A galáxia espiral M106 e seu núcleo estranho

Publicado em 4.03.2015

galáxia espiral M106

O que está acontecendo no centro da galáxia espiral M106?

Um disco de estrelas e gás, a aparência de M106 é dominada pelos seus braços espirais azuis e faixas de poeira vermelhas perto do seu núcleo.

O núcleo brilha intensamente em ondas de rádio e raios-X, e jatos gêmeos foram encontrados por todo o comprimento da galáxia.

Um brilho incomum no centro da M106 acaba a tornando um dos exemplos mais próximos de nós da classe de galáxias Seyfert, um tipo raro de galáxia onde grandes quantidades de gás brilhante “caem” em um buraco negro maciço central.

M106, também designada NGC 4258, está a 23,5 milhões de anos-luz de distância da Terra, se estende por 60 mil anos-luz de diâmetro e pode ser vista com um telescópio pequeno na direção da constelação Cães de Caça (Canes Venatici). [NASA]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Natasha Romanzoti

é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

2 Comentários

    • É mais ou menos isto mesmo. Mas as estrelas não “caem” no buraco, orbitam.

Envie um comentário