Racismo pode estar programado em seu cérebro

A luta pela igualdade racial pode ser mais complicada do que se imagina: segundo estudo recente, o preconceito contra pessoas de outras etnias pode estar arraigado no nosso cérebro.

Depois de analisar 17 estudos sobre como processamos o conceito de “raça”, a neurocientista Elizabeth Phelps e sua equipe descobriram que regiões do cérebro responsáveis por reconhecer etnias estão relacionadas àquelas onde são geradas respostas emocionais (não racionais). Assim, mesmo pessoas assumidamente “igualitárias” podem tomar decisões racistas de forma quase inconsciente.

“Algumas décadas atrás, a ideia de analisar o cérebro para entender representações sociais como ‘negros versus brancos’ era impensável”, disse a dra. Phelps. Contudo, ela ressalta a importância de novas investigações a respeito. “Até o momento, nós conseguimos evidências modestas sobre como esses processos ocorrem em nosso cérebro sem estarmos conscientes deles. A pergunta ‘o que fazemos com essas ideias?’ ainda precisa ser respondida”.[Daily Mail UK]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Curta no Facebook:

7 respostas para “Racismo pode estar programado em seu cérebro”

  1. Associar as decisões do “EU” à uma parte de nosso cérebro é brincadeira. Quem decide qualquer coisa é o nosso espírito encarnado na matéria. Quem desconhece o lado espiritual é que dá esse tipo de informação equivocada. Talvez pudesse se dizer que tal atitude, faz aquele caminho em nosso cérebro e não atribuir à ele.

  2. Lembro-me de quando pequeno antes de ter idade para ir à escola, e ver uma pessoa negra na rua, admirei-me e comecei a dizer várias vezes: “Aquele homem é castanho!”, Ninguém me queria explicar, apenas me mandavam calar…

    Não que fosse racismo, não teria noção para esses preconceitos, mas admiração por ver algo diferente.

    • O conceito de “raças humanas” foi criado há muito tempo justamente com o propósito de justificar a dominação de um povo.

      Se soubesse disto teria entendido o por quê da minha preferência em usar esta expressão, que apesar de ultrapassada ainda faz muito sentido.

  3. Existe alguma pesquisa a respeito da mistura de raças? qual a taxa? Alguem pode responder? Acredito que um dia não existirão mais raças, evolução da raça humana?….imagine all the people… no religion…no country…
    living life in peace…

Deixe uma resposta