Terra pode se chocar com meteoro muito antes do previsto

Publicado em 30.06.2008

Meteoro se chocando com a terra, impacto - HypeScience.com

O maior meteoro a cair na Terra, registrado pela história, faz hoje 100 anos e explodiu com uma capacidade igual a 1.000 bombas atômicas de Hiroshima.

Às 7h17min do dia 30 de junho de 1908 uma imensa explosão ocorreu na floresta do centro da Sibéria. Cerca de 80 milhões de árvores foram derrubadas em uma área de 2 mil km2, próxima ao rio Tunguska. Pessoas à 60 km de distância do epicentro foram atiradas ao chão. Quantas civilizações inteligentes existem na galáxia? 1 milhão

A causa de toda esta devastação foi um asteróide ou cometa, com apenas algumas dezenas de metros de comprimento, que detonou entre 5 e 10km de altura.

Testemunhas lembram a bola de fogo como algo similar a uma “estrela voadora” abrindo caminho através dos céus de junho sem nuvens em um ângulo oblíquo.

O rastro de pó superaquecido da bola de fogo levou a descrições como “coluna de fogo” que foi rapidamente substituída por uma gigantesca nuvem de fumaça negra surgindo no horizonte.

“O céu se dividiu em dois e o fogo apareceu alto e largo sobre a floresta. A divisão no céu cresceu e todo o lado norte estava coberto de fogo”, um habitante local lembra. “Em um momento eu fiquei com tanto calor que não pude agüentar, como se minha camisa estivesse pegando fogo… Eu queria rasgar a minha camisa e jogá-la fora, mas em seguida veio um estrondo do céu. Senti uma pancada forte e fui atirado há alguns metros.”

Essa testemunha teve sorte, mas um caçador que estava muito mais próximo da explosão morreu depois de ser atirado contra uma árvore pela explosão. Mas o deslocamento de ar não fez mais vítimas devido, em grande parte, haver ocorrido em um local remoto.

Meteoro se chocando com a terra, impacto - HypeScience.com
Esta foto, de uma expedição de 1927, mostra a área próxima ao epicentro da explosão

Luz forte

O maior impacto espacial sofrido pela Terra nos tempos modernos serve como lembrete da ameaça contínua, que nosso planeta sofre, de objetos vindos do espaço. Descoberta a misteriosa ‘coluna vertebral’ do universo

Se o “impactante” de Tunguska houvesse explodido sobre cidades como Londres as fatalidades poderiam chegar à casa dos milhões.

Os efeitos de Tunguska não foram limitados à Sibéria. Em Londres foi possível ler jornais e praticar esportes na rua, à meia noite. Isso possivelmente ocorreu por causa do reflexo da luz do sol no pó do rastro da bola de fogo. Continua…

Autor: Cezar Ribas

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo
Leia o post anterior:
family-guy-g
Google vai sindicar seriados originais na internet

O novo método de dis...

Fechar