Não tem companhia para se exercitar e precisa de um estímulo? Tente um parceiro virtual

Publicado em 29.05.2012

Muitas pesquisas já apontaram que companhia é às vezes essencial para que as pessoas cumpram suas metas de exercícios físicos. Não é só a companhia em si que é importante; em muitos casos ela representa uma motivação.

Por exemplo, pesquisadores da Universidade de Bristol (Reino Unido) descobriram que, se você quer fazer seu filho se exercitar (tirar a bunda do sofá, da TV ou do computador) o segredo é chamar um amiguinho.

Outra pesquisa britânica deu a dica de passear com um cachorro. Você pode nem ter a intenção de se exercitar, mas a simples companhia canina faz você andar mais rápido, percorrer distâncias maiores e levar um estilo de vida mais saudável.

Esses são apenas alguns exemplos entre a comunidade cientifica que comprovaram que a companhia pode fazer milagres no que se trata de praticar atividade física.

Mas nem sempre você encontra alguém com quem dividir esse momento. Na sociedade em que vivemos, onde as pessoas não tem tempo para nada, e mesmo quando tem, esse “tempo” nem sempre bate com o tempo dos outros, desculpas e mais desculpas vão se empilhando para não se fazer atividade física.

Agora, um estudo do doutorando Brandon Irwin, da Universidade Estadual de Michigan (EUA), descobriu que um parceiro virtual é tão eficiente quanto um parceiro real.

58 mulheres de um programa de exercícios físicos participaram do estudo. Algumas pedalaram ao lado de um parceiro “virtualmente presente” (elas achavam que a pessoa era alguém que estava andando de bicicleta ao mesmo tempo que elas; na verdade, o amigo virtual era uma gravação de alguém pedalando ligeiramente mais rápido do que elas).

Outro grupo se exercitou sozinho. Um terceiro grupo se exercitou em conjunto, e cada mulher também estava emparelhada com um amigo virtual.

As mulheres que pedalaram sozinhas se exercitaram por uma média de 11 minutos. As mulheres com parceiros virtuais pedalaram durante 20 minutos. Já as mulheres que pedalaram em um grupo e com um amigo virtual se exercitaram por 22 minutos.

Ou seja: a companhia fez toda a diferença. Pode ser o empurrãozinho que faltava para você finalmente praticar exercícios físicos. E, na vastidão da internet, com certeza existe alguém com os mesmos objetivos que você, com o mesmo tempinho livre, e que vai te estimular a ir em frente.[MSN]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

Envie um comentário

Leia o post anterior:
110311-japanQUake-hmed-738p.photoblog600
Estamos na era dos grandes terremotos?

Uma série de terremo...

Fechar