Pesquisa com ondas de rádio pode dizer quando a luz começou no universo

Publicado em 21.12.2010

O universo primitivo passou por sua própria idade das trevas antes das primeiras estrelas serem formadas e emitirem a primeira luz. Agora, os astrônomos estão tentando desvendar esta primeira época para descobrir quando e de que forma isso aconteceu.

O período em que as primeiras estrelas do universo se formaram e começaram a brilhar é chamada de época da reionização. Os astrônomos acreditam que isso ocorreu em torno de algumas centenas de milhões de anos após o Big Bang ter posto o universo em movimento 13,7 bilhões de anos atrás.

Porém, os pesquisadores gostariam de reconsiderar essa estimativa. Antes dessa época, o universo era feito principalmente de gás hidrogênio, aproximadamente uniforme. Realmente não havia nenhuma luz sendo gerada.

Então, ondulações leves desse hidrogênio fizeram com que áreas densas se juntassem a gravidade, eventualmente acumulando massa suficiente para se colapsar em estrelas e começar a fusão nuclear.

A radiação emitida por estas estrelas interagiu com o gás de hidrogênio residual em torno delas, excitando os átomos de hidrogênio e expulsando seus elétrons, criando íons de hidrogênio carregados positivamente. Daí o nome “época de reionização”.

Ainda assim, os detalhes de como e quando isso aconteceu são desconhecidos. Ninguém sabe quando as primeiras estrelas foram formadas.

Até agora, tem sido difícil aprender sobre o universo jovem porque qualquer evidência é extremamente distante e fraca. Mas um novo estudo sobre ondas de rádio antigas trouxe esperanças para os pesquisadores.

Para investigar a história do universo, os cientistas construíram uma antena de rádio. Já que a identificação da luz através das primeiras estrelas e galáxias é tão difícil, os astrônomos tentaram um caminho diferente. Eles programaram o dispositivo para procurar gás de hidrogênio entre as galáxias, o que teria emitido um sinal de rádio característico.

Então, eles procuraram evidências de como este sinal poderia ter mudado ao longo do tempo, devido ao surgimento de galáxias e estrelas que tinham o gás ionizado. Eventualmente, quando todo o gás fosse ionizado, o sinal de hidrogênio neutro se apagaria.

Segundo os pesquisadores, a experiência foi projetada para descobrir se a formação das estrelas foi rápida ou não. Como eles não detectaram qualquer alteração, isso significa que demorou mais do que cerca de 3 a 12 milhões anos para as galáxias e estrelas se formarem, e a reionização ocorrer.

Essa medida está em consonância com a maioria dos modelos do início do universo. Porém, continuam existindo muitas teorias, de forma que a pesquisa não ajudou a eliminar suposições.

Os avanços reais devem vir em breve, quando os cientistas forem capazes de refinar a concepção dos instrumentos e procurar uma ampla gama de frequências de rádio. O trabalho é muito recente, e os pesquisadores ainda tem que testar as principais teorias. [LiveScience]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

11 Comentários

  1. Olá, André Luiz ! Pelo nome que você tem, não deveria pensar
    assim ( quem já leu a obra de Chico Xavier, sabe ) a ciencia é
    progressiva ! Você conhece a históra de Galileu Galilei? Ele
    foi condenado por afirmar que a terra girava em torno do sol.
    Há mais ou menos 500 anos, pensava-se que a terra era plana.
    Acada dia um novo “MISTÉRIO” é explicado cientificamente,
    apezar das religiôes que cultivam dogmas absurdos, para manter
    seus fieis na ignorância. liberte-se deste preconceito e você
    vai evoluir bastante.

    Thumb up 4
  2. Peço escusas pela observação acima. Só agora os Anúncios migraram para a parte inferior do texto possibilitando a leitura. Grato!

    Thumb up 0
  3. Sugiro aos técnicos do site reposicionarem os Anúncios do Google, pois estão encobrindo parte do texto e dificultando a leitura. Grato!

    Thumb up 1
  4. pois é andré luiz, vamos deixar a cabeça só para enfeite nõ utilizem a mesma…. vamos parar de questionar e evoluir, pena que nossos ancestrais estudaram e conseguiram desenvolver a tecnologia que temos hoje, que permite um macaco igual a vc a dar comentários a sites cientificos lol

    Thumb up 1
  5. Quando a luz começou? rsrsrs… Talvez nunca descubramos como começamos, querem descubrir quando começou a luz? Isso ocorre quando ciência e ficção científica se misturam.

    Thumb up 2
  6. pra quem acha que a ciência nunca terá respostas para o que aconteceu no início do universo( p.ex. como ele surgiu), más notícias…explosões de raios gama, fundo cósmico de neutrino, telescópios Planck, James Webb,VLT, análises de ondas de radio e gravitacionais, junto com modelos e programas computacionais cada vez mais elaborados estão chegando lá…

    http://eternosaprendizes.com/tag/idade-das-trevas/

    http://www.universitario.com.br/noticias/noticias_noticia.php?id_noticia=9298

    Thumb up 1
  7. Querer aprender mais sobre a origem das coisas nunca foi cômico… é isso o que nos liberta dos dogmas ridiculos e comicos das falsas religiões.

    É graças a essa busca pela verdadeira informação que hoje temos uma medicina que permite ao ser humano uma qualidade de vida maravilhosa.

    Thumb up 3
  8. Este site é bom, mas não é democrático. Eu só dei minha opinião. Não aceito teoria nenhuma, o ser humano deveria reconhecer a sua insignificância. Agora querem saber como a luz começou no universo? É cômico.

    Thumb up 4
  9. Isso jamais será possível. Os cientistas deveriam se conformar, eles sabem que nunca desvendaremos os mistérios do universo, pois ele está muito além da nossa compreensão.

    Thumb up 14

Envie um comentário

Leia o post anterior:
m82a
Foto espacial: M82, a galáxia com vento supergalático

A M82 é uma galáxia ...

Fechar