Porque você deve pensar duas vezes antes de comer doces

Publicado em 21.05.2012

Os conselhos maternos nunca se mostraram tão fiéis à realidade quanto agora. Sabe aquele aviso de nunca exagerar nos doces? Atualmente, cientistas descobriram motivos de sobra para você abdicar dessas delícias. Caso contrário, até suas habilidades cognitivas de memória e aprendizado podem ser prejudicadas.

Segundo recente pesquisa da Universidade da Califórnia (UCLA, na sigla em inglês), em Los Angeles, Estados Unidos, ingerir açúcar prejudica as ligações entre os neurônios (as sinapses nervosas, no jargão científico) e, portanto, também as habilidades cognitivas, que ficam mais lentas.

O resultado foi obtido pelo médico Fernando Gomez-Pinilla, da UCLA, por meio de testes com ratos. O cientista separou os ratos em dois grupos: o primeiro recebeu melado de milho e ração, e o segundo, ração e óleo de linhaça.

Frutose X ômega-3

Gomez-Pinilla explica que fez uso do melado de milho por ele ser rico em frutose, açúcar presente em diferentes tipos de alimentos que consumimos o tempo todo. Só nos Estados Unidos, cada ianque consome 18 quilogramas da substância por ano, aproximadamente.

E o cientista conta que optou por fornecer ao segundo grupo óleo de linhaça pelo produto ser rico em ômega-3, especialmente ácido graxo DHA (ácido Docohexaenóico), o qual é essencial para a função das sinapses, mas não é produzido por nosso organismo.

Mas antes de modificar a dieta dos ratos, eles foram treinados duas vezes por dia em um labirinto, durante cinco dias. O cientista avaliou quão bem os ratos poderiam percorrer o labirinto. Seis semanas depois, eles foram testados novamente, para verificar as habilidades cognitivas utilizadas para percorrer a rota do labirinto.

Resultado: o segundo grupo percorreu o labirinto muito mais rapidamente.

Os que receberam a frutose foram mais lentos e mostraram um declínio na atividade sináptica. Seus neurônios tiveram problemas na transmissão de mensagens e suas habilidades de pensar claramente e de lembrar foram prejudicadas.

Mais: eles mostraram sinais claros de resistência à insulina, que além de controlar o nível de açúcar no sangue, também regula as funções sinápticas do cérebro. De acordo com Gomez-Pinilla, os níveis de frutose podem ter bloqueado a habilidade da insulina de regular como as células usam e armazenam o açúcar. Que tal pular o chocolate hoje? [Jezebel, SugarBlues, LLC, Foto]

Autor: Luan Galani

é jornalista. Entusiasta da Teoria-M, é um rato de biblioteca apaixonado pelo que a ciência pode nos proporcionar. Nas horas vagas, é um amante inveterado de música erudita, que pede perdão aos russos por ainda considerar Mozart a grande lenda.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

14 Comentários

  1. Marte achei mais coerencia em sua resposta q no estudo citado!Só faltou o estudo relacionar o mal de Alzaimer c\ o coitado do açucar

    Thumb up 0
  2. Vou continuar comendo o doce de mamão maravilhoso que minha mãe faz. Claro, com moderação.

    Thumb up 2
  3. Isso explica porque sou um pouco mais lenta… kkk… minhas habilidades cognitivas de memória e aprendizado foram prejudicadas pelos doces… é muito chocolate, brigadeiro, milk shake e outros que adoro…

    Thumb up 6
  4. Sou mineiro e nunca vou deixar de comer queijo com goiabada.
    Lógico que com moderação.

    Thumb up 2
  5. U must be kidding me! A estupidez de um rato decidindo o efeito do açúcar no corpo de seres humanos. Por que não fizeram testes com “humanos de laboratório” com alguns teste mais inteligentes do que caminhar a esmo dentro de um labirinto. Será que somos tão semelhantes assim?

    Thumb up 15
    • É o seguinte: você fica saudável, mas não se lembra porque, nem como.

      Thumb up 9
  6. um da o chocolate é vlão, no outro é mocinho… daí no dia seguinte volta a ser vilão, no outro, mocinho de novo… cada pesquisa que sai diz uma coisa… com o ovo é exatamente igual… a verdade é uma só, todo mundo (exceção quem tem doenças, tolerâncias, etc, é claro né) deve comer tudo, mas em quantidades pequenas… tudo faz mal e tudo faz bem… só é preciso saber que não pode comer nada em grandes quantidades… o corpo precisa de tudo, inclusive gorduras… só precisamos saber que não podemos comer tudo todos os dias… um pouco de cada coisa é o melhor remédio… quer comer aquela picanha com capa de gordura? coma!!! só não faça isso sempre, faça isso uma vez a cada 6 meses, ou até uma vez por ano… a dica é não se prive de comida nenhuma, só tenha a consciência de que não se pode comer nada em excesso… tem até aquele velho ditado que diz que a diferença entre o remédio e o veneno é a dosagem… isso vale para tudo na vida… dizem que comer uma maçã por dia telivra do médico, certo? tente comer 20 maçãs por dia para ver se vai fazer bem… claro que não, vai te levar pro médico em poucos dias…

    Thumb up 7
    • Ha ha ha
      Leve um barbante, Dan !
      Ah sim, só não esqueça de amarrá-lo na entrada !
      :-)
      Abração

      Thumb up 5
  7. Com todo o respeito ao Sr. cientista, vejo por outro ângulo:

    O primeiro grupo demorou mais porque estavam gordinhos pela dieta, portanto mais pesados, logo relativamente mais lentos.

    E o segundo grupo foi mais rápido porque seus integrantes estavam cheios de fome. E você sabe, quem tem fome, tem presa.

    Thumb up 27

Envie um comentário

Leia o post anterior:
original (1)
Homem macho é aquele que come carne vermelha?

Comer um um bife san...

Fechar