Ninguém sabe por que 877 golfinhos foram encontrados mortos no Peru

Publicado em 23.04.2012

Autoridades peruanas ainda tentam desvendar o mistério da morte de centenas de golfinhos em suas praias nos últimos meses.

Segundo o ministro do Meio Ambiente do Peru, Gabriel Quijandria, a hipótese mais provável para explicar as 877 carcaças de golfinhos encontradas no norte do país é a possibilidade de uma infecção viral pelo morbillivirus, o vírus causador do sarampo.

Contudo, isso só será comprovado nas próximas semanas, por meio de mais testes clínicos.

Outros acusam a exploração de petróleo pela empresa “BPZ Energy” de ser a principal culpada. O grupo ambiental peruano “Orca” afirma que as ondas sonoras dos trabalhos sísmicos parecem ser a causa. Mas ainda não há provas conclusivas.

O país receberá ajuda de especialistas da Administração Atmosférica e Oceânica dos Estados Unidos para tentar chegar a um veredito. Segundo o físico George Ioup, da Universidade de New Orleans, Estados Unidos, ainda não há como saber a causa para esse número preocupante de golfinhos mortos. [Yahoo]

Autor: Luan Galani

é jornalista. Entusiasta da Teoria-M, é um rato de biblioteca apaixonado pelo que a ciência pode nos proporcionar. Nas horas vagas, é um amante inveterado de música erudita, que pede perdão aos russos por ainda considerar Mozart a grande lenda.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

4 Comentários

  1. Por que será que eu tenho a impressão de que atitudes inconsequentes humanas estão envolvidas com essas mortes generalizadas de golfinhos?!

    Thumb up 16
    • Concordo com você, tudo de ruim tem um “dedinho” do homem.

      Thumb up 2

Envie um comentário

Leia o post anterior:
pregnant-teen-101020-02
Menina grávida de 10 anos dá a luz na Colômbia

Uma garota de 10 ano...

Fechar