Trabalhar demais duplica chances de depressão

Por , em 29.01.2012

Você trabalha longas horas no dia? Se sim, pense em uma maneira de diminuir a carga de trabalho: um novo estudo mostra que trabalhar demais pode aumentar substancialmente o risco de uma pessoa de tornar deprimida, independentemente do quão estressante é o trabalho.

Um novo estudo acompanhou 2.123 funcionários públicos britânicos durante seis anos, e constatou que as pessoas que trabalham pelo menos 11 horas por dia em escritório tinham cerca de duas vezes mais chances de desenvolver depressão do que os colegas que trabalham sete ou oito horas diárias.

A ligação entre longas jornadas de trabalho e depressão permaneceu a mesma depois dos pesquisadores levaram em conta fatores como a tensão no trabalho, o nível de apoio no local, uso de álcool, tabagismo e doenças físicas crônicas.

Pessoas mais sobrecarregadas no trabalho parecem mais propensas à depressão do que empregados em cargos superiores. A duração da jornada de trabalho não teve um impacto perceptível sobre a saúde mental dos funcionários mais bem pagos e de nível superior, como secretários de gabinete, diretores, líderes de equipe e gestores de políticas. Isso porque eles têm mais controle sobre o trabalho, e muitas vezes têm mais escolhas.

Para quem está em níveis inferiores de trabalho, longas horas de jornada podem contribuir para a depressão de várias maneiras, criando conflitos familiares ou de relacionamentos, por exemplo, ou aumentando os níveis de estresse. Insegurança no emprego e privação de sono também pode ajudar a explicar o aumento do risco de depressão. [CNN, Foto]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

8 comentários

  • deoclecio:

    duvido que na atual circunstância alguém trabalhe demais porque gosta .

  • Grupo de Apoio Viver-gav:

    Esta matéria é muito estranha, vamos analisar?
    Se voce não tem vocação para avestruz que engole tudo que aparece é bom verificar!

    1º parágrafo – Inicia dizendo “o que você deve fazer”, que é diminuir a carga de trabalho(e quem vai pagar suas contas?). Na sequencia usa argumento pífio dizendo que “PODE aumentar SUBSTANCIALMETE o RISCO…Ora, aquilo que PODE, pode ser que sim e pode ser que não. SUBSTANCIALMENTE é indefinido esta mais para insignificante de que para significante. Depois fala em RISCO, também indefinido pode ser risco de 1% ou 99%. Mas, vejam que no inicio afirma que você DEVE pensar em maneira de diminuir…
    Obs: Alguém precisa informar a autora que deprimido não é sinônimo de depressivo.

    2º parágrafo – É razoável, fala de uma média estatística.

    3º parágrafo – Absurdo, se comparado com o conteúdo do 4º parágrafo que diz não haver impacto perceptível sobre a saúde mental dos funcionários BEM PAGOS E DE BOA POSIÇÃO como diretores, gerentes, gestores… que também trabalham mais de 11 por dia.
    Nota-se aqui a incoerência desta matéria, da forma como esta descrita. Se quem tem boa posição e ganha bem não tem depressão, por trabalhar 11 horas ou mais, a autora não sabe o que diz.

    5º paragrafo – Há mais coerência, mas esta distante de algo útil que bem oriente os leitores…
    Para quem está em níveis inferiores de trabalho… (não é obvio?)
    …LONGAS HORAS de jornada podem…( você sabe de algum lugar que tenha horas longas? Será mais de 60 minutos?
    Deve ser longa de tédio; mas o texto fala de tédio?; das horas que não passam?

    QUE É TRABALHO?
    TRABALHO é força motriz, é realização, é vida, é prazer.
    Só existe trabalho onde existe vida. Não há trabalho onde não há vida. Até os parasitas trabalham, quer seja para levar a comida à boca ou para sugar o sangue de alguém.

    QUANDO O TRABALHO PODE FAZER MAL?
    QUANDO o trabalho vira pinga, uma forma de fugir da realidade. Quase toda fuga que não seja uma defesa temporária, faz mal á saúde física e mental.

    QUANDO sou mercenário e me vendo por dinheiro…cai no que nos diz o Dalai lama: Surpreende-me o homem que perde a saúde para juntar dinheiro, e depois, perde o dinheiro para tentar recuperar a saúde…

    QUANDO o ambiente familiar é conflitante e difícil, alguém pode ficar mais tempo no trabalho e chegar na hora de dormir…se certo ou errado quem esta apto a julgar as razões de outro?

    Claro que quem ganha mal e tem que se sujeitar a péssimos ambientes de trabalho é mais sujeito a problemas físicos e psíquicos só com 8 horas de trabalho, sem esquecer das horas de transporte indecente, desumano… com 10 ou 12 horas claro que é muito pior.

    Quem trabalha 15 horas por dia, com alegria, fazendo algo que gosta ou porque sabe que é útil e faz bem às pessoas terá mais saúde do que quem trabalhe 6 horas fazendo o que não deve, que não gosta, que seja desonesto ou não ético e que não pague o suficiente para prover as suas necessidades e de sua família. Há também quem se submeta a trabalho insano e forçado por algum tempo para comprar sua casinha e como o desejo e esperança de conquistar sua casa própria é forte determinação, não será por isso que ele terá depressão.

    Escrevi em 2008, que provavelmente a OMS, Organização Mundial da Saúde, anunciaria em tempo breve que a depressão estaria entre os mais graves problemas de saúde que viessem a existir. Infelizmente minha previsão esta se confirmando.

    A depressão é o sintoma e consequência do falso progresso.

    DEPRESSÃO ESTA LIGADA À DETERIORARIZAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA em todos os sentidos (biopsicosocial).
    Os maiores estudiosos do assunto não sabem dizer se a principal causa é hereditária, biológica ou ambiental(social).

    A matéria aqui em pauta é muito RUIM, mas serve para as pessoas aprenderem a não se impressionarem com falsos conteúdos. Coisa semelhante acontece nas escolas, Rubem Alves conta uma estória interessante, sobre um menino de carne e osso, que vai à escola, e só ganha diploma, quando vira boneco de pau(Pinóquio às avessas).

    Quem quiser fugir da depressão futura, penso que possa ser útil ler os diálogos de Platão onde fala da defesa de Sócrates (apologia) e outros diálogos. Conhece-te a ti mesmo(Sócrates), que tem semelhança com: …conhecereis a verdade e a verdade vos libertará(Jesus)…sem dúvida, se duvido penso, penso logo existo(René Descartes)… Satyagraha, em sânscrito, Satya significa “verdade”. Já agraha quer dizer “firmeza”. Desta forma, Satyagraha é a “firmeza na verdade”, ou “firmeza da verdade”(Gandhi).

    Será que ELES estão errados? Dá para notar que todos ELES desde 400anos AC até 1948 DC(morte de Mahatma Gandhi) falam a mesma coisa?

    Por tudo que já vi e li parece-me que o crescente aumento do uso de drogas, fugas diversas nos diversos tipos de vícios, suicídio crescente, esportes cada vez mais radicais e depressão estão ligados à vida cada vez mais artificial, mais irreal…faz de conta…

    O mal não deixa de existir por ignorá-lo, ser otimista não é sair por ai dizendo: “Tudo Bem!” Ignácio B. M. Iglesias-GAV

    • Mel:

      PQP! Que saco hein??? Cria seu próprio site então já que vc é tão fod… Ou vai agora fazer uma análise do que eu disse? Saco!!

  • Andrearuth:

    Concordo que trabalhar demais lhe impede de como foi citado,ver seus filhos crescerem,se divertir com os amigos com a familia e outras coisas..Mais também acho que tem pessoas com mais predisposição a depressão do que outras,pois conheço pessoas que tem uma jornada de trabalho muito grande e não tem problemas com depressão o que acontece é que elas dão mais valor ao tempo livre dedicando unicamente a si e a familia enquanto tem outros que não trabalha tanto e entram em depressão,mais como só leiga no assunto posso está errada, o que disse foi só minha opinião!

  • Oshida:

    Depende a maioria das pessoas tende a procurar um emprego mais pelo salario do que pelo prazer de fazer o que gosta o mercado induz a isso e a educação dada nas escolas também sempre direciona as profissões para áreas especificas. Trabalhar demais e sempre desgastante, mas se a pessoa gosta do que faz pode muito bem lidar com isso sem desenvolver depressão. E outra questão e que a pesquisa foi feita com funcionários públicos tenho certeza que se fizer essa mesma pesquisa no Brasil o resultado sera igual. Estagiei por longos anos em empresas públicas no pais e quando questionados do pq estão ali a maioria esta somente pela estabilidade financeira e não por que gosta e assim escolheu a maioria não ama o que faz e não esta satisfeito com o salario que inclusive sai do nosso bolso.

  • GUILHERME:

    EM TUDO NA VIDA, DEVE SE TER EQUILIBRIO,ISTO É NEM 8 NEM 80
    NEM TRABALHAR DEMAIS, NEM FICAR Á TOA.

  • Flor de Lis:

    Trabalhar demais nos leva a perder coisas importantíssimas que nunca mais vão voltar; como não ver um filho pronunciar a primeira palavra ou aprender a andar de bicicleta. Não há nada que pague a beleza de um momento como esses.

  • Romário Huebra:

    Trabalhar demais acaba tirando o tempo qe a pessoa teria com amigos, familía ou com a namorada(o), a pessoa deixa de ter tempo para praticar esportes, lazer, isso tudo só aumenta as chances da pessoa ter depressão.

Deixe seu comentário!