Porque pensar na sua morte pode fazer bem para você

Publicado em 7.05.2012

Não tem o que fazer? Fique pensando sobre sua morte. Segundo um novo estudo, pode ser muito benéfico para você.

Todo mundo já ouviu uma história parecida, seja em filmes e livros ou na vida real, de alguém que encarou a morte e agora vive muito mais intensamente, mudou sua forma de pensar, virou uma pessoa melhor, está fazendo tudo o que gosta, está ajudando os mais pobres, etc.

Há um tempo, cientistas da Universidade de Washington, EUA, acompanharam a atividade no cérebro de sete pessoas em estado terminal através de eletro encefalogramas (que medem os impulsos elétricos no cérebro), e descobriram que há uma cascata de impulsos nervosos quando o organismo sente que a morte se aproxima. Que consequência isso pode ter para nós?

Será que quase morrer ou pensar em morrer tem o poder de nos fazer viver mais e melhor?

Pesquisadores americanos e holandeses liderados, por Kenneth Vail, da Universidade de Missouri, EUA, estudaram os pensamentos de morte, conscientes e inconscientes, das pessoas.

Eles descobriram que pensar na sua própria morte pode melhorar sua vida. Claro que isso, chamado de “administração do terror”, também pode ter consequências ruins. Mas o que quase ninguém fala é das suas vantagens.

Eles dão um exemplo utilizando a catástrofe de 11 de setembro, ato terrorista cometido contra os EUA. A mídia e a ciência focaram nos aspectos negativos do episódio, como a violência e a discriminação contra os muçulmanos. Porém, pesquisas descobriram que após tal situação as pessoas também expressaram níveis mais elevados de gratidão, esperança, bondade e liderança.

Isso prova que no medo da morte também há uma “renovação de bons sentimentos”.

Lembra a historinha da pessoa que quase morre e muda tudo na sua vida? Especialistas sugerem que a “consciência da inevitabilidade da morte” faz as pessoas quererem dar sentido à vida, buscar algo maior, ou seja, se identificar com algo maior que si mesma, como nações ou religiões.

Uma pesquisa da Universidade de Otago até sugere que mesmo pessoas não religiosas ficam mais receptivas a uma crença inconscientemente quando pensam na morte (pois conscientemente se declaram mais céticas), enquanto os religiosos ficam ainda mais crentes.

Já um estudo britânico também concluiu que as pessoas que pensam sobre sua própria morte são mais preocupadas com a sociedade, que, no caso específico da pesquisa, foi representado pela vontade de doar sangue.

Segundo os pesquisadores, a morte é uma motivação muito forte. Pessoas conscientes de que sua vida é limitada podem aceitá-la mais, bem como os objetivos que lhe são importantes. Ou seja, mais uma vez a ciência sugere que pensar especificamente sobre a sua própria morte pode fazer as pessoas viverem mais plenamente. [LiveScience, ScienceDaily]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

6 Comentários

  1. A expulsão do Éden, em nossa cultura, simboliza a consciência da própria finitude, tendo como preço a “maldição” do incômodo gerado pela iminência da perda de tudo o que temos. Fica clara a relação entre a morte e as fantasias de continuidade chamadas de religião.

    Thumb up 0
  2. Penso que não morreremos,proseguiremos a vida só que de outra forma, sem corpo físico,e que passar pra o outro lado significa;
    plena espiritualidade,onde não precisaremos mais sentir falta de nada,nem questionar felicidade, amor,etc,seremos uma energia de luz completa.

    Thumb up 3
  3. SE EU FOR TIRAR UM TEMPO PRA PENSAR NA MORTE EU PIRO! FICO LOUCA. O POUCO QUE E PENSO, EU COMEÇO A FICAR MALUCA.. ENTÃO EU CONCORDARIA MAIS EM PENSAR EM VIVER! SER UMA PESSOA MELHOR E AJUDAR OS OUTROS..É MAIS LUCRATIVO QUANDO PENSAMOS COISAS POSITIVAS, ISSO NOS DÁ UM LEVE SENSAÇÃO DE ALÍVIO, ALÉM DE ATRAIR COISAS BOAS E DE CERTA FORMA NOS FAZEM TORNARMOS UMA PESSOA MELHOR.. BJS A TODOS. VIVA A VIDA E SEJAM FELIZES NA MEDIDA DO POSSÍVEL.

    Thumb up 4
  4. “…. Os homens perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde.
    E por pensarem ansiosamente no futuro esquecem do presente de forma que acabam por não viver nem no presente nem no futuro. E vivem como se nunca fossem morrer… e morrem como se nunca tivessem vivido.” (Dalai Lama)

    Penso que este pensamento de Dalai Lama é bem-vindo a esse post; nos perdemos muito quanto à noção de tempo (refiro-me à última frase)… na iminência da morte é que vemos quanto deixamos para trás – inacabado, quiçá nunca iniciado. Pensar sobre a morte ou ficar diante dela pode mesmo nos fazer melhores.

    Thumb up 17

Envie um comentário

Leia o post anterior:
article-new_ehow_images_a07_36_5t_signs-envy-jealousy-1.1-800x800
Ciúmes e inveja no trabalho: veja como os sentimentos afetam homens e mulheres

Mulheres são mais af...

Fechar