Novo avião equipado com canhão eletromagnético pode se tornar uma arma letal

Em tempos em que dependemos tanto de computadores para as mais diversas tarefas, uma arma capaz de inutilizar equipamentos eletrônicos pode fazer um grande estrago. Com isso em mente, pesquisadores da empresa Boeing desenvolveram um avião equipado com um canhão que dispara micro-ondas para “queimar” câmeras, computadores, bases de dados e aparelhos similares.

Testado recentemente, o avião não tripulado CHAMP (sigla em inglês para “Projeto de Míssil Avançado Contra-eletrônico de Alto Poder”) conseguiu desligar até mesmo as câmeras usadas para gravar os testes. “Essa tecnologia marca uma nova era nas guerras modernas”, diz Keith Coleman, gerente do projeto. “No futuro próximo, essa tecnologia poderá ser usada para inutilizar sistemas eletrônicos e bases de dados de exércitos inimigos antes mesmo de as primeiras tropas avançarem”.

À primeira vista, o CHAMP parece uma arma “limpa e não letal” mas, dependendo do uso, pode ser tão perigoso quanto um míssil ou outras armas convencionais: inutilizar os aparelhos de um hospital ou os sistemas de um veículo controlado por computador pode, sim, ser fatal. Décadas de pesquisas armazenadas em um banco de dados poderão simplesmente ser apagadas com um disparo do CHAMP – dependendo da situação, os dados podem se perder para sempre, e as consequências podem perdurar por décadas.

No fim das contas, talvez o CHAMP seja melhor representado pelo termo “arma letal indireta”.[io9]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

5 respostas para “Novo avião equipado com canhão eletromagnético pode se tornar uma arma letal”

  1. Eita bando de humanos idiotas. Criam armas para se destruirem a si mesmos e ainda saem falando delas para que outros idiotas mais burros ainda as construam e matem os primeiros idiotas.

    O magnetrom do meu forno de microondas, daqui a pouco vira arma letal.

Deixe uma resposta