Império romano: enorme mosaico romano é descoberto sob fazenda na Turquia

Historiadores descobriram um enorme mosaico romano, que decorava o chão de um complexo de banhos, sob uma fazenda no sul da Turquia. A descoberta revela que a influência do Império Romano no seu auge pode ter sido maior do que o imaginado.

Os pesquisadores acreditam que o mosaico fazia parte de uma piscina de mármore ao ar livre de 7 metros de comprimento, ladeada por pórticos. O mosaico em si tem surpreendentes 149 metros quadrados, o tamanho de uma casa de família modesta. Ele data, provavelmente, do terceiro ou quarto século.

A descoberta

O primeiro indício de que havia algo deslumbrante enterrado no sul da Turquia veio em 2002, quando o professor da Universidade Purdue (EUA) Nick Rauh passou pelo campo recém-arado de um fazendeiro, perto da antiga cidade de Antioquia ad Cragum.

O arado levantou pedaços de telha do mosaico, que chamaram a atenção de Rauh. O professor então consultou outros arqueólogos, incluindo especialistas locais do museu de Alanya, porém, naquele momento, não havia fundos suficientes para escavar o local e aprofundar as descobertas.

No ano passado, com uma nova licença para escavar o site arqueológico em mãos, os arqueólogos do museu convidaram Michael Hoff, da Universidade de Nebraska-Lincoln (EUA), historiador de arte, e sua equipe para completar a escavação.

Como diretor da escavação, Hoff revelou, até agora, cerca de 40% do mosaico. O piso está em condição “primitiva”, e o mosaico é composto de grandes quadrados. Cada quadrado ostenta um design geométrico único sobre um fundo branco.

A equipe vai voltar com estudantes e voluntários para completar as escavações apenas em junho. Em última análise, o plano é construir um abrigo de madeira sobre o mosaico e abri-lo para visitação pública.

Reescrevendo a história

Esse é o maior mosaico romano encontrado no sul da Turquia. Antes, os pesquisadores pensavam que o local era bastante periférico ao Império Romano. Mas a existência do mosaico sugere que Antiochia ad Cragum era muito mais influenciada pelos romanos do que se pensava.

“O mosaico é um elemento romano por excelência artística e mostra o quão romana esta cidade realmente era”, disse Hoff. “Nós sempre pensamos que esta era uma cidade romana periférica, mas está se tornando cada vez mais claro que estava mais do lado romano do que do lado nativo. O mosaico realmente enfatiza a natureza pura romana da cidade e deve responder a uma série de perguntas sobre a interação entre os habitantes indígenas e o Império Romano”, completa.

A cidade de Antioquia ad Cragum, fundada no século primeiro, tem uma série de características romanas, incluindo balneários e mercados. A equipe de Hoff também está escavando um templo romano do terceiro século na cidade, e uma rua com colunatas cheias de lojas.

Em resumo, Antiochia ad Cragum era uma cidade modesta para os padrões romanos, mas equipada com muitos dos enfeites típicos que se espera de uma cidade romana provincial – templos, banhos, mercados e ruas com colunas. Hoff acredita que a cidade prosperou durante o Império com uma economia que se concentrou em produtos agrícolas, especialmente de vinho e madeira.

O Império Romano dominou toda a península itálica, o Mar Mediterrâneo, e sabe-se que conquistou territórios na Grécia, Egito, Macedônia, Gália, Germânia, Trácia, Síria e Palestina. No século III, uma grave crise iniciou a desintegração desse enorme Império, justamente por conta de seu tamanho amplo e diferença de povos sob seu domínio, que impediram que o Estado mantivesse hegemonia político-administrativa em toda a região tomada.[MSN, LiveScience, HAW, SuaPesquisa]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

Uma resposta para “Império romano: enorme mosaico romano é descoberto sob fazenda na Turquia”

Deixe uma resposta