Qual a melhor idade para ser chefe?

Se a sua empresa não valoriza funcionários mais experientes, pode estar cometendo um grande engano: um estudo recente mostrou que o auge da “vitalidade profissional” de gerentes ocorre entre os 50 e 59 anos.

Os pesquisadores, da Universidade de Haifa (Israel), consideraram “vitalidade profissional” como a habilidade de executar tarefas com vontade, vigor e competência e, ao mesmo tempo, continuar satisfeito com o trabalho. “Este novo estudo mostra que, em termos de vitalidade, a idade avançada desempenha um papel importante”, disseram.

Eles entrevistaram 545 gerentes de empresas de alta tecnologia, engenharia e infraestrutura, tanto do setor público como do privado.

Entre os participantes (que iam do mais básico ao mais elevado nível hierárquico), aqueles com maiores níveis de motivação e vitalidade tinham entre 50 e 59 anos. Depois dessa idade, a tendência era diminuir.

“A vitalidade dos funcionários é um ‘combustível’ para o sucesso da organização”, apontaram os autores do estudo. “Além disso, o fato de que a vitalidade profissional é preservada e aumenta depois dos 50 anos indica que, se a organização investe nesse aspecto, poderá se beneficiar com trabalhadores produtivos por anos”.

Para eles, dar recursos para aumentar a “vitalidade” dos funcionários deveria ser uma prioridade nas empresas. [LiveScience, JPost, Foto de Victor]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)
Curta no Facebook:

2 respostas para “Qual a melhor idade para ser chefe?”

  1. “Qual a melhor idade para ser chefe?”

    Resposta: Quando entender de fato que funcionário não é coisa, nem máquina; e sim, gente. Aí, nessa hora, seja qual for sua idade, pode se tornar um (bom) chefe. Caso contrário, não se torne um; seus futuros subordinados agradecem.

Deixe uma resposta