15 Campeões olímpicos do mundo natural

Publicado em 30.07.2012

As Olimpíadas são o momento em que a humanidade festeja os seres humanos mais rápidos, mais fortes, que saltam mais alto, etc. O que poucos lembram é que muitos animais fazem tais façanhas todos os dias. Então, a International Union for the Conservation of Nature (IUCN – União Internacional pela Conservação da Natureza) resolveu nos presentear com os campeões da Natureza. Cada um deles, especialista em sua área, bateu todos os recordes da humanidade – e ainda assim sua sobrevivência não é garantida, já que parte destes campeões está ameaçada de extinção.

15. Arco e Flecha

O peixe-arqueiro (Toxotes microlepis) é capaz de derrubar insetos terrestres (voando ou em galhos de árvores) e pequenos animais a até 2m de altura apenas com disparos de água de sua boca especializada. Assista:

14. Ginástica artística

O gibão ágil (Hylobates agilis) é famoso por seus movimentos ginásticos graciosos que rivalizam com os ginastas que competem nas barras assimétricas. Vivendo nas florestas da Sumatra, Malásia Peninsular e sul da Tailândia, ele salta de árvore para árvore movendo seus braços alternadamente para balançar entre os galhos. É listado como espécie ameaçada.

Assista abaixo um filhote de gibão atormentando dois filhotes de tigres com sua incrível agilidade:

13. Boxe

A lebre europeia (Lepus europaeus) apresenta um pico na atividade de acasalamento durante a primavera, um período chamado “loucura de março”. As fêmeas escolhem seus parceiros de acordo com sua força, “boxeando” com eles. Machos e fêmeas ficam em pés sobre as patas traseiras, se golpeando com as patas dianteiras. Como as fêmeas são um pouco maiores que os machos, somente os machos mais fortes as impressionam, ganhando a chance de acasalar.

12. Mergulho

O falcão peregrino (Falco peregrinus), uma das espécies mais rápidas no mundo, pode chegar a 320 km/h quando mergulha no céu atrás de sua presa. Os mais rápidos já foram vistos mergulhando a 390 km/h.

11. Equitação

Os pássaros pica-boi (Buphagus africanus e Buphagus erythrorhynchus) são espécies de pássaros que cavalgam as costas de animais de pastagem africanos, comendo carrapatos e outros parasitas que vivem nos hospedeiros. O relacionamento entre eles geralmente é benéfico para ambos, mas em alguns casos os mamíferos tem algum prejuízo.

10. Salto em altura

As cigarrinhas comuns (Philaenus spumarius), que vivem por toda a Inglaterra, desenvolveram um salto extraordinário que permite que elas fujam de predadores ou animais pastando as plantas que elas chamam de lar. A força que o inseto exerce no pulo é 400 vezes o peso do seu corpo. Os maiores saltos podem chegar a 700mm, 115 vezes o comprimento de seu corpo. Em comparação, um humano teria que saltar 200 metros para ser tão bom quanto a cigarra.

9. Dardo

O porco-espinho de crista indiano (Hystrix indica) pode ter espinhos como lanças, mas diferente dos atletas olímpicos, ele não lança esses “dardos” no ar. Os espinhos do porco-espinho ajudam a regular a sua temperatura e também são usados como defesa. Quando se sente ameaçado, ele levanta suas agulhas para parecer maior. A seguir você vê um vídeo de uma espécie similar ao porco-espinho indiano colocando três leões para correr:

8. Maratona

A andorinha-do-mar ártica (Sterna paradisaea) migra do alto Ártico, onde ela se alimenta no verão, até a Antártica todo ano – alguns indivíduos voam mais de 80.000 quilômetros por ano! Durante suas vidas, que podem durar mais de 30 anos, elas viajam uma distância que é equivalente a aproximadamente três viagens de ida e volta para a lua.

7. Iatismo

O aguilhão-vela ou peixe-espada (Istiophorus platypterus) tem uma enorme nadadeira dorsal com o aspecto de uma vela; daí o seu nome. Sua nadadeira tem o comprimento de seu corpo e, quando estendida, é ainda maior. Eles são caçadores extremamente ágeis como você pode conferir no vídeo abaixo:

6. Tiro

O bálsamo himalaio (Impatiens glandulifera) tem uma fruta que quando madura abre explosivamente, com um barulho característico, “disparando” as sementes à distância. Produtor de sementes prolífico, cada fruto produz cerca de 2.500 sementes e sua técnica de dispersão ajuda a planta a colonizar novas áreas. Nativo dos Himalaias, o bálsamo também é encontrado na Europa e outros lugares.

5. Arremesso de peso

O abutre-barbudo ou Lammergeier (Gypaetus barbatus) é uma ave de rapina e um dos maiores abutres do velho mundo. Esta ave ganha o prêmio de arremesso de peso por que larga enormes ossos de grandes alturas para quebrá-los e consumir a medula nutritiva no seu interior.

4. Corrida

O guepardo (Acinonyx jubatus) é o mais rápido mamífero terrestre no mundo, pois pode chegar a velocidades de 113 km/h em corridas curtas. Em comparação, Usain Bolt, o mais rápido corredor humano, pode chegar a uma velocidade de 44,6 km/h. É uma espécie listada como vulnerável.

3. Ginástica rítimica

As aves-do-paraíso (Cicinnurus respublica) são famosas por suas penas coloridas e apresentações que se assemelham a danças. Os machos competem pela atenção das fêmeas em um comportamento de corte conhecido como “lekking” – em grupos ou individualmente, eles se exibem, saltam, sacudem suas penas coloridas e delicadas. Se um macho consegue impressionar uma fêmea, ele é premiado com uma oportunidade de acasalamento. As 40 espécies diferentes são encontradas na Papua Nova Guiné e Indonésia, e três são listadas como ameaçadas.

2. Triatlo

A iguana marinha de Galápagos (Amblyrhynchus cristatus) não anda de bicicleta, mas é o único lagarto do mundo que corre em terra e nada submerso no mar. Em busca de algas, os machos são capazes de nadar a profundidades de 20 metros e ficar submersos por 30 minutos.

1. Levantamento de peso

O besouro rinoceronte (Xyloryctes thestalus) consegue levantar cargas 30 vezes mais pesadas que seu corpo e está entre os animais mais fortes na Terra. O recorde olímpico humano é de 263,5 quilos, de Hossein Rezazadeh, e corresponde a cerca de uma vez e meia seu próprio peso.[IUCN, Cosmic Log, Foto]

Autor: Cesar Grossmann

Sou formado em Engenharia Elétrica, mas trabalho no setor público, gosto de xadrez e fotografia.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

5 Comentários

  1. O peixe-arqueiro é capaz de derrubar pequenos animais de 2m? PEQUENOS? Não seria 2cm?
    Gostei da matéria!

    Thumb up 0
    • Acho que ele quis dizer a distância!!!

      Thumb up 3
  2. Muito legal a matéria. Me lembro duma divertida série de animação que assisti que era chamada “A Olimpíada dos Bichos”, e como era de esperar, os insetos lideraram o quadro de medalhas. :)

    Thumb up 2

Envie um comentário

Leia o post anterior:
iStock_000003570926Small
Trabalhar à noite aumenta risco de infarto

Pesquisa mostrou que...

Fechar