamente como internamente. Muitas felicidades!

      Thumb up 0
    • Por que você é depressivo?

      É algo com o qual você não está contente, como o seu corpo, trabalho, relacionamentos, etc? Você tem baixa auto-estima?

      (Só estou perguntando por curiosidade mesmo, fique a vontade para não responder)

      Thumb up 0
    • Tenha sempre bom ânimo! Se vc pensar que é preciso, ore!

      Thumb up 1

Envie um comentário

Leia o post anterior:
350444788_640
Buraco negro é descoberto na Via Láctea

Flashes de raio-X de...

Fechar