A história de antes do Big Bang

Publicado em 28.11.2010

Segundo cientistas, o Universo apresenta “ecos” de eventos que aconteceram antes do Big Bang. Essas marcas podem ser vistas nas microondas de radiação que preenchem o Universo.

O cosmologista Roger Penrose afirma que os eventos parecem como “anéis” ao redor de aglomerados de galáxias. Ele criou o termo “aeon” para se referir a uma era do universo, como diferentes eras da história. Segundo Penrose, houve aeons antes do nosso, que culminaram no evento Big Bang e que deram início ao nosso aeon.

Para chegar a essa conclusão, Penrose e Vahe Gurzadyan (cientista da Universidade Yerevan, da Armênia) analisaram as temperaturas praticamente uniformes que preenchem os espaços vazios do Universo. Eles pesquisaram quase 11 mil lugares, especialmente galáxias que se fundiram e criaram buracos negros enormes.

Quando esses buracos negros são criados, há uma enorme liberação de energia. Se os mesmos eventos se repetem em diferentes aeons, ou seja, as mesmas coisas acontecem em diferentes períodos da história do universo, se repetindo infinitamente, essas energias de aeons passados poderiam ser encontradas.

A pesquisa mostrou 12 eventos em que há “anéis” de energia ao redor de estruturas espaciais, alguns com até cinco anéis de energia, mostrando que eventos massivos poderiam sair desses objetos mais de uma vez na história.

A descoberta é fascinante porque pode mostrar que tudo no universo é cíclico, incluindo a vida na Terra e nossa própria existência.

Qual a sua opinião, leitor? Acha que isso é possível? Nos deixe sua opinião nos comentários! [BBC]

Autor: Luciana Galastri

é jornalista. Viciada em livros, lê desde publicações sobre física a romances de menininha do estilo "Crepúsculo". Toca piano desde os oito anos de idade e seu estilo de música preferido é o metal.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

46 Comentários

  1. Já sabia disso a muito tempo, o universo em si não tem início, sempre vai existir algo para formar o outro algo e assim sucessivamente.
    A explicação de que coisas surgem do nada, é completamente absurda, fantasiosa, sobrenatural e antropocentrica.

    Thumb up 7
  2. Não acredito que houve um Big Bang, mas que a matéria universal passou de um universo para outro.

    Não existem evidencias de nenhum BB mas evidencias que a materia saiu de um ponto e está indo para outro ou seja existe um fluxo de materia. Tanto que encontraram ferro e outros metais, que somente seriam encontrados em galaxias antigas, em galaxias do “inicio” do universo.

    Thumb up 4
    • Orlando, um fluxo de matéria é uma coisa. Outra coisa bem diferente é a expansão do espaço-tempo. O que os astrônomos observam no espaço é compatível com a hipótese de expansão do espaço-tempo, mas não com a hipótese de um “fluxo” de matéria.

      Se houvesse um fluxo de matéria, não teríamos expansão, e não teríamos nem redshift, nem blueshift, exceto os resultantes da rotação das galáxias.

      Thumb up 6
    • Na verdade, sabemos bem mais que nada. Não sabemos tudo, mas sabemos bastante.

      Thumb up 10
  3. acredita rque algo anterior ao universso n existe e o mesmo que acreditar em aleatoriedade que quiser entrar cmg em uma discursão sobre isso me mande um e-mai lpois eu afiro aleatoriedade n existe

    Thumb up 1
    • só pra dar um exemplo simples q acaba com essa teoria de causalidade, vc por acaso acredita q os números da mega sena ñ são aleatórios(vamos supor q ñ seja um dos q foram forjados)

      Thumb up 1
  4. Devemos crer que exista uma constante em nosso mundo material que explique todo o fenomeno. Os cientistas acreditam que ao unificarem algumas dessas teorias existentes teremos a resposta para o todo.
    Bom, temos coisas e fenomenos que nos cercam no dia a dia que nos dão essa informação pra que venhamos a concluir algumas possibilidades.
    Por exemplo a origem do universo. Tudo em nosso mundo é cíclico, consequentemente o universo também o seria. Big ben seguido de big cruch. O universo é imenso e complexo pra nossa compreensão mas pra Deus ele e simples. Toda vez que Deus respira nosso universo se repete e se renova, e nossas consciencias aqui voltam.
    Ate depois.

    Thumb up 3
  5. imaginem se o universo antes do big bang fosse um universo que ja existia em expansão continua, que de tanto se expandir não restou mais nem uma molécula de matéria condensada… ou seja, toda a materia se expandiu até tudo virar particulas de energia, dando origem ao nada!
    esse nada pode ser o vácuo, ja que o vácuo tbm é composto de energia…

    Thumb up 8
  6. Desculpe Renata, na pressa quando escrevi isso ontem, acabei escrevendo que era o hotel de Hilton, mas na verdade é o hotel de Hilbert, quando escrevo rápido alguns erros sempre ocorrem e não costumo ler para corrigir a ortográfia, mas de qualquer forma já corrigi meu deslize.

    Thumb up 0
  7. Olá Renata, essa é uma pequena confusão que muitos fazem e que eu também fazia antes de conhecer o assunto mais a fundo, mas na verdade esse ponto que era o universo antes do big bang, é o que é chamado pelos cientistas de “singularidade”, na verdade o universo era tão condensado que ele tinha dimensão 0, não ocupava espaço nenhum, o espaço só existe dentro do universo, não existe espaço fora do universo, portanto a matéria não pode sair daqui e essa é uma idéia universalmente aceita na ciência hoje. Indo mais a fundo na teoria do big bang, quando havia a singularidade, todas as forças elementares do universo, a gravidade, as forças atômicas e a magnética, estava unidas como se fossem uma única, e então de alguma forma a força da gravidade foi separada das outras e então ocorreu o big bang, que é o momento em que o nada passou a ser algo, o universo saiu da singularidade para chegar ao que é hoje.

    Quanto a idéia de tempo, o tempo nada mais é do que uma progressão de eventos, neste momento em que eu escrevo aqui, eu estou produzindo diversos eventos de forma linear, ou seja estou gastando um certo tempo para produzir essas idéias neste texto, portanto o tempo é extremamente ligado ao espaço, na verdade a teoria da relatividade diz que o tempo e o espaço estão entrelaçados, por tanto não há tempo sem espaço, e quanto a idéia de um universo que sempre existiu ser ridicula se baseia nisso, pois se o tempo é infinito, isso quer dizer que houve uma progressão(ou no caso do passado, uma regressão) infinita de eventos, mas o infinito é algo sem começo nem fim, não possui limites, de forma epistemológica, já foi demonstrado que um infinito real, em ato, é lógicamente impossivel, só pode haver um infinito em potêncial, aquilo em que nós sempre podemos adicionar mais alguma coisa, mas que não é um infinito em ato, apenas e potêncial, portanto crer na regressão infinita de eventos, é crer que o tempo nunca teve um começo em algum ponto e nunca teve fim, mas então o presente não deveria existir, pois se assim fosse, nós não teriamos atravessado o passado infinito.para chegar até o presente, que seria onde o infito termina, leia o hotel de hilton, para entender melhor essa idéia.

    Thumb up 7
  8. Como todo a matéria poderia estar condensada em um só ponto, e só a partir da explosão desse ponto passaram a existir o tempo e o espaço?Para a matéria estar condensada em um ponto só, ele precisaria estar já ocupando um lugar no tempo e espaço…Pelo menos é o que acho.
    Acho que isso precisa ser melhor investigado, acho incrível como algumas pessoas aceitam a teoria do big bang com facilidade, mas não se questionam com o que aconteceu antes dele, ou como ele teve sua origem, como se tudo já estivesse facilmente respondido…

    Thumb up 4
  9. Eu penso que o universo pode ser a junção de tudo! Se tudo existe no universo, então devemos considerar que tudo é possível e que todas as teorias existentes hoje se aplicam a ele. A teoria das cordas pode ser aplicado em certa parte de universo e em outra ela nao funcionaria. Todos esses universos teóricos e além do nosso podem estar num só, a questão é saber distingui-los. Não acho que só exista UM, como nao existe SÓ UMA GALÁXIA!

    Thumb up 5
  10. Eu particulamente penso da seguinte forma:

    Se caso nosso universo seja um pequeno grão de poeira em outro universo e assim sucessivamente,e se um pequeno grão de poeira para nós seja um outro universo e assim sucessivamente. ‘-’

    Thumb up 4
  11. Uma coisa que sempre achei interessante, é a palavra, o conceito de tempo…tomemos um filme em DVD..nele, estão contidas centenas, milhares de ações, palavras, eventos, emoções, realizados por atores que dão a impressão de vida, de realidade…porém nós, que estamos “de fora”, que estamos “no controle”, podemos saltar de um momento a outro do filme, podemos assisti-lo quantas vezes quisermos, podemos até faze-lo “acontecer” ao contrário ou acelerado…então, será que para “Deus”, o Universo, não é um “filme”? Uma sequência que Ele, que existe além de nossos limites, pode percorrer, vislumbrar, e até quem sabe editar, com poderes para nós inimagináveis? Algo ao estilo de Matrix? Afinal, o que é o tempo, senão uma limitação de percepção do ser humano? Quem já não experimentou o famoso “dejá-vu”, a sensação – ou percepção – de encontrar um momento no tempo, que já havia visto ou vivido? Estaria aí, uma possível saída para a questão aparentemente insolúvel de “onde começa o infinito?” ou “quando começa o tempo?”, seriam apenas, limitações oriundas de nossa percepção ainda limitada…

    Thumb up 13
    • se fosse assim deus seria egoista pra carai lol

      Thumb up 0
  12. Perfeito Mister_X

    Outra grande prova da existência de uma causa primeira criadora é o grande LHC.

    É a prova de que o Big Ban não pode acontecer do nada.

    Thumb up 11
  13. Daniel Copernico disse:

    “É engraçado como sempre tem uma meia dúzia de crentes fanáticos”

    R:Quem será o verdadeiro fanático? Um neo-ateu, que se baseia na sua fé da inexistência e não aceita a posição contrária, divulgando a sua versão como a verdade absoluta, talvez.

    “opinando nos assuntos científicos do site com suas primitivas crenças no primitivo e exotérico “papai do ceú” criador de tudo.”

    R: O fato de algo ser antigo, não o torna inválido, até hoje usamos, Aristoteles como base em muitas coisas, ao passo que diversas idéias novas, já foram completamente deixadas de lado, e esse argumento anedóto, não acrescenta nada a sua posição, apenas faz parecer ainda mais, que os ateus são intolerantes. A ciência não é ateísmo, o ateísmo é por definição cientifista e materialista, mas isso não faz com que a ciência seja ateísta, aliás a ciência, não é um ente para tomar posição de nada, quem faz isso são as pessoas individualmente, portanto a “ciência”, não tem posição alguma, quanto a existência ou inexistência de Deus.

    “Crenças essas que estão fadadas a extinção no futuro da humanidade”

    R: Prove. Então por que o cristianismo cresce na China, na Coréia do Sul e mais alguns países? Uma tendência momentanêa, não demonstra a extinção da religião, se assim fosse, quando um país passa a ter crescimento demográfico ele nunca pararia de crescer demográficamente? Além do mais, a extinção de algo não o torna falso, isso é uma falácia ad populum(pois o fato da maioria da população não acreditar em algo não faz esse algo ser errado).

    “quando o poder do conhecimento científico ofuscará as crendices e supertições mais primitivas dando lugar ao que realmente evolui o homem: conhecimento e ética.”

    R: Errado, as novas descobertas cientificas, fortalecaram os argumentos a favor da existência de Deus, antes eles apenas partiam do campo filosófico, agora possuem evidências de sua veracidade, além do mais Deus em si, é por definição na teologia, desde os tempos de judaismo antigo, um ser transcendental ao universo, ou seja atemporal e metafisíco, portanto fora da realidade da ciência, se você tentar buscar a Deus pela ciência, entrará em contradição, pois ele é assumidamente um ser fora do escopo cientifico, e que portanto não pode oferecer provas empirícas, só pode ser discutido no campo filosófico, atráves de construções argumentivas, através da razão.

    Apelo ao emotivo, não fará sua opnião verdadeira.

    Thumb up 9
    • O fato de ser antigo não é prova que seja correto. Ou incorreto. Todo conhecimento tem que ser verificado. No século XVI Vesalius foi muito perseguido pelos discípulos de Galeno por ter feito autópsias para verificar as informações que Galeno passava e ter chegado à conclusão que Galeno errou. Foi como uma heresia, ele foi acusado de toda impiedade e imoralidade.

      Thumb up 0
  14. Não acredito que o universo possa ser ciclíco, creio que esse seja o primeiro, mas caso isso seja verdade, vejamos:

    Isso, não acaba com o fato de que o universo deve ter um inicio, pois uma regressão infinita de eventos é impossivel, e um infinito real é algo impossivel, pois como poderia ser o passado infinito, se o presente existe? Então o presente é onde o passado infinito termina? Mas isso seria uma contradição, pois o infinito é algo que não possui começo nem fim, e dado que não é possivel atravessar o infinito, logo nós não estariamos vivenciando o presente, e acho que todos concordam que vivenciamos o presente, então um inicio se faz necessário. E ainda o universo não poderia dar inicio a si próprio, pois se ele não existia, não podia criar a si mesmo, pois como algo que não existe vai criar a si próprio? O universo começou a existir, é necessária uma causa para lhe trazer a existência, essa causa lógicamente, precisa ser Transcendental ao universo, logo é necessário que a causa primária, seja atemporal, pois nesse caso, seria eterna, sem inicio e sem fim, e não haveria o problema da regressão infinita de eventos, pois não haveria tempo e também, por lógica deverá ser metafisíco, pois o espaço só passou a existir com a existência do universo e assim essa causa primaria existiria fora do espaço, ou seja não ocuparia espaço e deverá ser pessoal, pois só algo pessoal, poderá tomar a decisão de criar algo a partir de um ponto especifico, se fosse algo impessoal, voltariamos ao problema da regressão infinita de eventos, pois nesse caso, a causa e o efeito(universo), conviveriam desde sempre, causando o problema da regressão infinita e o problema do presente.

    cp disse:
    O nada é o vacuo.

    R: Não é verdade, no vácuo ainda há algo, que é o espaço, no nada absoluto nem mesmo o espaço existe, pois o espaço só passou a existir, depois que o universo veio a existência.

    Thumb up 11
  15. nao acredito em vacuo, essa palavra eu entendo apenas para fazer um sentido,para podermos entender uma explicaçao…
    nos estamos dentro (nosso espaço nossa galaxia)esta dentro de algo, como ja li talvez dentro uma bolha, que estaria dento de outra, e assim por diante…
    se olharmos para dentro de nos veriamos quanta inteligencia, organizaçao, e se descermos,mais e mais, iamos encontrar la fora no espaço essa organizaçao bem semelhante. porque esses buracos negros? estariamos dentro do que…?e fantastico, voces aceitarem o que eu falo o que eu acredito. voces estao no topo, eu admiro os cientistas, os fisicosmuito obrigada.

    Thumb up 0
  16. eu, agredito que tu do eciclico, aqui e fora.
    nossos pensamentos vao e voltam, nosso sangue circula etc.os planetas giram em torno do sol,tudo no seu amago tem forma circular. acredito numa consciencia universal de harmania em todo ouniverso(que para mime o que conheço como comoDeus sem personificar,para facilitar o entendimento.como seria catrastrofico se essa relatividade acabasse se rompesse.eu admiro o ser humano por romper conhecer a tudo, gostaria de continuar viva para poder ver ate onde vai, e por isso mesmo gostaria de oferecer meu cerebro para transplantar em uma passoa jovem a precisar, para fazer um circulo e dar continuidade. a vida e isso.
    Respeito,amo a ciencia e fisica e me disponho.
    obg.

    Thumb up 0
  17. Alexandre,
    o nada é o vácuo, e o vácuo está cheio de campos, partículas e antipartículas que se anulam na totalidade, ou seja, existe uma potencialidade que só é percebida em situações extremas…segundo Hawking, o buraco negro consegue interagir com esse vácuo, e daí a “radiação de hawking”
    já o tempo tem relação com existencia,consciencia,vida…

    Thumb up 7
  18. Paulo H

    interessante sua visão de universos paralelos

    Mas o “nada” não tem fundamento. O que é o nada?

    Eu acredito que o nada não pode existir, senão teriamos algum exemplo. e não o temos, já que o vácuo é constituido de alguma coisa…

    O leram sobre a teoria do tempo imaginário de Hawking?

    Segundo essa teoria, o tempo verdadeiro não tem começo nem fim.

    Pra mim é isso mesmo, pode haver vários universos, várias dimensões e tudo existir desde sempre. e o tempo em que vivemos ser apenas uma ilusão. Sendo o passado e o futuro do universo um eterno presente.

    Thumb up 9
  19. É engraçado como sempre tem uma meia dúzia de crentes fanáticos opinando nos assuntos científicos do site com suas primitivas crenças no primitivo e exotérico “papai do ceú” criador de tudo. Crenças essas que estão fadadas a extinção no futuro da humanidade quando o poder do conhecimento científico ofuscará as crendices e supertições mais primitivas dando lugar ao que realmente evolui o homem: conhecimento e ética.

    Thumb up 15
  20. O Universo pode ser mais complexo ainda…Imaginem um fractal. OU seja, o mundo em que vivemos pode estar entrelaçãdo a outro mundo maior, e assim por diante…

    Thumb up 12
  21. Eu acredito em vários universos:
    - o nosso
    - universos paralelos, partilhando uma ou mais dimensões com o nosso
    - universos ilha (bolha), isolados como o nosso, impossível de serem encontrados, pois são sistemas de coordenadas diferentes de dimensões quiçá diferentes das nossas.

    Onde o nosso universo acaba, a seguir não há mais nada! Não é infinito o nosso universo, pois tem um tamanho que cresce desde que se acendeu à velocidade da luz aprox. 18mil milhões de anos atrás (é este o seu raio), logo é finito.

    Antes do nosso universo, não havia nada! E nada não é vazio nem vácuo, é nada mesmo! Simples.. Contudo poderiam existir outros universos. A prova é que não existe rotação como um todo no nosso universo, e essa é condição necessária para que possamos dizer que o universo nasceu de algo. Mas a verdade é que nasceu mesmo do nada!

    Aquando da sua criação não ocorreu apenas um big bang, mas provavelmente vários, como se pode constatar da análise mais aprofundada do mapeamento da radiação cósmica de fundo!

    Como terminará tudo? Não existe resposta, pode haver um ou vários big crunch simultâneos ou não, pode haver novos big bang, pode não haver mais nada além da expansão contínua, ou até pode tudo desaparecer de novo, voltarmos ao nada!

    Como é que do nada pode surgir um universo? Aparentemente, pode: nós existimos! Algumas experiências recentes demonstraram que do vácuo (apesar de não conter massa, contém campos das várias forças, logo vácuo não é vazio), pode surgir matéria ou energia, violando o princípio da conservação da massa ou energia. Fisicamente não é impossível, apenas pouco provável. De facto, tais eventos foram já observados, mas duram uma parte infinitesimal de um segundo.

    Thumb up 7
  22. Leones Traspadini, a religião budista não tem nenhum deus.
    É apenas um “código moral”, buda era um rico que ao ver a desgraça dos mais pobres doou tudo e passou a viver meditando.
    Mas Buda nunca foi um Deus.

    Thumb up 8
  23. “Pareidolia estatística?”

    Os canadenses Adam Moss, Douglas Scott, James P. Zibin (Universidade da Columbia Britânica,Vancouver, Canadá) repetiram e confirmaram a análise, existem os ditos círculos.

    No entanto, eles também encontraram os tais círculos em simulações por computador do CMB geradas aleatoriamente (introduzindo o efeito de flutuações primordiais de tipo gaussiano). Mais ainda, se buscarmos triângulos em lugar de círculos, se encontram triângulos concêntricos no CMB. Moss e seus colegas concluem que os círculos de Penrose e Gurzadyan só demonstram que o CMB é ruído, resultado de flutuações quânticas aleatórias.

    No ruído, como nas pareidolias, se pode ver qualquer coisa.

    Thumb up 3
  24. Isso é coisa do capeta. Deus simplesmente disse…e tudo foi criado.
    O mais impressionante foi quando ele fez a lampada, Ele disse: ” que haja a Luz ” e a lampada ja foi criada ligada…

    Thumb up 10
  25. a teoria ekpirótica se utiliza da teoria das cordas, enquanto a teoria de inflação caótica permite criações cósmicas (big bangs) a partir da “sopa primordial”…
    agora, pensar em outro universo anterior ao nosso não significa que tudo se repete da mesma forma, aliás, talvez tudo aconteça de forma inversa, como num anti-universo.
    http://www.physics.indiana.edu/~nipoplaw/PLB_687_110.pdf

    Thumb up 0
  26. Imaginem um homem que nasceu cego, ele segura a pontinha do rabo de um elefante e tenta entender como é o animal inteiro… Esta é a nossa ciência, um punhado de teorias tentando entender a formação do universo.

    Thumb up 21
  27. Só para lembrar: o Big Bang faz parte desta teoria do Penrose. E existem três outras hipóteses que estão sendo testadas para a origem do Universo, a saber:

    1. a teoria da inflação caótica;
    2. a teoria das cordas;
    3. a teoria ekpirótica.

    Basicamente, cada uma destas teorias pode ser usada para fazer algumas previsões sobre a anisotropia da radiação cósmica de fundo (o nosso “fóssil” cosmológico mais antigo). Tudo que precisamos fazer é medir a radiação cósmica de fundo com precisão suficiente para verificar se as previsões de uma das teorias se confirma (no pior caso, nenhuma previsão de nenhuma das três teorias é confirmada, e os cientistas terão que voltar para o quadro-negro).

    Thumb up 13
  28. Um cara chamado Lavosier escreveu: “Na natureza, nada se perde nada se cria, tudo se transforma”. Esse conhecimento é ainda mais antigo que Lavosier. As Religiões Hinduista e Budista que de milhares de anos de existência, por exemplo, acreditam que seus deuses criam vários universos ou multiuniversos. Eu acredito que este é um processo natural e em nada me espanta ter a expectativa outros universos ou de ciclos de transformações universais.

    Thumb up 2
  29. HUMMMMMMMM,NUNCA PAREI DE AFIRMAR,A CINCIA ACADEMICA,SRA. DAS TEORIAS AINDA VAI CAPENGAR E MUITO(NA VERDADE ELA JA NASCEU CAPENGA)PARECE SER A DONA DO DICIONÉRIO SABE TUDO,E NADA SABE,SÓ LANÇA TEORIAS E ESTAS VÃO SENDO SUBSTITUIDAS SEMPRE.
    SOMOS UMA RAÇA(E QUE RAÇA)MUITO NOVINHA NESTA GALAXIA MAS,A SOBERBA HUMANA É UM GRANDE DEFEITO DE MENTES PEQUENAS MAS PENSANDO QUE TUDO SABE,E NADA SABE.
    ALIÁS,O GRANDE INTELIGENTE ESTÁ SEMPRE APRENDENDO E AQUELE QUE TUDO SABE SÓ TEM UM VAZIO.

    Thumb up 5
  30. Interessante, é claro, se ignorarmos o fato de que o próprio espaço-tempo surgiu JUNTO com este universo e que no momento do big bang, não só a matéria estava concentrada em um único ponto, mas também o próprio espaço-tempo, ou seja, se não há espaço pra essa radiação anterior ao big bang circular, ela não poderia resistir à singularidade, pois também estaria concentrada com todo o resto do universo.

    Eu não duvido que o universo seja cíclico, acho até bem provável, o que não dá pra engolir é que alguma coisa resista ao colapso do universo inteiro e atravesse esse ciclo pra nos contar essa história.

    Abraços!!!

    Thumb up 10
  31. Acho que isso e viagem demais… |Pode ser que seja verdade, mas tem que ter certeza pra divulgar isso nao acham?

    Qualquer um pode inventar um teoria plausivel mas sem comprovação fática, so pra querer aparecer…

    “Todos os universos giram em torno de uma casca de banana!”

    Thumb up 6
  32. Numa comparação simplista: lembra a forma de contagem da idade de uma árvore, pelos seus anéis de cortiça no tronco, ou pelas camadas de gelo ártico. Ambos bem definidos, indicando o tempo e clima cíclicos.
    Mas voltando ao universo… Será possível que não seja a primeira vez que a Terra é habitada por “homo sapiens”?
    Quem aí tb assiste “Fringe” pela internet levanta a mão! hehehe

    Thumb up 14
  33. Para mim, faz muito mais sentido do que não existir nada antes do Big Bang ou o universo ser algo completamente diferente do que é hoje.

    Mas essa teoria meio que “quebra” a noção de que o universo se expandirá infinitamente (que é a mais aceita entre os cientistas hoje), pois para que esses eventos sejam cíclicos, o universo teria que voltar eventualmente ao estado condensado que dá origem ao Big Bang…

    Thumb up 7
  34. Fascinante! Mudando um pouco de foco, é interessante como entre tanto atrito entre a ciência e as religiões de vez em quando um elas tem uma confirmação científica, mesmo que parcial e sem o interesse de testar essas religiões é claro. Assim como também a idéia dos exotéricos de que tudo é energia, não é bem como eles dizem mais em parte é fato.

    Thumb up 12

Envie um comentário

Leia o post anterior:
cinema
No futuro, você verá o filme no cinema, e o cinema verá você

Alguns filmes - e pr...

Fechar