Não se fazem mais homens como antigamente

Publicado em 1.06.2011

Se você acredita que “não se fazem mais homens como antigamente”, saiba que existe mais gente que pensa, principalmente executivos da TV dos Estados Unidos. Afinal, os homens se tornaram “menos homens” com o passar do tempo?

Uma grande variedade de programas recém-anunciados para estrear este mês nos EUA discute o crescimento do “homem-fracote”, que tem necessidade urgente de “redescobrir a sua masculinidade”. Exemplos não faltam.

“Como Ser um Cavalheiro” mostra um escritor metrossexual que contrata um especialista para “des-desmunhecá-lo”. Em “Último Homem em Pé”, Tim Allen interpreta um executivo de empresa de artigos esportivos cercado por homens afeminados. “Man Up” conta a história de um grupo de amigos homens preocupados por terem perdido o contato com seus guerreiros interiores.

E finalmente em “Work It” dois caras se vestem de drag queen para arranjar emprego como representantes farmacêuticos (de que forma ser drag ajuda nesse caso, só assistindo o programa). Depois de tantos atentados à sua masculinidade, sua contagem de espermatozoides já deve até estar menor.

Independente se você vai efetivamente assistir esses atentados à masculinidade, o fato é que o assunto está em voga novamente. O que é interessante sobre a tendência é que, em muitos aspectos, uma das razões pelas quais continuamos a ouvir sobre a “crise da masculinidade” é porque ele estão sendo ameaçados pelo avanço das mulheres.

Esta mentalidade ignora completamente a possibilidade de que elas ganham espaço e poder na sociedade enquanto eles mantêm o status anterior. Parece que os gêneros estão em uma balança: se um está em cima, o outro necessariamente precisa ir para baixo.

Outro ponto a ser levado em consideração é se os programas de TV realmente refletem a sociedade. Faça um teste: quantas vezes você já ouviu um grupo de homens dizer que está seriamente preocupado em perder contato com seu “guerreiro interior”? O conteúdo dessas novas atrações parece um pouco demais.

Em “Último Homem em Pé”, Tim Allen dá um showzinho: “O que aconteceu com os homens!? Nós costumávamos construir cidades apenas para que pudéssemos acabar com elas!”. A esposa de um dos personagens de “Man Up” também alfineta: “Seu avô lutou na Segunda Guerra Mundial, seu pai lutou no Vietnã, mas você joga vídeo game e usa sabonete líquido de romã”.

Um artigo de 2008 da revista “Feministe” comenta o assunto usando como exemplo as observações feitas pelo pastor Ken Hutcherson: “Deus odeia os homens suaves e afeminados”. Também disse: “Se eu estivesse em uma farmácia e um cara segurasse a porta para mim, eu iria arrancar-lhe o braço e usar o membro para bater nele”.

O artigo prossegue: “Como o esperado, Hutcherson depois se defendeu dizendo que era uma piada. Há algo de muito, muito errado com a masculinidade como premissa para a violência. E há algo de muito, muito errado com uma masculinidade que vê a feminilidade como forma insultuosa, contra a qual os homens devem reagir com indignação completa se alguém os trata como uma ‘mulher’, segurando a porta”.

A ideia de que os homens que possuem traços femininos – embora pareça que nem mesmo esses programas de TV sabem ao certo quais são essas características (além de não lutar em uma guerra) – são considerados seres repulsivos e inúteis é uma noção muito perigosa.

Vivemos um período de aumento da conscientização dos papéis de gênero, bem como de maior atenção à forma como ele é prejudicial para ambas as partes. No entanto, o fato de que a televisão nos mostra um tipo particular de masculinidade que coloca o foco na dominação e submissão pode ser desconcertante.[Jezebel]

Autor: Bruno Calzavara

Bruno Calzavara é recém-formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e está de volta à equipe do Hype após dois anos. Adora todos os esportes, exceto futebol. Gosta de chocolate e de sorvete, mas não de sorvete de chocolate.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

62 Comentários

  1. Os homens se tornaram folgados, não sabem cozinhar, não lavam , não ajudam em casa ,não são mais homens como antigamente, nem provem uma casa, hoje a mulher que tem que pagar as contas, fazer tudo em casa e ainda estar disposta para namorar, agora pergunto ?
    Há ânimo para tudo isso ?????
    Xô homarada frágil e folgada !

    Thumb up 4
  2. Porque nós nos preocupamos tanto com a vida dos outros.
    Deixem essa p#@%a de sociedade se f@#!r do jeito que quiser!

    Thumb up 1
  3. CONCORDO COM O BIG BANG SOU GAY E TENHO ALMA MASCULINA LAVO CABELO COM SABONETE E DETESTO VIADAGEM DE GRIFE MARCA E PUTICE DO GENERO SOMOS HOMENS E MORREREMOS HOMENS MAIS SEM FRESCURA E VIVA A DIVERSIDADE!!!

    Thumb up 6
  4. realmente, não os homems mas os jovens de hoje parece uns palermas, o próprio comportamento os denunciam falam ou fazem coisa com coisa.

    Thumb up 4
  5. Não existe essa coisa de ser masculino ou feminino. Existem padrões de comportamento impostos. É isso que confunde as pessoas.

    Thumb up 5
    • Pedro, falou exatamente o que eu vim dizer.
      Taí a única opinião lúcida sobre o assunto.

      Thumb up 3
  6. Homem não deve ser muito “frufru”, mas engana-se quem acha que macho que é macho deve ser mal-educado e relaxado.

    Thumb up 15
  7. Bom mesmo é o cara que trata você com delicadeza-
    sem que ele seja “delicado”. Precisa ser limpo e,
    vestido com uma boa camisa e jeans, tá jóia.

    Thumb up 12
  8. Olha, como bom são paulino,(mas prefiro dar!) eu sou muito vaidosa, quer dizer, vaidoso. Faço as sombrançelhas, me depilo toda semana por qustão de higiene. Não sei pq, mas acho os perfumes femininos mais gosotosos. Ah, e comprei umas lentes azuis chiques. Em mim q sou mulato, ficam lindérrimas!
    Viva o São Paulo. Raí, vc foi o melhor jogador de todos os tempos!
    Obs. Pq vcs chamam nós são paulinos de bambis? Eu hein…

    Thumb up 6
  9. eu abro a porta do carro, mas se a mulher for interessante senão vai no porta malas e olhe lá..

    Thumb up 8
  10. vi muitos comentarios de mulheres falando que homem tem que ser sensivel mas não demais, tem que ser seguro, tem que ser vaidoso, mas não demais.
    enfim, mulheres dizem gostar de homens machos, mas uma questão que deixa essa idéia em xeque: porque as mulheres, em sua grande maioria, tem tendencias enormes de desejarem os homens gays?

    Thumb up 6
    • hehehe, Victor.

      Gay, é uma forma que elas têm de ter o “melhor” de dois mundos. Ter amigo para escutar suas lamúrias (sem a preocupação da concorrência) e, ao mesmo tempo, alguém para “entender” sobre o universo masculino.

      Victor, roda pela internet, há um trabalho muito bem fundamentado que faz uma análise sobre aquele universo.

      Thumb up 5
  11. O problema é a referência.

    As pessoas de hoje não sabem mais o que seguir… Fato. Antigamente, ou você ia para guerra ou não era homem. Hoje, tem tantas opções, que em meio a esse mar de escolhas (metro, homo, hetero, bi, etc etc) as pessoas ficam perdidas.

    Educação e gentileza são valores necessários para qualquer homem. Assim como a coragem, autoconfiança e a capacidade de “sair e fazer”.

    GARANTO que as mulheres gostam de homens autoconfiante e vaidosos (sem exageros, é claro).

    Os gays não são melhores que os heteros, isso foi um puta comentário babaca. Acontece que os heteros ficam presos em estereotipos de “masculinidade” e personalidade, por isso, acabam sendo mais limitados.

    O pior modo de acabar com o preconceito é justamente ser preconceituoso.

    Eu acho que falta a ALGUNS, que fique claro, ALGUNS homens de hoje um pouco de macheza, mas no sentido de pararem de esperar algo da vida, e ir a luta, superando seus medos e suas carências… E com isso, conquistando muitas mulheres (ou gays, caso seja), no processo.

    O homem tem que saber ser homem. E isso se resume a não ser babaca e ter um pouco de senso de “dever” e não de “querer”, isso os torna mimados, e por consequência… Fragéis. Simples assim.

    Thumb up 5
    • “O pior modo de acabar com o preconceito é justamente ser preconceituoso. ”
      Idéia prematura, frase muito infeliz!

      Thumb up 0
  12. …Até onde sabemos,mulher gosta de homens,desde que sejam carinhosos e compreensíveis,é o único jeito de se completarem,homens são másculos e virís na sua essencia,usar perfumes e cremes não disvirtua o homem,pelo contrário,valoriza:Mulher nenhuma gosta de homem mau cheiroso,grosseiro e incompreensível.BOIOLAS,VIADOS,GAYS OU SEI LÁ O QUE,é opção individual,eu respeito a “PESSOA’,não a pratica,e é por isso que HOMENS estão em extinção,não se fazem homens como há algum tempo atrás,realmente…

    Thumb up 2
  13. Tudo isso é uma consequência do preconceito
    já foi provado que os gays, tem melhor qualidade de vida, melhores empregos, mais chances de entrarem em universidades, relacionamentos gays são mais duradouros, são GRANDES consumidores do universo pop, grifes…
    Talvez tudo isso seja uma forma de dizer, que somos melhores que vocês.

    Thumb up 14
    • gays e homens seguros de si. a maioria dos gays são extremamente seguros, e geralmente pessoas com esse traço de segurança se dão bem em qualquer lugar, tem menso problemas psicologicos e confiam mais nas pessoas que as cercam

      Thumb up 9
    • sua biba exibida(como diria o Christian pior), vai virar purpurina quando morrer, e ainda fica achando que é melhor do que os outros, viva a sua vida e deixa a dos heteros em paz.

      e você ainda é uma biba que não saiu do armário, pois nem colocar o seu nome no seu comentário teve coragem.

      OBS: E não venha em uma balada procurar alguém hetero para satisfazer suas bizarrices, se não poderemos ser grossos e ainda bater em alguns mais atrevidos(as).

      Thumb up 4
    • Mas é dos mais grossos q eles gostam, eheheheheh…

      Thumb up 1
    • Meu nome é Daniel, tenho 17 anos nasci no japão mas atualmente moro nos EUA/NY, mas alguma duvida?
      e sou assumido dez de sempre.
      Enquanto a você Carlos, oque pode dizer sobre você?
      você é dono de uma barraca de burritos? ou é escravizado pela mão de obra barata?
      xoxo -D

      Thumb up 11
  14. EU NAO PENSO ASSIM,SOU MUITO MACHO E NEM POR ISSO DEIXO DE USAR CALCINHAS DE RENDA E PASSAR MEUS CREMINHOS ANTES DE DORMIR SAIO COM MEUS AMIGOS E ADORO FILMES ROMANTICOS

    Thumb up 14
    • São Paulino querendo se disfarçar de Corintiano??

      já não basta os políticos se disfarçarem de bonzinhos??

      Thumb up 5
  15. Existe uma certa onda mundial para feminilizar os homens. Talvez seja interesses das feministas que isso ocorra. Homens mais frágeis e sensíveis seria mais fácil dominar. Homens assim são menos ambiciosos e menos competitivos. Ao contrário está ocorrendo uma masculização das mulheres, vejam como eles estão invadindo os locais de trabalho, cargos altos, etc. Vejam como elas estão ficando agressivas, sem sentimentos e calculistas. Estão ficando igual homens.

    Thumb up 5
  16. Ai meu Deus, não sei se concordo com isso :/
    O Homem, ou é homem, ou é gay, ou é bi sei lá, não existe isso de ‘emboiolados’ como o Jovis… disse. Acho fofo homens vaidosos, acho que todo homem precisa de vaidade, claro que se é vaidoso de mais dá para desconfiar, mas não concordo. Concordo só que eles mudaram, antes homem tinha quer ser mais autoritário, macho mesmo, e hoje nem tanto, as pessoas que exigem essas coisas dos homens. (nemeunãoentendioqueescrevimastenteiné..)

    Thumb up 4
    • em parte concordocontigo arieta, ams é que na real na real a maioria das mulheres não sabe o tipo de homem que quer. como dizem, não dá pra agradar gregos e troianos

      Thumb up 1
  17. Acho que esta informacao esta bem destorcida,moro em um pais super desenvolvido e onde a maioria dos homems tem uma grande estatura e sao possivelmente fortes,gentis e masculo e nao sentem vergonha de assumir a metrosexualidade .A oferta de produtos de beleza masculina aqui e tao vasta e tem uma variedade imensa variedade coisas(cremes,,locoes etc)que no Brasil por exemplo iriam achar que as companias que produzem isto estariam blefando.Acho que a sociedade mudou e se deselvolveu bastante nos ultimos 20 anos o fato de que o homems esta ficando mais “delicado” nada mas e do que o destanciamento do carverna de onde saiu!Pena que ainda tem aqueles que sismam de ainda arrastar uma mulher pelo cabelo e carregar um bastao nas costas!!!
    joseph(Inglaterra)

    Thumb up 22
  18. Super dispensável o seu texto! Preconceito puro! Não sei que tipo de jornalismo que você está fazendo aí não! Misturando opinião preconceituosa com informação! Você deve ser reprimido sexualmente, isso sim! Vergonha por você! Matéria lixo!

    Thumb up 11
    • Giulia, sua resposta é que é dispensável, se quer criticar algo, que seja o texto, pare de atacar quem o escreveu, argumente com fatos e pontos de vista, não com xingamentos a terceiros, esse tipo de discurso é típico do “feminismo”, o que temos hoje é homens sendo desvalorizados por todos (dêem uma olhada na propaganda da BOMBRIL pra ver um exemplo), mulheres dissimuladas confundindo homens sinceros, que são forçados a buscar alternativas, ou viram os “amiguxos” que vcs dizem adorar mas na verdade desprezam, e que normalmente são esses os mais afeminados (tirando os que já são de nascença, infelizmente essa “praga” existe),vcs só os querem pra usar como bengala emocional, ou então o camarada vira cafajeste, pegador, pq é disso que mulher gosta, e não adianta negar, assim como homem gosta de mulher gostosa (não nego isso), mulher gosta de homem que a manipule e a domine (lê-se: saiba lidar com ela de maneira que não se deixe ser manipulado, tenha auto controle e saiba como guiar a relação, e pro azar delas, normalmente quem sabe agir assim são os cafajestes (por ter vivencia e mais experiencia com as mulheres), por isso elas afirmam que só exista homem assim, mas a verdade é que elas só enxergam os homens que agem dessa maneira), mesmo com o discurso que não. toda mulher, não lésbica, mesmo com o discurso de livre, poderosa, quer um homem com status e poder (não apenas físico) maior que o seu, se o cara não for, vcs desprezam, no máximo tem pra amigo, mas pra uma relação (romântica, sexual) sem change. Outro ponto que deve ser posto em foco é que antes de ser homem ou mulher, todos somos humanos, ninguém nasce sabendo de tudo, e o processo de se auto conhecer é algo complexo e que mesmo os mais “machos” demoram pra realizar, e isso também vale para as mulheres, muitas se dizem evoluídas, independentes, mas depois dos 25 anos, quando seu valor de mercado começa a cair, isso mesmo valor de mercado (barganha), já que o auge de uma mulher pra um homem não passa dos 25, isso claro em proporção a idade do homem, mas homem prefere e sempre vai preferir mulheres jovens, e não é uma cirurgia ou anos de academia que vai te deixar competitiva com a nova ninfetinha que chegou na área,homem só pega mulher mais velha se cansou de comer ninfetinha e precisa de algo com mais “conteúdo” ou porque nao tem como pegar nada melhor, mas não se enganem, assim que ele ficar mais velho ou tiver os recursos necessários, ele vai voltar para as ninfetas, e é nesse momento que as mulheres começam a se descobrir, ou pelo menos usar essa desculpa pra não ficar encalhadas, vem a falácia do “poxa, só namorei com cafa, queria ter encontrado um ‘homem’ assim quando era mais jovem” (lê-se: sou rodada, to ficando velha, e preciso de um homem, qualquer um server, vc foi o melhorzinho que eu consegui entao vai vc mesmo, apesar de anos atras eu ter te esnobado por vc ser “nerd”,”inseguro”, “sem pegada” e etc), e não adianta falar que é solteiro(a) por opção, realmente há quem prefere assim, mas isso é algo que não é natural e com o passar dos anos, isso se torna insuportável para ambos os gêneros. Não sou porco, mas não sou afeminado, tomo meus banhos, pratico higiene pessoal, desodorante, roupa limpa, loção pós-barba, e pra um encontro uso um perfume (mulher não gosta de homem fedido), nada de mal nisso, o que não pode é o exagero. mulher gosta de homem seguro de si!! E isso não se consegue na academia ou com as roupas da nova coleção de algum afeminado europeu, dando “porrada” ou qualquer outra falácia que o pessoal toma como verdade a ver um enlatado americano, isso vem do caráter e da vivencia. Outro problema é a criação das crianças da geração passada e da nova, meninos são compelidos a acreditar que meninas são seres puros, que não fazem o mal, devem ser protegidas, e as meninas, ensinadas na arte da manipulação, dissimulação, e que tudo q precisa é da nova “roupa” ou “maquilagem” pra ser poderosa e ter o que quiser. Não me admira a juventude de hoje estar no estado que está.

      Abraços…

      Thumb up 12
    • foi a coisa mais ridícula que já tive que ler nos meus 17 anos de vida.

      Thumb up 3
    • Ola, “-D”, tem como explicar o seu ponto de vista?? estou aberto a outras opniões, nao sou dono da verdade, mas fica complicado discutir um assunto sem argumentos, no aguardo…

      Thumb up 0
    • embora o hype não de suporte pra comentarios comm uma estruturamais agradável, quem tiver paciencia de ler não vai se arrepender.
      Simplesmente dissestes tudo.
      não tem nem como acrescentar algo, não falta nada, é bem a verdade. exceto em um fator:

      realmente, por mais incrivel que pareçla, existem meninar que (na sua grande maioria são inseguras de si e do que querem) gostam de caras com sensibilidadem e com mais pegada apenas nas horas quentes, ja conheci meninas super safadinhas e outras que já eram bem mais retraidas.

      entretanto uma coisa é verdade: segurança, charme e assunto. com isso qualquer um consegue qualquer uma

      Thumb up 3
    • Victor, concordo com vc, realmente há mulheres que tem caracter, assim como tbm tem homem com tendências homossexuais, homem cafajeste, psicopatas, e etc, mas nem por isso todo homem é psicopata, cafajeste e etc… o ponto eh que a sociedade e as tendencias de cada genero leva a certos padroes de comportamento. Mas algo que sempre tenho em mente é julgar uma mulher não pelo que ela fala, não por suas intenções, mas pelo que ela faz (julgar assim serve pra todos os gêneros), e até agora, pouquíssimas foram exceção a regra. Muitas delas iniciam com boa intenção, mas sua necessidade de manter varias opcoes e buscar o melhor partido, acaba deixando seu lado “negro” sair. Quem nunca tentou pegar uma mina, se tornou meio amigo, e no fim ela é gentil etc, mas só te usa como bengala emocional, mesmo vc deixando suas Intenções claras, e ela, na esperança de manter parceiros pra backup não finaliza a relação, mas te nutre com pequenas porções de atenção e carinho (normalmente é culpa do homem acabar nessa situação), nao que ela tenha a intenação de realmente fuder com tua mente e praticar o terrorismo emocional, mas é da natureza dela ser desejada por varios, e ter varios provedores disponiveis. Assim como o homem deseja varias mulheres ao mesmo tempo, é o nosso “lado negro”, podemos ser monogâmicos, amar uma mulher, mas sempre vamos desejar outras mulheres sexualmente, acho que a fantasia universal de todo homem é transar com varias mulheres ao mesmo tempo, e isso nao é conhecidencia, é nosso instinto falando… E eu li outros comentários e vi algo que eu queria colocar no meu ultimo comentário mas ele já estava muito longo : ), e foi que os novos “homens” não tem mais um padrão a seguir, são homens que aprenderam a ser homens com mulheres, devido a divorcio, mães solteiras, grandes jornadas de trabalho e etc, os filhos não tem mais a figura do pai pra imitar, e tem q seguir o q vem na TV, o que a mãe acha q um homem é e etc… é complicado. E outra coisa, todo homem quer uma mulher puta na cama e santa na rua, assim como toda mulher quer um cara gentil ao lidar com ela, mas não afeminado, um cara que tenha certos padrões de moral, mas que na cama a satisfaça, é totalmente normal isso. Tbm na questão da feminilização do homem e masculinização da mulher, é complicado esse assunto, com o feminismo elas se tornaram mais “agressivas”, mas seu desejo pelo homem “agressivo” ainda persiste, é como se a evolução delas estive-se 10.000 anos a frente do nosso tempo, elas querem evoluir pra algo que a sua natureza não esta preparada, acho que por isso da confusão, o homem sempre no desejo de conseguir uma parceira, acaba sacrificando seus valores e padrões achando que assim vai conseguir uma mulher “modernet”, mas é um tiro no pé, e hoje com os empregos em escritórios e ar condicionado, fica fácil pra mulher se tornar “poderosa e independente”, mas quantas feministas vcs conhecem que trabalham como pedreiras, motoristas de caminhão e outros trabalhos mais pesados, como encanadores e etc, algo que foge do escritório cheio de fofocas e cafezinhos?? Mas mesmo assim elas afirmam que fazem tudo que um homem faz de salto alto… Outro ponto é que tentar encaixar padrões de beleza de outros países no nosso é um erro, é fácil falar que na europa homem loiro, alto, de olhos azuis que usa 40 tipos de cremes diferentes seja normal, mas aqui no brasil, pais tropical, com uma variedade de culturas e gêneros gigante, esses padrões não funcionam, e é só uma européia botar os olhos no “Ricardao” brasileiro pra se esquecer do padrão europeu, mesmo que por pouco tempo, nas orgias carnavalescas por exemplo, fora que a imagem que as pessoas tem do exterior é super valorizada, mas assim como pro exterior brasil é terra de macaco e banana, la a gente so imagina mulheres loiras, peitudas e homens no estilo principie, mas la tbm tem gente feia, e bota feia nisso, USA hj em dia a mais da metade da população é obesa, mesmo assim vendem a imagem do gala de Hollywood para as menininhas… da mesma maneira que a “Globo” vende a imagem do gala de novela, e se vc não for um, a mulherada não fica contente… Esse é um assunto muito extenso, e é impossível discutir a qualidade “homem” sem discutir a interação homem/mulher, visto que a maioria de nossas ações são em prol delas.

      Thumb up 3
    • Esqueci de agradecer pela resposta… :-)

      Thumb up 1
    • Giulia, você perde completamente a razão quando sai ofendendo a pessoa que escreveu o texto. E pela referência que tem no final do texto (que eu presumo que você tenha lido inteiro, para estar comentando), o Bruno Calzavara não é o autor do texto, ele traduziu/adaptou para o português.
      Sinceramente, acho ridículo comentários como o seu, que não acrescentam nada, ofendem quem escreveu e baixam o nível.

      Thumb up 0
  19. De fato, é a mais pura verdade. Quando criança, subia em árvores, corria atrás de pipa, brigava na rua, batia, apanhava, chorava, mas sempre dava a volta por cima. Hoje, para meu espanto, o que vejo é que as árvores do lugar onde fui criança estão pendendo de tanta fruta e a molecada está em casa, jogando video game quando não está fumando maconha. Se um dia precisarmos deles para fazerem o que fazem os homens de verdade, estaremos num mato sem cachorro, nem bons músculos possuem e, quando possuem, são fruto de maromba + anabolizante, ou seja, ainda continuam uma porcaria. Aonde vai parar a Humanidade com esses Sub homens??? Por isso, não tenho filhos, pois eles iriam cortar um dobrado comigo ou seriam homens ou mariquinhas….

    Thumb up 14
    • Ainda bem que vc não tem filhos mesmo!
      Crianças precisam de pais e não de sargentos.

      Thumb up 19
    • Ridículo o seu comentário, Lucyano. Concordo com “ela”. Ainda bem que vc não tem filhos! Crianças foram poupadas! Reveja seus conceitos sobre o que é ser homem e o que é educação. Está precisando. Passou até da hora!

      Thumb up 7
  20. Besteira. O Homem é predador.

    Se o Homem deixa de ser predador, ele deixa de ser Homem e se transforma em outra coisa.

    É fato, hoje, a mulher não precisa mais do Homem em vários sentidos. Assim, essa modinha aí se firmando, só está acelerando o processo de extinção dos Homens.

    Thumb up 4
  21. Em partes essa matéria diz a verdade… mas mesmo com tantos homens “descobrindo” traços femininos em si, ainda nos deparamos com muitos ogros… que são incapazes de tratar uma mulher como ela merece. Talvez essa tal sensibilidade que está atacando os homens possa fazê-los entender algo sobre nós, mulheres….Tenho certeza que mesmo com toda a masculinidade, uma boa dose de sensibilidade não vai matar homem nenhum! Pensem nisso, rapazes! Beijo…

    Thumb up 11
  22. Bruno, os americanos valorizam muito as aparencias. Dão mais preferencia ao “parecer” do que “ser”. As séries podem representar o que se passa no pensamento deles, mas seguramente, o que eles pensam a esse respeito não se pode levar em conta de realidade.
    São pessoas acostumadas ao domínio do fraco pela força, pela guerra. Se alguns demonstram evolução genuína, e isso difere do uso da força bruta, logo se entregam ao temor de estarem perdendo terreno, por nao enxergarem a sensibilidade e a gentileza como sinais de evolução. Um dia a ficha vai cair, tenho certeza. Para os que resistem ao progresso, vai demorar mais.

    Thumb up 3
  23. Esqueceram de colocar outros seriados relacionados aí: The Big Bang Theory (onde Howard e Raj travam um relacionamento por vezes dúbio), Dois Homens e Meio (onde um extremo hétero solteirão convive com um pai metrossexual, que tem dificuldade de se afirmar como “macho”), e Glee (que dispensa qualquer comentário. Em outro lado tem o “Queer Eye for the Straight Guy”, algo como “Olhar gay para o cara hétero” onde dois gays dão dicas de como um hétero pode se dar bem em atitude e, maneira de vestir, etc.
    É, o buraco é bem mais embaixo.

    Thumb up 0
    • Putz! Esqueci de Will & Grace, onde o Will descobre que (ou fica em duvida se) é gay quando fica noivo de Grace.

      Thumb up 0
  24. Nós homens gostamos das mulheres por sua delicadeza. Pegar ela pela cintura e sentir se desmanchar nos braços. Mas é óbvio que o homem pode ser educado e gentil, desde que não perca sua firmeza e virilidade. Cuidar da aparência pode até fazer parte do dia a dia do homem, mas nada de exageros.

    Thumb up 32
    • HOmem só precisa ser selvagem na cama. Lá fora, o predomínio da educação, por mais delicada que seja, mostra maturidade e grandeza de espírito.

      Thumb up 25
  25. Estão achando ruim? Prefiro MIL vezes homens assim do que aqueles “brucutus” que coçam saco, peidam para todo mundo ouvir e cospem no chão.

    Thumb up 20
    • Não seja tão extremista! Você quer um homem criado a sabonete líquido de romã, que tenha medo de quebrar as unhas e saiba a coreografia de “Single Ladies”? Você tem certeza que quer pelo menos um homem?

      Thumb up 7
    • Eu já tive deste modelo…

      Thumb up 1
  26. Tudo se inicia quando os homens consideraram (e isso lá longe na História) a mulher como um ser se segunda classe, que não tinha todos os direitos como o humano do sexo masculino. No decorrer de nossa história e de sucessivos modos e maneiras de lidar com a mulher como alguém inferior, fez-se necessário que a mulher provasse sua capacidade, e mostrasse que sim, podia fazer tudo tal qual o homem também fazia. O preço que nossa sociedade paga hoje (por culpa dos homens, vamos deixar claro) é a perda completa das estruturas familiares, pois a mulher, cujo papel não tinha nada de “sagrado” (como sempre pintaram), mas sim essencial para a sociedade, foi intimada a sair de dentro de casa para provar o seu valor, e o preço pagamos todos, homens e mulheres.
    Quanto ao texto em si, ADORO homens sensíveis! Tenho alguns amigos assim, “tipo ideal”, bonitos, mas também gentis, educados, cavalheiros (com todos, não apenas com mulheres).
    Pelo menos pra isso serviu a emancipação da mulher, desmistificar um pouco que essas características são femininas, quando na verdade tudo depende da Cultura em que estamos imersos!

    Thumb up 12
  27. Acho q educação e civilidade cabem em qq lugar, não e pq sou homem q tenho q ser estúpido. Mas tb não concordo com essa moda de metrossexual. Continuo e continuarei lavando meus cabelos com sabonete, cortando cabelo em barbeiro, (Raridade!)Nunca me aproximei de creme de nenhuma espécie e muito menos de algum tipo de artifício estético. Sou feio, e não to nem ai para o q pensam. Quer gostar goste assim.

    Thumb up 18
  28. Olha, em maus 40 anos de vida, nunca vi tanta boiolisse exposta na sociedade com nos ultimos 5 anos. A nossa Psicologia (que particularmente acho que está ultrapassada e necessita de revisões) explica muito estas novas tendencias de afeminação masculina e masculinização feminina. Uma que eu acho mais plausivel e tem fundamento é que o ser humano perdeu valores e referencias. Hoje, com pais separados ou até mesmo mães solteiras, a criança cresce sem ter parametro da figura do Pai e da figura da Mãe. Isto também é causado pela busca de qualidade de vida melhor onde, Pais e Maes deixam seus filhos para aprenderem valores em creches e demais onde lá, nem sequer sabe o que vão ensinar a elas. Conheço criançar e adolescentes que veem a Babá ou a Orientadora de Creche como figura mais imprtante que pai e mae. Na trajetoria do crescimento, deve haver a figura do Pai e da Mae para dar parametros de orientação e definiçã sexual visto que, até poucos anos de vida, tanto homens e mulheres sao vistos como assexuados ou seja, não definiram ainda o que serão ou que papel exerce na sociedade. Fora os Pais que acham que a escola que deveria ensinar valores para as crianças, sendo que isso vem do berço e a escola tem unicamente o papel de transmitir informações e não tomar o papel de Pai e Mãe na educação e orientação de valores (tbm tem a crença, mas isso é outro assunto) para um ser que está no mundo sem sequer saber o rumo a tomar.
    Bom, o assunto é vasto e me reservo a fazer somente esta observação.

    Thumb up 26
    • sinceramente, não acho que os pais tem que dar parametros de orientação sexual para os filhos, creio que isso o filho tem que decidir. se ele quiser sem gay, será, se quiser ser bi, será.

      Thumb up 3
    • Sinceramente, são pessoas como você que enchem a sociedade de preconceito. Por algum acaso você já pensou no motivo de ser correto usar orientação sexual ao invés de opção sexual? Ou quem sabe no motivo de pais ultra rigorosos e conservadores terem filhos homossexuais na mesma proporção que os outros pais? Ou ainda na razão pela qual filhos adotivos de pais homossexuais não têm mais tendência do que os de pais heterossexuais para se “tornar” homossexuais? Pois é, as pessoas preferem não pensar por esse lado, e ver o homossexualismo como um problema a ser superado.
      Mais uma coisa: as crianças não são assexuadas, e a prova disso é que crianças com transtorno de identidade de gênero já se sentem como sendo do sexo oposto na mais tenra idade.
      O que me deixa mais triste são todas as positivações. Ainda assim continuo tendo esperança na humanidade…

      Thumb up 4
  29. Esses da foto com certeza são Homofêmeas, que é uma nova diversidade. kkkkkk
    bom… os da antigas sempre serão das antigas^^
    (y)

    Thumb up 1
  30. também senti preguiça de ler! o pior é os planfetinhos que a dilma ta tentando distribui nas escolas, uma palhaçada, ta enfiando a boiolagem de guela a baixo nas crianças(sem ofensas), incentivando em vez de evitar o preconceito. e tambem concordo tem muita bicha(sem ofensas) no mundo, desse jeito em 100 anos os heterosexuais vao sentir preconceito dos homosexuais! virem macho vcs que estao lendo este comentario.

    Thumb up 0
    • percebe-se, pelo seu nickname.

      Thumb up 16
    • Que pena, ein?

      Thumb up 6
    • Não fazem mesmo, seu comentário só prova isso.

      Thumb up 9

Envie um comentário

Leia o post anterior:
1
10 coisas que pioram a incontinência

Conheça 10 coisas qu...

Fechar