Multiversos realmente existem

Você já pensou que nosso universo pode ser apenas uma pequena parte de um enorme multiverso? Parece uma idéia de uma série de ficção científica de gosto duvidoso, mas na verdade é uma teoria científica que está ganhando cada vez mais força.

Físicos teóricos (baseados em física quântica e em outros princípios como a teoria das cordas) acham que há vários universos desconectados, chamados de bolhas, formando um todo que eles chamam de multiverso. Uma situação que torna a teoria dos multiversos mais provável é a quantidade de energia escura que o nosso universo tem. Nenhuma outra teoria existente sobre o nosso universo consegue explicar esse fenômeno. Mas se a teoria do multiverso for real essa quantidade de energia não só se torna explicável como é inevitável.

O problema com a teoria do multiverso é que, atualmente, não temos como prová-la – já que estaríamos em um universo completamente separado de outro. Se temos dificuldade em ver um planeta distante, imagine identificar um universo inteiro.

Eu disse que, atualmente, não podemos comprová-la, mas um cientista chamado Raphael Bousso, está tentando resolver esse problema.

Para calcular como encontrar esse multiverso e como medi-lo precisamos investir em probabilidades, tentar “chutar” quais serão as características principais dele (como a quantidade de energia escura que ele teria). Para calcular essas probabilidades é preciso uma medida – uma ferramenta matemática que ajuda na definição dessas probabilidades. Mas encontrar essa medida quando o assunto é o multiverso é muito difícil. Seria como comparar infinitos. “Qual infinito é maior?” – parece uma pergunta sem noção.

Então Bousso resolveu calcular essas probabilidades de acordo com a percepção de um habitante de uma bolha que forma um dos universos do multiverso. Nós, por exemplo.

Nosso universo surgiu do Big Bang, provavelmente um choque entre um universo e outro, e há uma variedade de universos que pode ser produzida dessa forma. Então ele poderia usar esse tipo de probabilidade e calcular a quantidade de energia escura que seria produzida sem, sequer, ver um outro multiverso. E a quantidade de energia foi bem similar ao valor atual, então parece que o negócio funciona.

Mas aplicar isso na prática é outra história. O problema é que pra funcionar mesmo, esses cálculos precisariam da quantidade inicial de vácuo no universo – e isso ainda é um mistério. [NewScientist]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)
Curta no Facebook:

32 respostas para “Multiversos realmente existem”

  1. Bem, na verdade, obras como:
    O Mundo de Sofia;
    Matrix;
    O Cubo;
    MIB Homens de Preto;
    Entre tantos outros, sugerem isso…

    E vejam até em termos religiosos isto é citado ao se afirmar que outras vidas, ou outros seres (depende da religião) regem a nossas vidas.

    Somos marionetes??

  2. assim… acho que esses caras tão fumando um…
    dexa pra la, pode ser.

  3. Se tudo isto for verdade?…é algo que deveria ser aprofundado
    qual a relação entre os buracos negros e estes novos universos?
    Ligação?

  4. Eu acredito que o Universo seja infinito realmente, tanto o micro como o macro….apenas isso, e nada mais!

  5. Para variar, mais pessoas conjecturando acerca de algo que, concretamente, nunca será comprovado. Essas comprovações, digamos, técnicas são herméticas demais, ou seja, apenas um pequeno grupo de pessoas tem acesso. Mas, mesmo assim, tudo não passa de teoria. Prática é outra história.

    Quero ver eles, os tais cientistas, comprovando tudo isso que afirmam para a maioria.

  6. Parabéns a vocês…que se ocupam em colocar noticias relacionadas com as ciências, e quem entende um pouco deste assunto jamais fará criticas.
    Para quem não sabe dar uma opinião coerente e construtiva é mais facil criticar…um abraço aos amigos e aos ignorantes.

  7. Mais um titulo sensacionalista!! Por favor, galera do site, me amarro muito no trabalho de vocês, mas vocês transformam suposições em certezas, cadê a credibilidade?

  8. Claro que são só suposições, mas acredito firmemente que o multiverso de fato existe….

    Ao meu ver, só o Multiverso explicaria as “bizarrices” da mecânica quantica, como o entrelaçamento de particulas e a lei da incerteza. O Multiverso também explicaria porque a gravidade é tão mais fraca que as demais forças da natureza…

    As dimensões extras do multiverso, ao meu ver seriam a chave para a tão sonhada unificação da mecanica quantica com a relatividade… por isso acho que se a teoria das cordas, ou teoria M se não é a teoria definitiva, pelo menos está no caminho certo…

  9. Hypescience sempre se superando na corrente do senso-comum.
    Alguém conhece outro site sobre ciências ai?

  10. “Não entendo porque as pessoas são tão adversas a idéias revolucionárias”

    Multiverso nunca foi uma idéia revolucionária. É um clichê cinematográfico que faz a alegria dos fãs da ficção científica espacial, mas para quem conhece a definição de universo como “tudo o que existe”, percebe logo que está se tentando forçar um conceito para não ter de admitir a possibilidade de que pode simplesmente não haver causa para tudo.

    Como surgiu o universo? Da colisão de universos do multiverso. Ah, legal. Como surgiu o Multiverso?

    E assim vamos, empurrando o problema da origem de tudo para outros níveis.

  11. ùnica coisa intrigante é que ,se não é da ( Oxford) é da ( Harvard).
    Será que pensam que somos imbecís?
    Vou contar uma então, O Eisten não passou no Colegial na Alemanha onde era um parasita.Fugiu para a SUISSA porque não tinha diploma, não entendeu até o fim da vida a fórmula da aceleração,pois , E=MC2 é e sempre foi do NEWTON>
    As Universidades Americanas nunca provaram nada do dizem, fala uma aí!!!!
    A fórmula Quantica e Partículas velozes sempre foi do campineiro e pesquisador Cesar Lates,portanto Eisten está fora.
    Eisten calculou o detonador da bomba de Hidrogênio que era Alemã e estava prota. Fim de papo.

  12. A teoria é intrigante, antigamente eu ouvia falar de anti-matéria, e me perguntava se tudo é matéria de onde isso vem?

  13. Bem, li as matérias e independente de pontuações, sinais gráficos e outros símbolos criados por especialistas, – estes de uma matéria e só – ” limitados tradicionalistas presos em seu próprio EGO”, possam vir aqui tentar influenciar o conceito final de uma nova idéia sendo que ela ainda ñ foi comprovada em sua própria totalidade total. Hei de ver uma nova ciência que derrube de vez os tradicionalismos que tanto atravancam a evolução do SER. Conceitos e símbolos, não representam definitivamente a verdadeira expressão da essência do conhecimento que aflora em algumas mentes humanas (DOM). Nenhuma regra escrita por um homem, pode virar conceito e ser levada como lei a outros homens ser tem sido entendida observada e testemunhada por todos os outros. Estudem e compreendam, depois comentem, críticas só as que possam nos ajudar.

  14. Gostei mto da matéria!

    Já ouvi falar sobre multiverso e até debati o assunto com um amigo, essa teoria é bastante recente e pode revelar horizontes antes nunca imaginados…

    Acredito sim nessa teoria, pq antes, acreditava-se q o Sol era o centro do Universo, dps que existiam outras galáxias, e mesmo os planetas do Sistema Solar n foram descobertos do dia pra noite. Quem disse q esses descobertas reveladoras n estejam acontecendo dnovo?

    Nós n sabemos onde a criação tem fim… O que o Campos comentou logo acima está de concordância com oq penso, Somos relativamente ignorantes e com certeza n entenderemos a vasta maravilha da criação.

    A palavra ‘universo” é apenas uma terminologia de épocas onde sabíamos mto pouco sobre o cosmo, agora sabemos que o Universo pode fazer parte uma estrutura mto maior.

  15. O título deveria ter um “?” e um “UNI” em multiUNIverso

  16. Não entendo porque as pessoas são tão adversas à ideias revolucionárias.

  17. VCS NAO CHEGARAM A PENSAR QUE A PESSOA QUE FEZ A MATERIA,SIMPLISMENTE ESQUECEU UM PONTO DE INTERROGACAO NO FINAL???

  18. É.A Física Quântica é a mãe de todas as teorias mesmo…É o lugar onde todas as possibilidades são possíveis,desde viagens no tempo a dimenssões espirituais.

    Se a teoria dos multiversos for provada,muitos conceitos e teorias sobre o nosso universo cairão por terra.Até mesmo o termo universo ou o todo absoluto, perderá o sentido.Seria como um espelho em frente ao outro com ambos refletindo reflexos infinitos um do outro.
    Daí passaríamos a considerar que existão outros “eus” iguais a nós,isso mesmo,vivendo em outro universo com uma vida totalmente diferente da nossa,como mostra o filme O Confronto.
    Ou ainda a possibilidade de dimenssões paralelas ou associadas a nossa,complexo…Complexo não,assustador!!!o.0

  19. O título do artigo é muita má fé! Como se pode afirmar que existe multiverso se isso é somente uma teoria para qual não há meios para prova ou validação e que qualquer tentativa de prova requer um trabalho de adivinhação e chute?
    Não conhecemos nosso universo, como podemos ter a pretenção de falar de coisas FORA DO UNIVERSO?

  20. O que me parece é que somos limitados pelos nossos sentidos , contruimos cidades grandes , casas confortaveis , carros coloridos , roupas macias , temos padrões de comportamento e tudo o que vai alem do que não possamos ver , tocar , ouvir …. nos é estranho , á medida que desenvolvemos instrumentos que ampliam estes sentidos vamos nos deparar com situações para as quais “ainda ” não temos explicações , vide a historia da atronomia de Galileu Galilei até os dias atuais

  21. O significado original de universo é o todo de tudo o que existe. E significado original de átomo é indivisível. Da mesma forma que o nome átomo foi dado a algo que não é indivisível, o nome universo está sendo empregado em algo que não é o todo. O que chamam atualmente por universo é na verdade um Volume de Hubble. E o melhor candidato para o verdadeiro átomo é o Comprimento de Planck.

  22. Bruno Juncklaus [email protected] disse:

    Meldelz (isso não é o seu nome eu sei.)

    Isso se chama PUBLICIDADE 😉

  23. É…e átomo significa indivisível.

    Os conceitos mudam, os nomes não.
    Os universos vazem parte do multiverso, pela teoria

  24. Universo significa o todo portano único…é divisível, fracionável, mas implica que qualquer coisa citada faça parte dele…esses “multiversos” seriam parte do Universo…

  25. E irrelevante mas concordo o titulo no final deveria ter um ? mas a materia e muito interessante, realmente nao conhecemos quase nada do universo e essa historia de multiversos realmente e muito legal xD

  26. Cara chato, este título é apenas o chamativo para o texto.
    Matéria legal e título condizente, pois o que era apenas ficção passa a ser uma possibilidade, por menor que seja.

  27. Multiverso pode até existir, mas é impossível imaginar qualquer coisa a este respeito. Parece que tudo é uma questão de factal de bolinhas girando. Um planeta com seus satélites é semelhante a um sistema planetário que é semelhante a uma galáxia, que por sua vez é semelhante ao universo e pode perfeitamente ser semelhante ao multiverso e se for assim, pode seguir em frente, com um megaverso. Há um problema aí na criação do universo. O texto diz que o big bang se originou de um choque entre um universo e outro. Isto eu discordo inteiramente. Se é difícil explicar o surgimento de um universo, imagine dois universos se chocando para originar um terceiro. Caímos na mesmice de sempre: como tudo começou?
    Teorias existem muitas até provadas matematicamente, mas a verdade é que nenhuma delas foi aceita até hoje.
    Precisamos urgentemente de outras teorias mais lógicas, afim de desvendar muitos mistérios do universo.

  28. Como podem colocar como título dessa notícia “Multiversos realmente existem” se, como vocês mesmo disseram na propria reportagem, é um “teoria científica que está ganhando cada vez mais força.”? E todos os outros argumentos se passam de suposições. Penso que essa notícia foi enganosa.