Índia lança 104 satélites em um único foguete

A agência espacial da Índia lançou 104 satélites no espaço em apenas 18 minutos nesta quarta-feira (15). Este número é três vezes maior que o último recorde de satélites lançados de uma única vez. Essa notícia parece confirmar de vez a posição da Índia entre os países com mercado comercial para tecnologia espacial e de comunicação.

O lançamento, que aconteceu na base aeroespatical de Sriharikota, foi de alto risco porque os satélites foram liberados de um único foguete em rápida sucessão, com apenas alguns segundos entre um e outro. Isso significa que eles poderiam entrar em colisão caso fossem ejetados na rota incorreta.

O Veículo de Lançamento de Satélite Polar ejetou um grande satélite para observação terrestre de 714 kg, e 103 nanossatélites que juntos pesam 664 kg. A maioria dos nanossatélites pertencem a outros países como Israel, Suíça, Países Baixos, Emirados Árabes Unidos e Casaquistão. 96 deles pertencem aos EUA, segundo a Organização de Pesquisa Espacial da Índia (ISRO). 88 desses nanossatélites pertencem à Planet Labs, uma empresa privada de São Francisco que vende dados ao governo dos EUA.

Há pouco mais de seis meses, em julho de 2016, a Índia lançou apenas 20 satélites

“Eles passaram meses descobrindo como fazer um adaptador que libera esses pequenos bebês no espaço, um depois do outro. Agora todos estão no espaço”, diz Pallava Bagla, editor de ciência do canal de notícias a cabo NDTV.

A operação de sucesso chama atenção de países de todo o mundo, já que a agência indiana cobra muito menos que seus competidores na Europa e América do Norte. Essa diferença de preço acontece, em parte, porque os cientistas indianos recebem pagamentos muito menores pelo exaustivo trabalho, quando comparado com os Europeus e Estadunidenses.

“Se eles podem enviar 90 deles por US$10 milhões, hipoteticamente, então segundo a Lei de Moore no próximo lançamento eles poderão enviar 120 satélites”, diz o diretor da Society for Policy Studies (Índia), Uday Bhaskar.

O último recorde de lançamento de satélites era da Rússia, que enviou 37 deles para a órbita da Terra em 2014. A Índia comemora o novo recorde com entusiasmo. O presidente, Pranab Mukherjee, chamou o feito de “marco na história de nosso programa espacial”.

A partir de agora a Índia pode entrar em um mercado que movimenta bilhões de dólares em busca de informações sobre o clima, topografia e defesa. [The New York Times]

Confira o momento do lançamento no vídeo abaixo:

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

Deixe seu comentário